1. Spirit Fanfics >
  2. Candy >
  3. Abbacchio, um homem de poucas palavras e de muitos mistérios

História Candy - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oii gente :33 turu baum com vocês ?:3 espero que sim :33 mais um cap de candy :33 espero que gostem :3$

Capítulo 2 - Abbacchio, um homem de poucas palavras e de muitos mistérios


Fanfic / Fanfiction Candy - Capítulo 2 - Abbacchio, um homem de poucas palavras e de muitos mistérios

- por que você fez isso !? - gritava ele pelo meio da rua escura , eu apenas o puxava pelo seu sobretudo .

- hey , não é pra tanto bucciarati - disse fugo tentando tirar o sobretudo de narancia de minhas mãos .

- fugo , você sabe quem era aquele !? Ele é giorno Giovanna , o filho do maior assassino e procurado do mundo !? Imagina se ele mata o narancia !? - gritei nervoso , logo recompondo minha pose , ajeitando meus cabelos e arrumando minha roupa , agora desarrumada .

- calma .. eu te entendo , enfim , vamos pra casa , já deve ser umas 3 da manhã - disse fugo pegando na mão do narancia .

- eu não sou mais criança fugo !? - dizia narancia revoltado .

- não é mais age como uma , e agora fica calado por que se alguém ouvir as nossas vozes , vai dar merda - disse ele agarrando o braço do narancia , impedindo o mesmo de tirar o braço dali .

(Alguns minutos depois)

Eu já havia levado fugo e narancia pra casa , ainda é cedo pra mim ir pra casa , vou voltar pra balada .

Voltei pela porta dos fundos , sendo recebido pelo mimadinho do giorno .

- não se meta mais no que não é chamado seu- foi interrompido por uma pessoa muito familiar para mim .

- chega !? - disse ele para giorno , o mesmo saiu bufando dali , indo sentar num banco junto de um cara de touca e blusa listrada .

- me desculpa pelo giorno ele ... - ele havia parado de falar pois me reconheceu , logo saiu andando dali o mais rápido possível.

- pelo menos eu pude saber onde ele vai a noite .. - disse em voz alta demais , do nada vi Trish do meu lado .

- o que caralhas você tá fazendo aqui ? - perguntei fingindo estar zangado , a mesma apenas riu .

- meu pai saiu de novo , eu havia ficado sozinha então decidi vir , pois sabia que você estaria aqui - dizia ela me abraçando , Trish era como uma irmã pra mim , ela sempre me ajudava , nós éramos inseparáveis.

- e aí ? Tava de olho no abbacchio ? - perguntou ela pegando uma bebida rosinha e me dando , bebi aquilo guti guti , me sentindo mais acordado e mais agitado .

- o que era isso ? - perguntei olhando para os lados , vendo tudo ganhando mais cor, o cabelo da Trish estava tão rosa que me doía os olhos .

- é só uma bebidinha , vai te ajudar a chegar no abbacchio - disse ela me arrastando até o mesmo , estava me sentindo uma garota indo se declarar pro crush .

- ei ! Abbacchio ! Esse é o Bruno bucciarati , meu amigo ! Ele vai na sua cafeteria todo dia ! - falava ela super animada, o mesmo apenas virou seu rosto pro lado e disse um " legal " desinteressado .

- eu .. eu vou embora Trish , já tá tar- a mesma me calou com a sua mão em minha boca , fazendo eu ficar sem reação .

- ele gosta de você abbacchio ! Você não quer ficar com ele não ?? - perguntava ela me oferecendo , como se eu fosse um produto de vitrine .

- huum.. a noite realmente tá bem chata sabe.. - dizia ele me olhando , um olhar misterioso .

- sente-se aqui comigo - dizia ele me puxando pelo braço para um canto qualquer , olhei para trás e Trish apenas fez um "tchau" com a mão.

_ guria encapetada _ pensei eu me sentando no canto do sofá , ao lado de abbacchio .

- então .. o que te traz aqui ? - perguntou ele sacudindo seu copo de vidro , com a mesma bebida rosa que eu havia tomado mais cedo .

- eu vim com meus amigos , só que deu merda , então preferi ficar sozinho aqui - disse olhando para o chão , creio que aquela conversa não iria durar muito .

- você trabalha de alguma coisa bucciarati ? - perguntou ele agora me olhando nos olhos , ah seus olhos .. creio que agora estou corado , mas graças ao lugar meio escuro não dá pra perceber eu acho .

- bom eu não trabalho em nada , eu ainda estudo sabe.. - e então nós ficamos ali conversando sobre coisas aleatórias .

Abbacchio parecia ser um cara legal , ele falava sobre várias coisas , já eu ficava sem assunto .

Mas umas coisas que ele havia dito me chamaram a atenção , a primeira coisa que ele havia dito : " esse lugar é do polpo , essa bebida rosa que os barmans servem é uma droga muito forte , que deixa as pessoas em um estado desumano .. seu amigo não está como muitos que eu vi por que ele não tomou a segunda dose , ela é a mortal " segunda coisa : " a Trish tem uma voz muito linda , espero que você ainda veja ela cantando " .

- bom , já é 6 da manhã .. logo terei de ir para a escola - disse me levantando , indo até a porta dos fundos pra sair .

Eu caminhava pensando sobre tudo isso, abbacchio era um homem bem misterioso , se apenas com essas palavras ele me deixou curioso , imagina sobre ele .

- mas com tudo , isso é interessante.. o mistério que ele faz .. - disse pra mim mesmo, quase chegando em casa .

- eu sei , as pessoas falavam que eu era misterioso .. - ouvi a voz do abbacchio atrás de mim , me virei e não tinha ninguém atrás de mim .

Então me virei para frente , tomando um baita susto , não sei como mas abbacchio estava na minha frente .

- haha , você tinha que ver a sua cara - dizia ele rindo de mim , eu dei um soquinho leve em seu braço .

- por que você não tá lá ? - perguntei enquanto nós seguiámos caminho até minha casa , que não faltavam mais de 5 metros pra mim chegar nela .

- ah sei lá .. faz tempo que não aparece alguém que me deixe curioso - dizia ele ajeitando seus longos cabelos que teimavam em cair em seu rosto .

- entendi .. - falei pensativo , é engraçado o fato de que a cada palavra sua , eu fico querendo saber mais .

Então terminando de falar isso , chegamos em frente da minha casa , creio que agora minha mãe deve estar no banho , melhor eu me apressar .

- creio que você terá de ir ... - disse ele olhando para a janela do meu quarto , eu já estava me preparando para subir na árvore , então apenas me virei para trás e disse um breve " adeus " , o mesmo apenas fez um "tchau" com a mão , e seguiu andando uma direção sem rumo .

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado e até o próximo cap :33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...