História Cansados de ouvir - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Coldasavillain, Homofobia, Originais, Preconceito, Racismo
Visualizações 15
Palavras 701
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, FemmeSlash, LGBT, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Slash, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 21 - Coisas que baixinhas estão cansadas de ouvir


Fanfic / Fanfiction Cansados de ouvir - Capítulo 21 - Coisas que baixinhas estão cansadas de ouvir

- Ai  nossa,  que  vontade  de  tirar  esse   sapato....  Tá  me  matando!

- Não, não tira não.

- Por quê?

-  Ah,  você   é   muito   baixinha.  Têm   que  usar  salto.  Aliás,  é  a  única  vantagem   de  ser  baixinha:  pode  usar  salto  à  vontade.

-  Ah,  e   você   é   muito   altinha.  Têm   que   ser   burra.   Aliás,  é   a   única    vantagem   de  ser  alta:  ser   burra   ao   extremo   o   quanto   quiser!  Mas  essa  não  é   a  única   vantagem   não,  quando   a   conversa    tá    muito    insuportável,  eu   posso   sair   de   perto,  e   por   eu   ser   pequena,   a   pessoa   têm   dificuldade  em  me  encontrar  de  novo!  Olha  só:  tchau.

♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤

-  Por  que  toda  baixinha  é  invocada, hein?

-  Pelo  mesmo  motivo  que  a  maioria  dos  altos  são  insuportáveis.

♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡

- Como tá o tempo aí embaixo?

-  Aqui   embaixo  acho  que   tá   tudo  certo;  mas  aí  no  espaço,  como  têm   menos   oxigênio,  parece  que   as   pessoas  estão  mais  propensas  a  ficar  falando  merda.

♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤

- Quantos anos você tá fazendo?

- 38.

- Nossa, sério?

- Sim.

-  Ai,  você  tá  ótima!  Eu  te  dava  bem   menos  que  isso.  Aposto  que  você  ainda   compra  roupa  na  seção  infantil.

-  Nossa,  e  eu  aposto   que   você   compra   suas   roupas  na  seção  dos  babacas,  né?   Deve    ter   muita    roupa   bonita  lá;  essas   caíram   perfeitamente  em  você.

♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡

- Nossa amiga, que sapato bonito!

- Obrigado.

- Ai  que  pézinho  pequeno  que  você  têm!  Quanto  você  calça?

- 35.

- Own, que pequenininho!

- E quanto você calça?

- Normal, né: 37.

-  Nossa,  que  diferença  do  caralho!  É  a   mesma   distância   do   Brasil   até  a   Tailândia! Uau!

♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤

- Aonde  você  tá  indo?  Com  esse  seu   tamanho,  eu  não  vou  te  encontrar  não.

-  Que  os  céus  te  ouçam,  meu  amigo.   Que  os  céus  te  ouçam!

♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡

- Tá ali, ó!

- Ali onde?

- Ali, não tá vendo?

- Não. Pra onde você tá apontando?

- Ai, desencana. Você é muito baixinha.

-  Nossa!   Ainda    bem    que   finalmente    alguém   me    explicou    que    ser   baixinha   é    sinônimo   de   ter   deficiência   visual!  Vou   agendar  uma  consulta  no  oculista  agora  mesmo.

♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤

-  Eu    odeio   salto   alto!  Prefiro  sapatos   mais  confortáveis.  Eu  amo  tênis,  sandália,   rasteirinha,   chinelo,   tudo   o   quê   deixa   meu  pé  mais  livre  e  confortável.

-  Que  isso!  Você  por   ser   baixinha,   têm  que  viver  em  cima  de  um  salto.

-  Sério?  Achei  que  até  as  baixinhas   podiam  usar  o  quê  elas  quisessem.

-  Elas  até  podem,  mas  se  elas  quiserem  ficar  bonitas  e  elegantes,  elas   têm  que  usar  salto  alto.

-  Hum.... E  falando  em  elegância,  têm   três   coisas   maravilhosas   que   lançaram   no   mercado  especialmente  para  pessoas   tipo  você.

- O quê?

-  Um   batom  maravilhoso  chamado   Super  Bonder,  e  um  realçador   dele   chamado   linha   e   agulha  de   costura,  e  têm   mais    um   que   se   chama   cola   quente!  Além  de  serem produtos   maravilhosos    e    chiquérrimos,  ainda   evitem   que  a  pessoa  que  usa  fale  bosta  pra  outras.  Você  devia  comprar.

♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡

-  Olha,  a  sua  altura  não  é   normal.   Deve   ter   acontecido   algum   problema   com   você.

-  Não,  eu  sou  super  normal.  Só  parei  de  crescer  com  13  anos.

-  Ah,  mas  isso  não  é  normal.  Você   sabe  se  não  têm  nanismo?

-  Nossa,  não  sabia  que  ser  pequena   era   sinal    de    ter    nanismo.  Olha,  disso  eu    não    tenho   certeza,   mas,   já   que   você   é  o   próprio  Albert  Einstein,  pode  me  dizer   quando  você  vai  parar  de  falar  bosta?

♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤

-  Tá   olhando   o   quê?  Têm  alguma  coisa  de  errada  na  minha  roupa?

- Seu vestido, assim, ele não é dos   piores...  Ele  é  bonito.  O  problema  é  que   ele  é  muito  longo.

- E o quê tem isso?

- Ele te deixa mais baixinha ainda.

- Nossa,  como  você  tá  entendendo  de   moda,  amigo!  Ainda  não  sei   como  você   não  foi  contratado  pelo   Esquadrão  da  Moda.  Mas,  sabe   que   eu  não   me  lembro  de  ter  pedido  sua  opinião?

-  Calma,  calma.  Eu  só  tô  querendo    dizer  que,  com  a  sua  altura,  usar  vestido,   saia  muito  longa,  não  é  bacana.

-  Calma,  calma.  E   eu   só   tô   querendo    explicar   que,   com a  sua  chatice,  enxeridisse,  e  idiotice, conversar  com  você  não  é  bacana. 

♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡♤♡

-  Ui,  ficou  toda  bravinha.  Vai  querer   morder  minha  canela  agora?

-  Olha,   morder   sua   canela   eu   não   sei,  mas  que  eu  tô  querendo  tocar  seu   coração  com  a  minha  mão,  disso  não   tenha  dúvidas!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...