1. Spirit Fanfics >
  2. Cansei >
  3. Único;

História Cansei - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Apareceu a margarida? Kskskks <3

Ontem eu assisti o filme Click, e me inspirei no modo em como o marido tratava a esposa e os filhos por causa do trabalho para escrever essa one :)

Um beijinho pra vocês e,
Boa leitura 💫💖

Capítulo 1 - Único;


Fanfic / Fanfiction Cansei - Capítulo 1 - Único;

Taehyung estava novamente em sua sala (em sua casa) enquanto fazia mais um projeto para seu chefe, para que pudesse se tornar sócio.


- Você tem que descansar, Taehyung! - Disse Hoseok em frente a mesa em que o outro Kim estava sentado, enquanto tinha os braços cruzados e o encarava.


- Hum? O que, amor? - Taehyung ergueu seu olhar retirando seus óculos, vendo Hoseok lhe lançar um olhar de indignação. Já sabia que o Kim mais novo faria seu "show", brigaria com ele, e sairia batendo o pé. Ao ver de Taehyung, ele (Taehyung) estava fazendo o certo, aliás, o que tem de errado em querer o melhor para a família?


- Quer saber, Taehyung? - Hoseok foi em direção a escada, colocando o pé esquerdo no primeiro degrau, mas sem realmente subir ainda - Cansei! Tudo que você faz o dia inteiro é ficar cuidando da merda do seu trabalho! Como eu fico? Como fica os nossos filhos? - Fez questão de dar ênfase da palavra "nossos" - Eu 'tô decepcionado com você, e tenho certeza que seus filhos também estão sentindo muita falta do pai! - Como Hoseok tinha um coraçãozinho de manteiga, ele não pôde conter as lágrimas, que já escorriam pelo seu rosto. Ele então subiu as escadas, sem dizer mais nada, apenas seguindo caminho para cozinha.


Parece que finalmente, com as palavras de Hoseok, Taehyung teve um choque de realidade e percebeu o jeito como priorizava o trabalho mais do que deveria e acabava esquecendo de sua família, a coisa mais importante para si. 


Taehyung logo se levantou, e seguiu em direção ao lugar onde Hoseok se encontrava, e logo encontrou o mesmo lavando a louça soltando funguinhos. Aquilo partiu o coração de Taehyung, saber que o motivo do choro de seu homem era si próprio, e que o choro do outro não era de felicidade, e sim de decepção. 


- Esse perfume é novo, amor? - O Kim mais alto disse assim que abraçou a cintura de Hoseok por trás e aproximou seu nariz do pescoço do mesmo. 


- Sim... - Hoseok respondeu sem muito ânimo. Ele havia comprado aquele perfume novo, que realmente não era barato, especialmente para Taehyung, e nem mesmo por isso ele havia parado de trabalhar. Ele só queria ter uma noite especial com o noivo, e que eles pudessem passar um tempinho em família.


Hoseok sentiu Taehyung segurar sua cintura com mais força, o fazendo desencostar da pia de mármore, mas dando tempo para fechar a torneira. Agora quem estava encostado na pia era Taehyung, ele estava de costas para a mesma, com as pernas levemente afastadas, e Hoseok estava estre elas, enquanto sentia Taehyung abraçar sua cintura novamente. O mais baixo involuntariamente levou suas mãos ao peitoral de Taehyung, as apoiando ali.


- Me perdoa? - Taehyung começou a falar. O modo como falava deixava nítido que ele estava sendo realmente sincero - Eu não queria acabar deixando vocês de lado, só queria me tornar sócio para dar tudo do bom e do melhor para vocês, mas acho que acabei deixando isso tomar conta dos meus pensamentos, mais do que o necessário - Soltou um suspiro curto - Me desculpa, Sun - Usou o apelido que dava a Hoseok - Amanhã se você quiser podemos assistir um filme, todos nós juntos. Eu, você, a Mi - Usou o apelido que dava a filha Min-Ji de vez em quando, já que costumava a chamar de "Minha princesa" - e o Mae - Usou também o apelido que usava as vezes com o filho Chin-Mae, já que costumava o chamar de "Campeão"


Hoseok não conseguiu se conter e acabou por soltar um sorriso, o mesmo sorriso que alegrava os dias de Taehyung. 


- Tá bom, eu te perdoo - Viu um sorriso se formar nos lábios do outro Kim - Mas só se você fizer aquela massagem em mim, se lembra? - Taehyung soltou uma risadinha nasal. Aquilo era basicamente Hoseok pedindo para fazerem amor, já que ele gostava de receber uma massagem sempre, antes do ato, o que, ao ver de Taehyung, era uma preferência peculiar de Hoseok, que ele provavelmente nunca entenderia o porque.


- Ok, eu faço - Soltou mais uma risadinha nasal antes de juntar os lábios de Hoseok aos seus.


Taehyung colocou suas mãos nas coxas de Hoseok, fazendo este último dar um pequeno impulso para cima, fazendo assim Taehyung o pegar no colo, enquanto o Kim mais baixo entrelaçava suas pernas no quadril do mais alto.


- Tae... - Hoseok disse entre o beijo, enquanto Taehyung ia para o sofá (por ser o lugar mais próximo deles) - As crianças... Podem ouvir... - Falou também entre o beijo, porém Taehyung ignorou e apenas se sentou com Hoseok em seu colo, no sofá.


- Elas não vão - Levou suas mãos ao quadril de Hoseok - Você vai gemer bem baixinho, não é bebê? - Ele sussurou contra a boca de Hoseok. Os dois se encontravam com os olhos fechados, como se estivesses desfrutando do momento.


- Eu vou, mas antes você tem que fazer a minha massagem... - Hoseok afastou seu rosto de Taehyung e cruzou os braços com uma cara emburrada. Taehyung havia dito que faria a massagem, então ele teria que fazer.


Hoseok deitou de bruços no sofá e Taehyung logo começou com a massagem. Havia começado nas costas, depois desceu para a região dos rins, e Taehyung como quem não queria nada, foi descendo lentamente suas grandes mãos até o bumbum cheinho de Hoseok, que resolveu "fingir demência", como se não houvesse percebido.


- Taehyung... - Ele (Hoseok) disse dengoso quando sentiu Taehyung apertar sua bunda coberta apenas por sua box, já que usava uma camiseta de manga comprida do mais velho.


                                    ᢁ


Taehyung estava deitado no sofá enquanto sentia Hoseok subindo e descendo em seu membro, completamente rígido. Hoseok estava de costas para si, então ele tinha a visão privilegiada de sua entradinha engolindo seu pau por inteiro.


Hoseok quicava com vontade, mas tentando ao máximo não fazer barulho já que as crianças estavam no quarto dormindo no quarto, e qualquer barulho consideravelmente alto demais, poderia acorda-las. O mais novo tinha a mão na boca, como tentativa de abafar os gemidos. Taehyung, vez ou outra desferia tapas em ambas as bandas do Kim menor. 


- Fica de bruços no sofá 'pra mim - Taehyung não pediu, ele mandou, ordem essa que Hoseok prontamente obedeceu. Taehyung ficou por cima de Hoseok e foi colocando seu membro lentamente, fazendo o que estava por baixo sentir cada centímetro.


As investidas começaram lentas mas com o tempo a intensidade foi aumentando, forçando Hoseok a colocar seu rosto em uma almofada, para que os gemidos não saíssem alto demais. 


Os corpos se chocando, os fios de ambos grudados na testa, o suor escorrendo por todo o corpo, os gemidos que Taehyung soltava no ouvido de Hoseok, os gemidos manhosos do mais baixo, o clima quente eram características daquele ambiente preenchido pelo prazer de ambos. 


Hoseok e Taehyung estavam quase no ápice, e teriam chegado se não fosse por escutarem uma voz feminina, a qual parecia estar se aproximando do local onde estavam. Hoseok na hora brocou, mas Taehyung continuou duro como pedra. Os dois pais se encararam arregalando os olhos e em menos de 5 segundos eles saíram da posição que estavam e se cobriram com a coberta que tinha ali na sala. 


- Papa ... - A menina de cabelos escuros que usava um pijama de unicórnio, enquanto segurava uma pelúcia também de unicórnio, chamou por Hoseok de modo baixo e sonolento - Eu 'tô 'co medo... - Ela falou de maneira chorosa.


- O papa já 'tá indo deitar com você, meu amor - Ele disse e pegou na mão da menina seguindo em direção ao quarto com a mesma, levando a coberta junto com ele, lançando um último olhar para Taehyung como se dissesse "Fazer o que, né..." deixando ele nu para trás, e com uma bela ereção, que por sorte não foi vista pela filha.


Taehyung soltou um suspiro e foi em direção ao banheiro tomar um banho para tentar resolver o seu problema, e Hoseok foi para o quarto colocar uma roupa e deitar com a filha até ela dormir.


Notas Finais


Que broxa :')
Kskksksks



Eu espero que vcs tenham gostado ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...