1. Spirit Fanfics >
  2. Capricho? Nunca será só um capricho >
  3. "Meses atribulados"

História Capricho? Nunca será só um capricho - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - "Meses atribulados"


Summer Baker


A festa já rolava à algum tempo, estavamos em volta da piscina sentados e conversando sobre esse ano escolar.

Maioria dos daqui eram do terceiro ano, mas eu e mais umas pessoas eramos do segundo.

Quando eles fossem para a faculdade ia ser difícil, mas nada que não resolvessemos.

-Esse ano vai ter uma viagem a New York, acho que era legal irmos todos - Maju se sentou do lado de Miguel e o mesmo passou o braço à volta do ombro dela a puxando para mais perto - Faz tempo que não viajamos todos juntos.

Ela tinha razão, a última vez que haviamos viajado juntos, incluído meu irmão, foi quando fomos para a Europa, mais especificamente Itália, Roma.

Foram as melhores férias que eu alguma vez fiz, já lá vai um ano e meio.

Aconteceram algumas coisas nessa viagem que me deixaram bem mexida depois disso, mas nada que eu não tenha resolvido, mesmo assim foi a melhor.

E New York tinha tudo para ultrapassar essa viagem.

-E porque não fazemos uma antes? Essa será apenas para abril, podemos fazer uma no Natal, sem pais e sem jantares chatos de comemoração e depois damos um salto ao Brasil para o ano novo - Trent sugeriu e maioria concordava.

Esse cara já estava com tudo planeado naquela cabeça.

Mas não era isso.

Como ele diz "Só gosto de ter uma ideia do futuro, mas mais detalhado"

Eram 17:30 e meu celular apitou.

O nome de Ty aparecia na tela e eu dei um sorriso, não esqueceu.

Me levantei e andei até à parte de dentro da casa atendi o celular e ele me disse que estava na frente da casa que eu mandei mais cedo.

Fui até à porta e quando a abri aquele sorriso na sua cara me fez sorrir também.

Eles estava lindo, não que já não fosse, mas estava muito bonito.

Estava com uma camisola vermelha clara, uma calça jeans e nos braços traziam um casaco de cabedal.

O seu cabelo húmido e bagunçado indicava que tinha tomado banho, tinha um cheiro doce, que me fez sair do corpo e dar uma passada na lua.

Estou exagerando? Sim, bastante. 

Mas fazer oque? Esse cara faz meu coração sair disparado.

-Cheguei um pouco tarde, desculpa, mas espero não ter perdido muita coisa - ele abriu um sorriso, e enquanto colocava as mãos nos bolsos das calças e olhou para o chão.

Ele estava tímido? É isso?

-Não, você chegou na hora certa - o puxei para dentro e fechei a porta. 

Ele me seguiu até ao jardim e assim que pus um pé fora de casa Miguel e Heitor se levantaram.

-O que ele tá fazendo aqui? - Miguel questionou sem tirar os olhos de Tyler, Trent segurou Miguel e lhe disse algo ao ouvido.

-Eu convidei ele, ele é novo no colégio e achei que era legal conhecer gente - respondi inocentemente e olhei Pietra, que merda está acontecendo?

-Você poderia ter nos contado que o novo capitão do time vinha - Miguel respondeu com ironia na voz e se sentou abanando negativamente a cabeça.

Oh merda, não, não, não.

Meu olhar caiu sobre Heitor como forma de ajuda e de questionamento para que ele me explicasse o que estava acontecendo.

-Parece que não sou muito bem-vindo aqui - Tyler soltou atrás de mim e Miguel deu um riso forçado.

Não era mesmo.

Miguel estava furioso, e eu conseguia ver isso. 

Não demonstrava mas a qualquer momento saltaria para cima de Tyler. 

O lugar de capitão do time era do Miguel fazia anos, ele cresceu jogando lacrosse, ele ama aquilo que faz e era com a bolsa de jogador que entraria na universidade de Hight Luxs, a mais prestígiada universidade de desporto. 

E, Miguel sem ser capitão era algo que ele não iria suportar bem.

Peguei a mão de Tyler e o puxei para longe da confusão que estava prestes a surgir. 

Ele me seguiu até à entrada e eu abri a porta saindo junto com ele. 

Andamos até ao seu carro e eu parei na calçada.

-Desculpa o comportamento dele, se você tivesse ficado lá dentro levaria um bom soco - ri para aliviar a tensão.

-Não seria o primeiro que levaria dele - ele se encostou no carro.

-Como assim?

-Eu e Miguel já andamos no mesmo colégio, Sant Louis, passamos uns meses atribulados e ao que parece vai voltar a ser como era.

Eu não fazia ideia. 

Desde que Miguel havia voltado daquele colégio ele vinha completamente mudado. 

Só lá esteve 5 meses, mas isso bastou para que quando voltasse não agisse da mesma maneira que antes. 

Faz dois anos.

-Bem, acho que é melhor eu ir, eu te mando mensagem? -Ele questionou e eu concordei.

-Talvez possamos sair amanhã, gostava que você me contasse um pouco do seu antigo colégio.

Ele deu a volta ao carro e sorriu concordando. 

Assim que o carro desapareceu do meu campo de visão eu me virei para a casa. 

Heitor estava na porta me esperando.

-Você sabe o que aconteceu? Nunca vi Miguel daquele jeito.

-Vamos apenas entrar e curtir o que resta da festa antes que nossos pais cheguem.

Ele passou o seu braço pelos meus ombros e fechou a porta da entrada. 

Fomos até ao jardim e nos deparamos com uma conversa alegre. 

Miguel e Maju não estavam entre ela, então presumi que já se haviam escondido em algum canto juntos.

Me sentei do lado de Aurora e ela me deu um sorriso. 

Outra que também não me enganada. 

Apaixonada por Heitor mas que não admite, dois orgulhosos e com medo de Thomas.

Se eles soubessem de tudo... 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...