1. Spirit Fanfics >
  2. Captain's Hate >
  3. PLAYER 4. Park Seonghwa odeia Leite de Morango.

História Captain's Hate - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


ola estrelinhas
vou ser rapida, eu ainda to com muita, muita, dor no pulso, so to conseguindo digitar com uma mão, então a fanfic vai entrar de hiatos por um tempinho, até eu melhorar, desculpa :(
muito obrigada pelos favoritos, 1bj e ate mais.

Capítulo 5 - PLAYER 4. Park Seonghwa odeia Leite de Morango.


captain's hate

f o u r

PLAYER 4.  Park Seonghwa odeia Leite de Morango.

⚽⚽

Horas Antes

Se Seonghwa soubesse que um mísero treino no campo traria tanta dor de cabeça assim, ainda teria concordado e ficado quieto como estava agora, porque ele não tinha voz para desmarcar treinos quando queria, somente podia marcar treinos extras e olha lá.

— Por que o senhor me mandou avisar sobre o treino para o demo... Hongjoong? Não era só o treinador de ele ter avisado? — Seonghwa quase pisou na bola, mas não segurou a dúvida e perguntou encarando o técnico do time de futebol que estava sentado ao seu lado.

Ignorou o olhar feio que o senhor Choi lhe mandou, recebendo uma risadinha do outro homem que tomava seu leite de morango calmamente.

— Era, mas quis poupar meus ouvidos — o mais velho deu de ombros apertando a embalagem da bebida que estava em seus lábios. 

Seonghwa semicerrou os olhos completamente chocado com aquela audácia, aquele homem era incrível, e não no sentido bom.

— E eu fui o felizardo para encarar aquele pigmeu? — estava tão chocado que nem ligou para a forma como chamou o outro rapaz que nem estava ali para se defender, ou até mesmo na frente de quem estava.

— Seonghwa — seu treinador o repreendeu.

— Vocês vivem conversando, presumi que fossem amigos — comentou com uma expressão de falsa inocência, mas com aquele leite de morango apenas ficava ridículo.

— Trocando farpas você quis dizer né? — o treinador Choi alfinetou lançando um olhar sério ao jogador, este que apenas deu de ombros ainda incomodado com o técnico Shin tomando leite de morango. 

Pois o técnico Shin estava de roupas esportivas, talvez fosse da Puma, o rapaz não se atentou naquele detalhe, usava óculos de armação antiga bem avô, seus cabelos negros já tinha muitos fios acinzentados mostrando a idade e lá para completar tinha o bendito leite de morango.

Aquele era o kit Técnico de Futebol 2020 by Twitter?

— No dia que eu for amigo daquele pigmeu, eu jogo basquete de saia — falou sério olhando diretamente para o treinador, este que no momento até mesmo parou de tomar sua bebida.

— Isso é um desafio Park? — perguntou curioso, o jogador deu de ombros.

— Assuma como quiser, eu sei o tipo de amizade eu tenho e a dele definitivamente não é uma dessas — praticamente cavou sua cova, mas não estava mentindo em momento algum.

— Vou cobrar viu Park — ignorou aquele olhar do mais velho e voltou sua atenção para o seu próprio técnico que estava em silêncio. 

Sabia que depois teria que ouvir um longo sermão sobre como não era saudável chamar os outros por aquele tipo de apelidos, que não deveria criar rivalidades com os outros jogadores, mesmo que fossem de modalidades diferentes, mas estava pouco se importando no momento, quem sabe depois ele ligasse.

— Vamos focar no que importa aqui — o treinar Choi mandou batendo a mão na mesa atraindo atenção dos dois — Nós dois te chamamos aqui por um motivo Seonghwa — começou mexendo em uma gaveta, o rapaz viu que o mesmo revirava alguns papéis que estava dentro da mesma. 

— Imaginei que queriam algo.

Observou o treinador Shin jogar a embalagem do leite de morango no lixo e simplesmente puxar outra de dentro da mochila.

— Então Seonghwa, creio que você já está ciente dos campeonatos que estão se aproximando certo? — o Choi falou puxando um envelope marrom de dentro da gaveta.

— Sim, já tem inúmeros cartazes espalhados na faculdade — comentou confuso, afinal não entendia o rumo daquela conversa, pois tinha certeza que se era algo sobre os jogos tinha que ter a presença de certo nanico ali, mesmo que ele se recuse a admitir isso — Mas o projeto de pig... Kim Hongjoong não deveria estar aqui também? — perguntou, seu treinador parece que desistiu de tentar fazê-lo chamar o outro pelo nome certo, pois nem o encarou como das outras vezes.

O técnico ia falar algo, provavelmente a resposta para sua pergunta, quando a porta foi aberta sem cerimônia alguma, nem mesmo bateram na porta antes de simplesmente abri-la, atraindo a atenção dos três homens presentes na sala, o mais novo entre eles ao notar quem era que entrara daquele jeito bufou.

— Isso são modos Hongjoong? — o treinador do nanico perguntou enquanto observava o outro fechar a porta calmamente.

— Desculpe técnico, a professora só devolveu meu celular agora pouco e por consequência tive que atravessar o campus correndo para chegar a tempo — se desculpou curvando-se para os dois mais velhos, gesto que surpreendeu o outro jogador presente.

A professora pelo visto ficou mais brava que o esperado com Hongjoong e só o devolveu o celular naquele dia, e só teve tempo de ver a mensagem de seu professor antes de sair correndo pelo campus na direção da sala onde seria a tal reunião, no caminho falava mal Seonghwa, pois se ele não tivesse lhe mandado mensagens no dia anterior à professora não teria pegado seu celular e por consequência ele não estaria atrasado.

Tipo, Hongjoong não era um pedaço de má educação então, pelo visto só consigo mesmo, não que ele ligasse no final de tudo.

— Tudo bem Kim, sente-se aí — o treinador Choi mandou apontando para a cadeira vaga ao lado do outro jogador.

Só então Hongjoong pareceu notar que o outro estava ali, pois a cara de quem comeu e não gostou estava presente na face do outro, Seonghwa apenas cruzou os braços virando o rosto feito criança birrenta.

Pois eram igualmente duas crianças, pois Hongjoong assim que se sentou na cadeira caga fez questão de tentar afastar o corpo no assento o máximo que pode olhando para o outro lado da sala, nem um tipo de comprimento proferido pelos dois em questão.

— Às crianças não vão nem se cumprimentar? — o treinador Shin questionou curioso observando os dois jovens por cima da lente dos seus óculos.

Hongjoong encarou Seonghwa de cima a baixo antes de simplesmente virar o rosto com o nariz erguido, o Park apenas riu debochado daquela cena.

— Isso aqui virou o primário? Querem desenhos para colorir também? — o treinador Choi não era lá um poço de paciência.

— Oi smurf — Seonghwa cumprimentou meio contragosto encarando o outro, Hongjoong o encarou por cima dos ombros com uma careta.

— Oi perna de grilo — deu uma risadinha forçada para o rapaz.

— Realmente estamos no primário, olha os apelidos — o treinador Choi zombou revirando os olhos.

O técnico Shin deu uma risadinha baixinha, ainda tomando seu leite de banana.

— Eu acho que isso são sentimentos acumulados — o técnico Shin deu de ombros fazendo os dois rapazes o encarar com os olhos arregalados.

— QUE? — gritaram ao mesmo tempo fazendo-os se encararem ao mesmo tempo, Hongjoong mostrou a língua para o outro que bufou.

— Ué, raiva, ódio, pode ser várias coisas — o Shin falou inocente fazendo os dois garotos o observarem quietos — Ou é outro tipo de sentimentos? 

— Nem mesmo vá por esse caminho treinador — Seonghwa falou ainda desconfiado das intenções do homem a sua frente, o treinador apenas deu de ombros.

O treinador Choi pigarreou chamando a atenção dos três para o real foco daquela reunião, já que haviam conseguido mudá-lo em apenas alguns segundos.

— Vamos focar aqui — pediu — Então, eu e o técnico Shin decidimos fazer alguns treinos compartilhados, como o de hoje a tarde — o treinador Choi iniciou a conversa para desespero dos dois jogadores.

— Antes de os dois virem reclamar, isso já foi decidido, mas não se preocupem que esses treinos não vão ser diretos, afinal os esportes não tem nada haver um com o outro — o treinador Shin falou antes que um dos capitães presentes ali pudesse ter a chance de reclamar sobre alguma coisa.

Na mente de Hongjoong aquilo não fazia o menor sentido, como assim treinos compartilhados? Achava que no máximo seria o treino daquele dia, treino este que com muito custo ainda conseguiu se conformar com ele, aí vêm aqueles dois e jogam aquela bomba?

— Isso não faz sentido — falou para ninguém em específico. 

— Pela primeira vez sou obrigada a concordar com o tampinha, não faz o menor sentido — Seonghwa para estranheza de todos ali concordou com o Kim.

— Tipo ele joga basquete, quem gosta de basquete meu deus? Futebol maior e melhor — Hongjoong comentou exasperado, aqueles dois esportes em particular não tinham nada em comum.

— Futebol claramente é jogo de brutamontes, basquete requer talento, habilidade e altura, o que certos jogadores não têm — Seonghwa comentou encarando Hongjoong na cara dura mesmo, de cima a baixo ainda rindo no final.

— Garoto, nós temos quase a mesma altura? — Hongjoong respondeu com um tom óbvio.

— Nem você acredita nisso.

Os dois homens que estavam em silêncio prenderam a risada após a fala de Hongjoong, o mais novo apenas lançou um olhar sério para os mais velhos, já que claramente eles concordavam com aquele lá o chamando de baixinho.

— E quem disse que futebol é um jogo de brutamontes? — voltou à atenção a algo que o outro havia dito e na hora da raiva passou batido — Basquete literalmente é só ficar quicando uma bola para lá e para cá — debochou. 

— Vocês se empurram, pisam com a chuteira no pé um do outro de propósito, dão carrinhos, e você quer me dizer que isso não é um jogo de brutamontes? — Seonghwa cruzou os braços com aquela pose de superior que Hongjoong adoraria deitar no muro pra tirar.

— Você fala como se basquete fosse melhor — falou — Você não duraria um minuto numa partida de futebol comigo, mano a mano — ignorou os treinadores na sala, não que estes estivessem de fato tentando impedir algo.

— Beleza Hongjoong, vou te mostrar que até no futebol eu sou melhor que você, depois do treino — a voz de Seonghwa saiu séria, seus olhos lançavam adagas ao mais novo, este que nem se sentiu intimidado.

Hongjoong na vontade sentiu vontade de rir, na verdade ele queria era gargalhar, mas se limitou a apenas a deixar uma risadinha escapar, ele poderia ser bom no basquete, mas futebol era outra história.

— Só cuidado para o tampinha aqui não te massacrar — debochou, Seonghwa fez uma careta para o outro se preparando para responder.

— Meninos — o treinador Choi finalmente interveio, provavelmente já prevendo que não daria certo se eles continuassem daquela forma — Esse assunto de vocês me lembrou algo importante — falou mudando completamente de assunto.

Seonghwa e Hongjoong se entreolharam confusos, o que ele queria dizer com aquilo?

— Como assim treinador? — foi Seonghwa que questionou o homem, este que apenas sorriu.

— Simples Seonghwa — fez uma pausa — Levando em conta essa relação problemática de vocês, eu e o Shin entramos em um acordo — apontou para o outro treinador ficando em silêncio, claramente deixando a pior parte para que o outro homem contasse aos jogadores. 

— Eu que fico com a bomba? — perguntou chocado, Choi apenas franziu os lábios — Ok, então o primeiro que começar uma confusão vai ter que participar do treino do outro, não importa se um provocou ou que merda mais inventarem, arrumou confusão e bagunçou o treino esse vai ser o castigo — sorriu para os dois jogadores que praticamente saltaram juntos da cadeira.

— É O QUE?

Aquela seria uma longa reunião. 

⚽⚽

Atualmente — 

Treino no Campo de Futebol

Hongjoong não foi o primeiro a quebrar o contato visual, na verdade ele teve a capacidade de ainda jogar o cabelo que estava colado na testa devido ao suor apenas para encará-lo melhor.

Seonghwa até que lutou bravamente, mas logo se viu obrigado a desviar o olhar, pois tinha alguma coisa naquele Hongjoong que o deixava incomodado.

Por isso que ficou feliz ao ver Yunho parado ao seu lado, pois tinha a desculpa perfeita para não ter que falar com o outro.

Sem contar que ainda precisava da ajuda do rapaz para algo, por isso lançou suas mãos nos ombros do mais novo o puxando para baixo, até os olhos estavam arregalados enquanto tentava não sacudir o amigo. 

— Yunho, não me deixa provocar o Hongjoong hoje de jeito nenhum — praticamente suplicou, mas não se importou. 

— Que? Como assim? — Yunho perguntou confuso, pois aquilo era algo que o amigo nunca falaria na vida.

Eram anos e mais anos em que os dois estavam naquelas provocações, xingamentos e briguinhas bobas, anos em que os únicos momentos em que Seonghwa não provocava o outro rapaz eram quando estava em aula ou treinando, este primeiro ele realmente duvidava levando em conta o amigo que tinha.

— Depois eu te explico, só me promete — pediu, pela sua visão periférica notou que Mingi se aproximava dos dois com o cenho confuso.

Mingi enquanto se aproximava dos amigos achou estranha a aproximação dos dois rapazes, pois a mesma foi do nada e quando parou ao lado dos dois Seonghwa largou Yunho praticamente voando para cima do Song.

— Você também Mingi, não me deixa cair na provocação daquele baixinho enviado pelo capeta — pediu dessa vez sacudindo o rapaz.

Mingi teve seu cérebro chacoalhado antes de Yunho finalmente puxar Seonghwa e o forçá-lo a ficar quieto, pois já estavam chamando a atenção dos outros jogadores, inclusive dos treinadores.

Yunho encarava o amigo confuso, queria entender o motivo qual fez o amigo ter aquela reação e de quebra fazer aquele pedido para os dois.

— Você vai explicar tudinho depois Park Seonghwa — Yunho semicerrou os olhos quando percebeu o treinador chama-los.

Todos os jogadores dos dois times caminharam até o meio do campo onde os dois treinadores estavam postos lado a lado, cada um estava com sua prancheta em mãos e apitos em mãos, prontos para iniciarem o treino, mesmo que o do time de futebol devesse ter começado há um bom tempo atrás.

— Eu quero vinte voltas ao redor do campo, garotos e se eu ver alguém de conversinha vou aumentar para trinta — foi o treinador Shin que falou, naquele momento o mesmo estava sério e sua voz soou mais alta para que todos o ouvissem.

Os jogadores do time de basquete encararam o treinador Choi confusos, esperando alguma ordem do mesmo ou se era para correrem também, e quando os jogadores do time de futebol se dispersaram para os arredores do campo o Choi se viu obrigado a arquear a sobrancelha para os seus jogadores.

— Estão esperando o que? Vão logo antes que eu dobre as voltas por causa da lerdeza de vocês — praticamente gritou para os demais jogadores que ficaram ali.

Mingi não perdeu tempo antes de puxar os dois amigos pelo pulso para se juntarem ao time de futebol naquela corrida, ele que não queria provocar a ira do treinador.

— Você pode explicar agora o motivo do surto mais cedo? — Yunho perguntou quando eles finalmente conseguiram atingir um nível razoável da corrida.

Seonghwa observou os jogadores que os rodeavam, não notando Hongjoong ou seus amigos por perto, sabia que os jogadores do time de futebol não eram nada confiáveis, mas não representavam perigo.

Ignorando o olhar curioso de um dos jogadores, que se não falha a memória se chama Minhyung, que corria quase ao lado dos três Seonghwa olhou para os amigos para logo olhar para frente.

— Os treinadores surtaram — falou baixo.

— Normal né — Mingi comentou.

— Não, eles literalmente surtaram.

— Porque você tá falando isso? — Yunho perguntou seu tom de voz demonstrando toda a confusão, eles não podiam se encarar enquanto corriam, pois podiam sentir o olhar do treinador sobre eles.

— O primeiro que se provocar, vai ser obrigado a participar do treino do outro — comentou irritado.

Para crédito de Yunho e Mingi até que eles disfarçaram bem às expressões de quem queria rir, talvez o Song nem tanto já que Seonghwa pode ouvir uma risadinha vinda do rapaz.

— Não sei se torço mais para você provocar ele ou o Hongjoong te provocar — Mingi contou forçando Seonghwa o encarar irritado.

— Seonghoong culture — Yunho cantarolou, Mingi não se controlou e começou a rir.

Enquanto Seonghwa apenas encarou os dois confusos, que diabos que Seong… Só então a fixa caiu para o rapaz, que irritado empurrou os dois amigos, e logo um apito soou.

— A CONVERSA ESTÁ BOA PARA OS TRÊS AÍ? — o treinador Choi gritou atraindo a atenção de todo mundo — MAIS VINTE VOLTAS PARA OS TRÊS — gritou fazendo Seonghwa parar de correr na hora e encarar o treinador irritado.

Antes que ele pudesse protestar, Yunho puxou o amigo e o mandou cala a boca, os três preferiram se separar para terminar aquela corrida, se não era capaz do treinador mandá-los darem logo cem voltas.

De longe Seonghwa pode ouvir a risada de Hongjoong, e quando encarou o dito cujo este só mandou um beijo no ar.

Seonghwa não iria cair na provocação dele.

⚽⚽

— Quer dizer que ele pediu pros amigos dele não deixar ele me provocar? — Hongjoong perguntou ao Minhyung assim que terminaram às vinte voltas.

Assim que terminaram às vinte voltas, o canadense não perdeu tempo em correr na direção do capitão para contar a ele o que havia ouvido dos outros jogadores, não que ele fosse fofoqueiro ou algo parecido, ele apenas queria avisar o seu capitão.

Aquele era o único interesse do mais novo aquela história, somente isso.

Seu olhar estava atento na menor figura entre os três que ainda estavam correndo como castigo dado pelo treinador pela conversa deles durante o treino.

— Sim, foi por isso que o Mingi riu alto daquele jeito, ele disse que não sabia se queria que o Seonghwa ou você provocasse primeiro — comentou com o cenho franzido, tanto Jongho quanto San encararam o amigo confusos.

Que história era aquela?

— Depois eu explico para vocês — Hongjoong avisou os amigos — Obrigada pela fofoca Minhyung — agradeceu ao seu meio campista que sorriu envergonhado.

— Eu não chamaria isso de fofoca capitão — Minhyung falou.

— Chamaria do que então? — Jongho que perguntou curioso, até porque aquilo fora uma fofoca e das boas.

— Entrega de informações — falou fazendo os garotos rirem, o mesmo também riu antes de se despedir e se juntar aos seus amigos que o aguardavam um pouco afastado dali.

Foi só o canadense se afastar o suficiente que San e Jongho se viraram para o amigo esperando uma resposta do mesmo.

— Pode ir explicando que sabe bonitinho, tudinho — foi San que decretou.

Hongjoong suspirou encarando Seonghwa do outro lado do campo, o mesmo tinha uma expressão de cansaço e não pode evitar sorrir com a cena, e quando ouviu um pigarrear dos amigos voltou seu foco para os dois.

— Então, era uma vez…

Quando San e Jongho o empurraram ao mesmo tempo Hongjoong começou a rir, sabia que os amigos odiavam aquelas palhaçadas em momentos como aquele, e não pode evitar fazer uma, mas o olhar dos dois Choi foi o suficiente para ele engolir em seco e logo começar a explicar toda aquela situação.


Notas Finais


eu queria ter arrumado mais algumas coisas, mas realmente meu pulso nao deixou, entao desculpa por esse capítulo meia boca :((


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...