História Capuz Vermelho e Delírio - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arlequina (Harley Quinn), Arqueiro Verde, Asa Noturna, Batman, Capuz Vermelho e os Fora-da-lei, Deadpool, Esquadrão Suicida, Exterminador "Deathstroke/Slade", Hera Venenosa, Homem de Ferro (Iron Man), Homem-Aranha, Justiça Jovem, Lanterna Verde, Novos Titãs (Teen Titans), Os Vingadores (The Avengers), Punho de Ferro (Iron Fist), S.H.I.E.L.D., Supergirl, Superman, The Flash, Thor
Personagens Alfred Pennyworth, Anthony "Tony" Stark, Arsenal, Artemis, Asa Noturna, Barbara Gordon, Barry Allen (Flash), Bruce Wayne (Batman), Canário Negro, Capuz Vermelho, Cassie Sandsmark (Moça-Maravilha), Ciborgue, Cisco Ramon, Clark Kent (Superman), Coringa (Jack Napier), Damian Wayne, Deathstroke, Dick Grayson, Dr. Bruce Banner (Hulk), Dr. Jonathan Crane (Espantalho), Dr. Thomas Wayne, Dra. Caitlin Snow, Duende Verde, Electro, Eobard Thawne / Flash Reverso, Estelar, Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), Frigga, Garth (Aqualad / Tempest), Hal Jordan, Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Hartley Rathaway (Flautista - Pied Piper), Harvey Dent (Duas-Caras), Heimdall, Homem-Areia, Iris West, James Rupert "Rhodey" Rhodes, Jane Foster, Jason Todd, J'onn J'onzz "John Jones" (Caçador de Marte), Kara Zor-El (Supergirl), Kon-El (Superboy), Lady Sif, Lagarto, Leonard Snart (Capitão Frio), Loki, Mutano, Natasha Romanoff, Nick Fury, Odin, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Oswald Chesterfield Cobblepot (Pinguim), Pamela Lillian Isley / Poison Ivy (Hera Venenosa), Personagens Originais, Peter Parker, Phillip Coulson, Pietro Maximoff (Mercúrio), Ravena, Rhino, Richard John "Dick" Grayson, Roy Harper (Arsenal), Selina Kyle (Mulher-Gato), Starfire, Stephanie Brown, Steve Rogers, Thor, Tia May, Timothy "Tim" Drake, Timothy "Tim" Drake (Robin), Venom, Visão, Wade Willson (Deadpool), Wally West (Kid Flash)
Visualizações 43
Palavras 2.088
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela
Avisos: Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiee gente, bem esse capítulo com certeza foi o maior que eu já escrevi então eu espero que ele esteja realmente bom kkk . Bom chega de enrolar e vamos para a história. Só um aviso: este capítulo é a Delírio que vai narrar, espero que gostem!.

Capítulo 11 - Delírio: Um pouco de sua história


Fanfic / Fanfiction Capuz Vermelho e Delírio - Capítulo 11 - Delírio: Um pouco de sua história

Delírio On

Já viveu aquele momento que marcou sua vida permanentemente? Já viveu aquele momento que você pensa que é um sonho? Já viveu aquele momento que você pensa, que você torce, para não passar de um pesadelo?

Bom, eu já passei por tudo isso..... Agora vocês saberão um pouco (só um pouco) sobre minha história e sobre as coisas mais permanentes pelas quais eu passei.....Bom vamos começar:

Orfanato de BalonCity 00:10 h

Essa cidade tem um nome bobo né? Bem, não fui eu que escolhi ele kkk , continuando: Para vocês entenderem minha história vou ter que contar a de outra pessoa também, minha antiga amiga, minha antiga irmã: Samantha a Wind

De acordo com no que ela me contou ( o que não foi muita coisa) ela foi abandonada nesse orfanato exatamente às 00:10 h e a única coisa que ela sabe sobre os pais e que ela espera ser verdade é que eles tiveram um bom motivo para abandona-la .

Ela cresceu e passou boa parte de sua infância nesse orfanato até pelo menos seus 9 anos de idade que foi quando ela recebeu esses poderes, como? Bom, ninguém sabe e esperamos que continue assim .

Depois que ela conseguiu esses poderes ela fugiu do orfanato e começou a proteger sua cidade até que começaram a falar sobre ela nos jornais e nas redes sociais, então a cidade, Temendo seus poderes baniram Samantha da cidade, então ela foi escondida para Gotham onde acabou conhecendo o Batman e o Dick que na época ainda era Robin, eles acolheram ela e a treinaram, naquela época Dick tinha seus 12 anos e Sam tinha 11, eles a estudaram e tentaram descobrir como ela ganhou seus poderes, porém não conseguiram. Uma curiosidade: quem deu o nome de Wind para Sam foi o Dick em sua primeira missão com ela.

Agora vamos adiantar um pouquinho:: Lá estava ela Em sua ronda diária por Bludhaven ao completar seus 16 anos ela se mudou para lá junto com Dick que já havia se tornado o Asa Noturna, lá eles dividiam um apartamento com dois quartos , desde que se encontraram pela primeira vez já se consideravam irmãos. Os Jovens Titãs haviam se desfeito, Mas, por outro lado a Justiça Jovem Nasceu , Bem deixa eu ver se consigo explicar melhor: Na época em que Dick ainda era Robin, ele entrou para a Justiça Jovem, porém depois de um tempo ele criou os Jovens Titãs sendo o líder deles, como ele não era o Líder da Justiça Jovem ele conseguia participar dos dois times de heróis sem muita dificuldade, porém, quando ele cresceu e se tornou o Asa Noturna ele se tornou o novo líder da Justiça Jovem e não conseguiu mais participar dos dois grupos de super heróis de forma tão efetiva, passou-se um tempo, e como os Jovens Titãs já não estavam funcionando tão bem quanto antes eles decidiram acabar com o time e cada um seguiu com seu caminho e Dick acabou por ficar líder da Justiça Jovem, ele convidava constantemente para que Wind se junta -se a equipe e só depois de muito insistir ela aceitou.

Bom, continuando : Enquanto ela fazia sua ronda Diária por Bludhaven ela me encontrou nas ruas, me perguntou se eu estava perdida e eu inocente como era lá com meus 8 anos de idade, disse que tinha fugido do orfanato de onde vivia, ela olhou para mim e se viu quando era mais nova , ela me perguntou o porquê de eu ter fugido e então eu lhe disse a verdade: que eu tinha medo de ficar lá, o lugar era muito esquisito e eu não tinha muitos amigos, ela olhou para mim e me perguntou se eu queria comer um hambúrguer com ela e o irmão de consideração dela , eu primeiro fiquei meio em dúvida porque você sabe né?: Nunca confie em alguém com Máscara, ela percebeu e então tirou a Máscara dela, então eu falei: “Eu quero, mas eu posso levar o meu irmão de consideração comigo?” ela me disse: “ Claro onde ele está?”, Então ele apareceu meio que com medo, ela lhe perguntou: “ Qual seu nome?” ele apenas respondeu: “ É Jack “ ( ele tinha 12 anos ) Depois disso nós fomos comer o hambúrguer e como era muito tarde Sam nos convidou para dormir no apartamento dela e do Dick ( sim , eles nos contaram a identidade secreta deles) Nós aceitamos e passamos a noite lá .

Quando Amanheceu, eu e Jack fomos, impulsionados pela curiosidade, até um quarto escondido e sem querer acabamos nos esperando em agulhas que continham algo dentro( sim eu dei uma de bela adormecida) , mais tarde nós contamos tudo para a Sam e o Dick e ficamos sabendo que o que continha naquelas injeções eram substâncias criadas pela Sam para que ela descobrisse como ganhou os poderes porém sem sucesso.

Nossos poderes começaram a se manifestar na manhã seguinte e Sam, se sentindo culpada pelo o que aconteceu com a gente , decidiu nos adotar, porém, nós nunca nos consideramos Mãe, filha e filho e sim irmãos.

Depois de algumas semanas Sam trouxe eu e Jack para a casa de Bruce Wayne ( nós já sabíamos que ele é o Batman) para que ele pudesse nos treinar pois até então com a ajuda da Sam nós conseguimos desenvolver apenas um poder, eu havia conseguido meu tão famoso teletransporte e ele havia conseguido o poder de se multiplicar . Foi lá que eu conheci o Jason, ele era muito legal comigo, ele era meu melhor amigo , ele me fez sentir em casa quando eu estava lá, nós aprontávamos muito.

Depois de quase um ano nós começamos a atuar como super heróis ao lado da Wind, com certeza aquele foi o melhor momento de nossas vidas , porém como tudo que é bom Acaba esse momento também acabou , depois de alguns anos , por algum motivo que até hoje eu não sei Jack foi embora , ele apenas me falou que iria para algum lugar que ele ainda não sabia aonde e que não era para procurá -lo. E até hoje nós não recebemos notícias dele.

Depois de mais algum tempo eu e Jason já tínhamos 16 anos e foi aí que nossas vidas mudaram de vez. Pelo o que Dick me falou foi isso o que aconteceu: Jason finalmente havia tomado coragem para me pedir para eu ser sua Namorada e pediu para que Dick o ajudasse a fazer um vídeo com ele cantando e no final me pedindo para ser sua Namorada e foi bem neste dia que tudo aconteceu, ele foi junto com o Batman para uma missão, ele foi capturado pelo Coringa e por fim... Foi Morto.

Quando eu soube p que havia acontecido... Meu Mundo Caiu.....Eu primeiro fiquei em choque, depois caí com os joelhos no chão, depois perguntei mais de uma vez se ele morreu e todas as vezes foi Dick que me respondeu com Lágrimas nos olhos enquanto que a Sam me abraçava também em choque:

“Jason está morto?” perguntava com a esperança que a resposta fosse um não.

“ Sim, ele morreu” Dick assim falava com uma voz trêmula acabando com minhas esperanças

“ Ele está Morto?” Perguntei mais uma vez ainda com uma ponta de esperança

“ Sim, ele está “ Dick me respondeu com tristeza em sua voz

“ Jason está Morto! Ele Morreu!” Finalmente eu afirmei isso e lágrimas começaram a escorrer de meus olhos .

“ Vê ( meu apelido) calma vai ficar tudo bem” Dick tentava me reconfortar ainda chorando

“ Não, Não, ele não pode estar morto” Eu gritava em desespero

“ Calma, Calma nós estamos aqui com você “ Sam também tentava me reconfortar, mais eu sabia que eles estavam tão desesperados quanto eu

“ não, não, não....” falava e repetia com o desespero em meus olhos

Passei quase um mês chorando e sem dormir direito, depois desse tempo Dick finalmente teve coragem de me mostrar o vídeo que Jason havia feito para mim, eu chorei, desde o início ao fim do vídeo e quando eu terminou eu apenas falei: “ Sim” , e então eu fiquei vendo e revendo esse vídeo várias vezes , pensando em como seria se Jason estivesse aqui.

Depois de um Ano mais uma coisa que marcaria minha vida aconteceu: Bem, digamos que após a morte dele eu mudei, afinal, o luto muda as pessoas, eu já não era mais a mesma eu já não era a Veronica de antes eu já não era a Brisa da Noite ( meu antigo codinome) e eu comecei a ficar meio que obcecada em pegar o Coringa e eu comecei a parar de capturar os vilões às vezes até mesmo os soltando de propósito e por causa de minha irresponsabilidade eu fui tirada de meu título de Super-Heroina .

Eu parti, fui em bora e fui treinada por vários heróis, vilões e Anti Heróis incríveis e com isso fui ficando boa não somente em usar meus poderes, como também em diversos tipos de lutas, táticas e estratégias.

Depois de todo esse tempo eu voltei, porém, não como Brisa e sim como Delírio que foi o apelido que Jason me deu quando ainda éramos crianças. Quando eu fui a Bludhaven não fiquei surpresa ao ver que tinha sido substituída e agora Brisa não era mais o nome dado à ajudante da Wind, a garota que me substituiu recebeu o nome de Cold Front ( nome horrível por sinal), quando a Sam me viu ela tentou me dar um abraço, porém eu a bloqueei e fiquei em posição de combate , ela achou isso estranho e logo começou a falar comigo:

“Ué, começou a lutar Karatê foi?” falou rindo

“ Não estou de brincadeiras hoje, muito menos com você.” Falei com frieza em minha voz

“Não vai me dizer que está com ciúmes da Cold Front?” Falou ainda Brincando

“ Longe disso, eu apenas não quero ficar de conversa com a pessoa que me acusou de ser uma ameaça “ Falei com Mágoa em minha voz

“ Olha, me desculpa por favor, mas eu não sabia o que fazer você já não era mais a mesma!” Falou fazendo uma cara triste

“ e eu ainda não voltei a ser quem eu era, agora se me der licença...” Falei pronta para ir em bora

“ Maninha me escuta...” falou segurando meu braço.

“ Não sou sua irmã, deixei de ser a muito tempo” falei indo em bora

Depois disso eu fui a Gotham City e conheci o novo robin: Tim Drake, eu inicialmente não gostei muito dele , mas depois de um tempo nós ficamos muito amigos. Eu acabei alugando um apartamento para mim em Gotham para que assim eu conseguisse finalmente capturar o Coringa e fazê-lo pagar pelo o que havia feito com Jason. Já fazia 4 anos e meio que Jason foi assassinado e muitas vezes Tim e Bruce me questionavam se Jason realmente iria querer que eu Matasse o Coringa , principalmente porque eu nunca havia matado ninguém em minha vida, aos poucos eles foram me convencendo e Então eu decidi recomeçar minha vida e fui morar em uma pequena cidade que estava sofrendo constantes ataques de bandidos e então eu comecei a atuar como Super Heroína lá, eu passei 1 ano morando neste belo lugar e então eu recebi uma carta falando que precisariam de todos os Heróis e Anti Heróis possíveis por causa de uma ameaça. Eu não pensei duas vezes, fiz as malas e fui para o local marcado: Gotham City: Beco do Crime, e então lá eu encontrei alguém que jurava nunca mais poder ver novamente: Jason Todd.

Minha felicidade e a dele transbordavam de nossas faces e a felicidade novamente entrou em meu coração. Bom, aí aconteceu um monte de coisas: todo mundo capturado, fugindo da armadilha, Pizza, Eu e Jason viramos um casal, ele correndo atrás do Coringa, Nós dois brigando, etc ( Autora: Tudo isso está nos capítulos anteriores).

Bom, e agora aqui estou eu me perguntando como e quando eu errei e se esperar pelo Jason foi realmente um erro, Bem, essa é a minha história pelo menos até agora, podem me chamar de Dramática, rancorosa, sensível e etc , talvez eu até seja tudo isso mesmo, porém a única coisa que eu sempre quis por toda a minha vida, Foi um Final Feliz e eu espero um dia conseguir ter isso...

Continua...


Notas Finais


Então? Vocês gostaram? Querem mais capítulos como esse, maiores? Comentem o que acharam de história da Delírio. 😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...