1. Spirit Fanfics >
  2. Car crash hearts ; minbin >
  3. Selfish.

História Car crash hearts ; minbin - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


olá novamente, aqui está mais um capitulo,espero que goste e boa leitura (:

Capítulo 2 - Selfish.


Minho's pov.

Quando subi para o quarto,telefonei para o tal numero no outdoor. Uma voz feminina gravada atendeu,e então ela me citava todos os requisitos que você precisava para emfim conseguir tal vaga de trabalho: cuidar de seu filho.

Enquanto aquela voz fina e fresca falava,fiquei pensando se eu estava fazendo a coisa certa,aquele trabalho tinha um salário realmente bom,mas será que eu não mereço algo melhor? suspirei irritadiço, por fim a voz feminina dizia para comparecer em tal endereço,supondo que era a casa que o garoto morava,anoite tudo de prontidão e desliguei o telefone.

Arrumei a cama e literalmente me joguei nela, bem eu não falei sobre isso,mas eu tinha uma pilha de coisas da faculdade para fazer,mas dei de ombros, precisava fechar os olhos e dormir.

Fiquei pensando nas palavras da minha família,eles são tão rudes,mas tudo bem pois são velhos e pensam de forma ruim e fechada, me questiono como eles lidariam tendo um filho gay.

Não que eu seja...claro. Eu só tenho muitas questões na minha cabeça,quais não sei se possuem respostas.  Ah..Lino,apague a luz e vá dormir agora.

...

Nesta manhã,acordei apressado,completei minhas tarefas diárias,e segui para casa do tal garoto. É horrível chama-lo assim,queria muito emfim saber o seu nome,como ele aparentava, e se ele era legal...Meus pensamentos andam diferentes agora.

Eu não sou como a minha família...Talvez,eu tenha algumas influências e diga algo ruim e rude,mas eu não saio destilando preconceitos em cima de alguém que eu não conheço, mas as vezes eles dizem coisas engraçadas,sabe como é, não me leve a mal...

Toquei a campainha da casa,ela era realmente bonita,como uma mansão. Poxa, se ele tem uma mansão ele nao precisa de absolutamente nada,pensei comigo.

Uma mulher havia atendido a porta, imaginei que fosse a mesma do telefone. 

-Olá, sou Lee Minho, o garoto que te ligou mais cedo para marcar um horário.-Sorri tentando dar um olhar sério e responsável.

-Claro,você que vai cuidar do meu filho então.- disse a senhora,parecia bem velha,mas muito simpática.

A casa era linda, novamente,não sei como ele odiava a vida tendo uma casa enorme daquelas. Segui a moça para um canto entre a cozinha e o jardim, ainda não havia visto o garoto, mas ela parecia querer me dar muitas dicas e cuidados para se ter com o seu filho.

Me contou os motivos dele ser assim,que cara mais irresponsável,como pode bater o carro e estar bêbado na mesma noite,Ugh. O Jardim era lindo, a casa era linda, senti uma firmeza grande naquele lugar, talvez fosse uma boa escolha. Ela me falava do salário,dizia que poderia ate aumentar se eu trabalhasse bem e cuidasse direito do garoto. Poxa,o valor já é tão alto que me faz questionar se ele é feito de ouro,se ela aumentar eu provavelmente virarei rico.

Emfim,ela me levou para o quarto do tal garoto. Ah,seu nome era Changbin,e ele era...muito bonito.

Sim, eu não sei como ele era tão bonito mesmo estando naquela situação. Oh céus,esta tudo bem dizer que ele é bonito? Eu quero dizer...eu não estou atraído por ele,ele só é bonito, minha mãe nem acreditaria se eu dissesse isso.

A mãe de Changbin havia o deixado sozinho comigo no quarto, para que pudéssemos nos conhecer melhor,eu estava ansioso mas precisava tentar mostrar que era eficiente e atencioso.

-Então...porque se interessou em vir? - ele disse seco,rancoroso,e passando sozinho para sua cadeira de rodas sem nem olhar em meus olhos. Eu já o odeio,mas preciso manter o olhar atencioso e doce em minha face.

-É...eu....

-Você realmente não consegue encontrar um trabalho melhor do que cuidar de um idiota que nem eu? - Changbin riu limpando a estante ao lado de sua cama e procurando algo que eu não saberia como decifrar. Sua voz parecia pesada em ironia, ele não parecia gostar de si mesmo,bem..eu também não gostaria se fosse como ele.

- É. - concordei sem respostas.-Olha...não seja rude ok,eu quero conhecer você melhor.

-Boa sorte tentando.- Changbin riu. - O que você quer que eu te diga? que eu sou extremamente irritado com a minha vida e que eu não gostaria que ela fosse desse jeito por  causa do acidente? E que eu sei que eu cometi um erro terrível dirigindo bêbado? - Changbin dizia seriamente encarando o outro.

-Bem,pelo menos você reconhece que errou.- disse dando de ombros. - Olha só,eu quero que você me diga o que você precisa.

-Minha mãe já te disse tudo o que eu preciso,você tem que me levar para a fisioterapia, me ajudar no banho, o que é extremamente vergonhoso, me ajudar na alimentação já que eu não alcanço algumas coisas e cozinhar para mim. E o bônus é: Não falar comigo sobre nenhum assunto.- Changbin terminou sorrindo irônico e mal humorado. 

- Tudo bem.- Minho suspirou cansado. 

Sabia que iria ser difícil conversar com Changbin,mas agora sentia que tinha uma missão que era cuidar do garoto em troca do dinheiro que precisava para terminar de pagar sua faculdade e ajudar sua família. Seria uma convivência difícil,caminhava de volta para casa,chutando uma pedra,e lembrando das palavras do garoto,o como ele não sorria,o como seus olhos pareciam raivosos o tempo todo,o como era cansado tanto fisicamente quanto em o como conversava,sentiu um sentimento diferente em si naquele instante, e se questionava o porquê.

Achava absurdo um garoto daquele viver numa casa enorme como a que tinha e odiar tudo,e ser mal humorado,ele poderia sempre andar pelo jardim era tão belo. Minho se sentia tão irritado,que um sentimento de querer mostrar coisas boas e belas sobre a vida do outro começará a surgir em seu coração,mas claro,não queria que isso fosse entendido da forma errada,tinha medo de se apaixonar,na verdade batia na própria boca ao pensar nisso,sua família nunca lidaria bem com isso,então apenas focava no dinheiro,mesmo que fosse um garoto tão emotivo,que provavelmente poderia se perder nos seus sentimentos em meio a tal aventura....


Notas Finais


até o próximo (:


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...