História Carlos x harry decendentes2 - Capítulo 7


Escrita por: e laarii_gaspar

Postado
Categorias Descendentes
Personagens Carlos de Vil, Evie, Jane, Jay, Lonnie, Mal, Personagens Originais, Príncipe Ben
Visualizações 43
Palavras 724
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltamos com mais um capítulo, hein kkkk
Espero que gostem


ESSE É UM ESPECIAL, JACK

Capítulo 7 - Te Amo


Fanfic / Fanfiction Carlos x harry decendentes2 - Capítulo 7 - Te Amo

Pov's Jack
Eu o beijei pra ver o que iria acontecer e se iria mudar alguma coisa em nossas vidas, eu estava bem preocupado com a nossa
amizade, então arrisquei mesmo assim!! Foi um um beijo calmo, os lábios dele eram macios é dançavam contra os meus, nos separamos pela falta de ar, mas com as testas encostadas uma na outra-uma cena bem clichê, mas verídica-ficamos nos olhando por um tempo, quando resolvi falar, mas pra minha surpresa ele falou primeiro.

Jay: - Eu te amo, sabia?!- fiquei sem palavras, apenas fechei os olhos e o beijei novamente, fui empurrando levemente seu corpo para trás, sem separar nossos lábios, até que ele encostou sua costas na parede, e o que era pra ser um beijo calmo foi ganhando mais intensidade
Separei nossos lábios apenas pra dizer
Jack: - Eu te amo mais!!- e voltei a devorar seus lábios
De repente sinto suas mãos na gola de minha camisa, ele a segurou firme e me "jogou", fazendo-me sentar em uma das caixas de madeira que ficava ali, Jay se sentou em meu colo me beijando desesperadamente, posso sentir seus braços em volta do meu pescoço, uma de minhas mãos vai até sua cintura apertando-a de leve, fazendo o outro dar um gemidinho dentre o beijo, minha outra mão foi até seus cabelos, afobando-os em minha mão vez ou outra puxando alguns fios
Jay começou a rebolar em meu colo me fazendo soltar alguns gemidos de prazer, eu sabia que em um navio ao ar livre não era um Boa lugar pra fazer esse tipo de coisa, então separei nossos lábios, percebi seu olhar confuso pra cima de mim, fui ao pé de sua orelha é sussurrando disse:
Jack: - Melhor não fazer esse tipo de coisa aqui- dei uma mordidinha em seu lóbulo, senti um sorrisinho em seu rosto. Ele se levantou do meu colo e segurou em minha mão puxando-me até seu esconderijo-lugar onde já fui muitas vezes- me sentei em sua cama e senti ele atrás de mim, uma de suas mãos passou pelo meu pescoço e logo a senti dentro de minha camisa, fazendo-me arrepiar, sua boca foi dando leves mordidas e chupões pelo meu pescoço. De repente me viro pra ele, seguro em seu ombro e jogo-o deitado na cama, fico em cima dele, uma de minhas mãos vai até a barra de sua camisa, ergo-a um pouco podendo sentir sua pele, a qual era macia e delicada, passo a mão levemente pelo seu abdômen, me abaixo um pouco podendo sentir sua respiração já falha, começo um beijo- não tão calmo- minha mão dentro de sua blusa fazia movimentos de vai e vem pelo seu abdômen, segurei na barra de sua camisa e a ergui, pude ver perfeitamente seu abdômen definido-uma visão dos Deuses-, peguei no cós de sua calça abaixando-a, vi seu volume apertado em sua boxer, retirei-a sentindo Jay arrepiar. Peguei em seu membro fazendo movimentos de vai e vem, sentindo-o pulsar, fui mais para baixo- sem parar os movimentos-, apenas observando-o. Lambi sua glande, sinto ele estremeceu, fazendo movimentos circulares com a língua, logo abocanho seu membro, vejo ele arcar a cabeça para trás, Jay leva uma de suas mãos até meus cabelos me ajudando com os movimentos.
Me levantei e fiquei, novamente, em cima dele, apenas o encarando, vi o mesmo corar, abaixo minha cabeça dando um beijo em sua bochecha e vou descendo até o pescoço, onde deixo uma marca de meus dentes, mas não tão forte.
Já ia tirar minha roupa, quando meu celular começa a tocar, vi no identificador de chamadas que era Mal, atendi e logo ouvi um grito
CHAMADA ON
Mal: - Aaaaaaaaaaaah-gritou- Até que enfim vc me atendeu!! Mandei milhares de mensagens pra Vc!!
Jack: - Desculpa, estava ocupado- me defendi
Mal: - Ah, tanto faz, enfim, vc pode vir aqui na feira da Vila?- perguntou
Jack: - Claro, daqui 20 min. chego aí
Mal: -ok. Ah, não se esqueça de trazer o Jay também- disse e desligou a chamada
CHAMADA OFF

Jack: -Infelizmente vamos ter que parar por aqui- ouvi um suspiro de Jay- Mal quer que a gente a encontre na feira da Vila, na volta nós terminamos- lancei um olhar safado em sua direção
Jay: -Ok- saí de cima do mesmo, ele colocou suas roupas e saímos








Continua?


Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...