1. Spirit Fanfics >
  2. Carne nova >
  3. A piscina

História Carne nova - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - A piscina


Dois meses se passaram naquele colégio, e minha rotina é a mesma, acordo tomo banho, como meu café da manhã pego minhas chaves e vou pro colégio, vou pro local da árvore fumo um pouco e espero Hinata chegar pra irmos pra sala, mas hoje ela não veio tinha me mandando uma mensagem mais cedo dizendo que está com febre, ou seja estou sozinha. O sinal tinha tocado e fui pra sala, no caminho pra sala eu vi um casal discutindo, eu ignorei e continuei o meu caminho até ouvir o grito da menina. 

Ela estava com uma mão na bochecha e sentada no chão, fui me aproximando deles e acabei dando um soco no cara.

-Qual é a tua garota?.- com a mão na bochecha ele se virou pra mim indignado. 

-Qual é a minha? Você acabou de bater nela seu corvade, acha que só porque você é o namorado tem o direito de bater nela? Vai se fuder.- eu estava me segurando pra não cair na porrada com esse cara, ele se aproximou de mim pra devolver o soco, mas eu desviei e dei um soco na sua barriga fazendo ele cair de dor no chão.- AGORA SAIA DAQUI E NÃO SE APROXIME-SE DELA.- ele se levantou e foi embora.

-Porque você fez?.- olhei pra trás e a garota ainda estava sentada no chão. 

-Ele te bateu e eu te defendi, denada.- me virei e comecei a andar em sua direção, e me agachei.- Prazer, Sakura Haruno. 

- Ino Yamanaka, obrigada Sakura. - eu levantei e estendi a mão pra ela, quando ela me deu sua mão, pude ver marcas roxas no seu braço. 

-Quer um conselho? Termina com ele, tá na cara que aquele cara não presta pra você, acredita em mim eu já passei por isso.

-Eu vou terminar, pensei que ele ia me fazer feliz mas eu estava errada, obrigada.

- Não foi nada, se quiser pode sentar comigo no intervalo.

- Pode deixar.- ela sorria fraco, nos despedimos e  cada uma foi pra sua sala. 

[...]

Estava no local da árvore com Ino, ela me contou com era o seu namoro, no início era tudo lindo mas com tempo ele passou a ser violento e começou a trai-la, ela tinha pensando várias vezes terminar com ele mas tinha medo do que ele podia fazer. 

-Ino você deveria ir a polícia e denúncia-lo pro agressão, seus braços estão tem marcas roxas isso pode afetar seu psicológico. 

 -Eu sei, mas e se isso piorar? Eu tenho medo Sakura.

-Escuta, se você denúncia-lo a polícia vai prende-lo e você estará bem, isso é o certo a se fazer. - ela fitou o chão e ficou pensativa, quando escuto passos se aproximando, era uma garota que nunca vi no colégio, então ela me entrega um papel.

"Venha na área da piscina agora

Anônimo "

Só pode ser o Uchiha, como esse garoto é irritante.

-Ino fica aqui, eu volto ok?.- ela assentiu e fui a caminho pra área da piscina. Chegando lá não vejo ninguém.- tem alguém aí?.- escuto uma pequena risada, essa risada era da ruiva, o que desgraça ela quer comigo?. - O que você quer ruiva?.

-Nossa é assim que fala com a sua amiguinha?.

- Fala logo o que você quer.

-Calma, mas sabe Haruno você já me encheu a paciência, agora é a minha vez de dá o troco, MENINAS!.- derepente eu sou derrubada, duas garotas estavam em cima de mim, uma amarrava meus pulsos e a outra amarrava meu tornozelo. -  Já viu aqueles truques de mágica, que a pessoas se prende com corrente e se jogam na água, aí eles tentam se soltar de baixo d'água, vamos ver se você é capaz.- eu arregalo os olhos, e sou jogada na piscina, só vejo Karin e as garotas irem embora. 

Estava tentando me desamarrar, mas estava impossível eu já estava perdendo o ar não ia aguentar por muito, meus olhos estavam começando a fechar, escuto um barulho de alguém pulando na água a ultima coisa que eu vejo é um cabelo escuro e então eu desmaio. 

-Faça respiração boca boca nela Sasuke.

-Eu sei cara, não me estressa não. - faço a respiração boca boca nela umas duas vezes,enquanto o naruto desamarra ela, então ela acorda. 

-Uchiha?.- era o Uchiha, quem eu menos esperava naquele momento.

-Sou eu Haruno, o que aconteceu pra você tá amarrada dentro da piscina?.

- Foi a Karin, eu relaxei e as amigas dela me derrubaram e me amarraram e fui jogada na piscina, obrigada por ter me salvado.- dou um pequeno soco nele e lhe dou um sorriso fraco. 

-Denada, toma uma toalha pra se secar.- ele coloca a toalha no meu ombros e agradeço com a cabeça, eu levanto e começo a caminhar pra saida da área.- aonde vai?.

- Vou resolver um negocinho.- saio de lá e vou e vou em direção ao refeitório, olho pro lado e vejo Ino se aproximando. 

- O que aconteceu com você?.

- Você já vai ver.- continuo andando até chegar no refeitório, quando vejo Karin de longe, ela percebe minha presença e arregala os olhos.- ADVINHA RUIVA, EU ESCAPEI DO SEU TRUQUE DE MÁGICA, AGORA EU VOU TE MOSTRAR O MEU. - apresso os passos na direção dela, coloco minha mão no seu pescoço e encosto ela na parede.- eu chamo esse truque de sufocamento.- sinto uma mão tocar no meu ombro quando olho era o Uchiha, eu solto a ruiva na hora, fazendo ela cair no chão e ficar tossindo.- na próxima vez que tentar me matar ruiva usa uma arma, idiota. - me viro e vou embora do refeitório e escuto o grito de raiva dela.

[...] 

O sinal já tinha tocado pra ir embora, estava sentada na moto pronta pra ir embora, quando sinto alguém sentar atrás de mim, quando olho era o Uchiha. 

-O que você está fazendo Uchiha?.

- Bem eu salvei sua vida, então eu acho justo você me pagar um lanche.- ele mostrar seu melhor sorriso, eu reviro os olhos e realmente ele salvou minha vida eu deveria da algo em troca como agradecimento. 

-Pra onde você quer ir Uchiha. - vejo no retrovisor da moto que ele arregalou os olhos e depois deu um pequeno sorriso. 

- Vamos no ramen ichiraku. 

-Ok.-  dei a partida e assim formo pro ramen ichiraku. Chegando lá estaciono a moto e entramos no restaurante e formos sentar, e uma garçonete veio nos atender.

-Olá o que desejam?.- ela segurava um bloquinho de notas.

-Eu vou querer o de sempre com bastante tomate, e você Sakura o que vai querer?.- eu olhava o cardápio a procura de um que eu gostasse.

-Eu vou querer o ramen da casa.- a garçonete saiu e o silêncio se instalou. 

- Então Haruno, me fale mais sobre você.

- Como você é chato.

-Vai conta, eu salvei sua vida lembra.

-Eu já sei disso, tá legal, eu tenho 18 anos meus pais são ricos mas, quando fiz 18 eu pedir pra morar sozinha eles aceitaram e agora sou independente, fui expulsar várias vezes dos meus antigos colégios e é isso.

- Já teve namorado?.

- É sério isso?.- ele balançou a cabeça. - sim já tive um namorado, namoramos por 3 anos, mas aí ele começou a ser violento, e não estava suportando mais, e terminei com ele na época eu sentia muita saudade dele então eu comecei a treinar boxe o que me fez esquecer ele.

-Uau, bela história de superação. 

- Agora é sua vez Uchiha, sou toda ouvidos. - coloco eu braço em cima da mesa e apoio meu rosto na mão. 

-Ok, eu tenho 19 anos moro com meu irmão mais velho, meus pais morreram num acidente de carro quando eu tinha 8 anos, não foi fácil superar a morte dos meus pais, e se for perguntar se eu já namorei, a resposta é não, nunca namorei eu só pego e caio fora, mas tem uma garota que não sai da minha mente eu acho ela bastante interessante essa garota é....-

- Aqui estão seus pedidos.- a garçonete chega com os ramens.

- Você gosta muito de tomate hein.- eu falava enquanto pegava o hashi.

- É a minha comida favorita.- e ficamos ali comendo e conversando um pouco, tínhamos algumas coisas em comum, como filmes, músicas, livros e outras coisas até que o Uchiha não é tão chato assim, deu o horário e ele deu a ideia de dividimos a conta e formos embora, levei ele até a sua casa, era uma casa simples.- Agradeço pelo ramen hoje.

- Eu que devo agradecer você salvou minha vida.- fui na tentativa de dá um pequeno soquinho nele, mas o mesmo segura e se aproxima de mim, selando nossos lábios fiquei surpresa no início mas eu deixei rolar, seu beijo era tão gostoso, quente ele ficava acariciando meu rosto e eu apertava seu casaco, até os dois precisarem de ar. 

- Até amanhã Haruno. - ele colocou as mãos nos bolsos, e eu estava pronta pra dá a partida.

- Até Uchiha. - dou a partida e vou pra casa, mordi os lábios lembrando do beijo, não vou mentir ele beija muito bem.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...