1. Spirit Fanfics >
  2. Caro vizinho pervertido >
  3. X9

História Caro vizinho pervertido - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Opa olha nois aqui de Novo galero

Capítulo 2 - X9


Fanfic / Fanfiction Caro vizinho pervertido - Capítulo 2 - X9

Depois de estar vestido e finalmente com as pernas depiladas, eu me encontrava agora sentado em cima de duas almofadas enquanto observava meu novo vizinho.

Ele continuava arrumando suas coisas de forma despreocupada, enquanto cantava lá alguma música fazendo sinais com as mãos. Vi ele caminhar até a janela e quase chorei quando ele fechou as cortinas.

Eu precisava saber quem ele era.  Definitivamente esse cara chamou minha atenção... E eu quero saber quem é! Eu até já sei com quem falar pra saber informações! Com aquele que sabe de tudo... Vê tudo... Aquele que é...

(...)

-Ora, ora.- Yoongi sorriu debochado enquanto se escorava em sua porta- Quem diria que um dia eu veria Jimin batendo na minha porta.

Min Yoongi era os olhos e ouvidos desse lugar, ele se auto chamava de "O informante" já eu, gostava de chamar de "O fofoqueiro". E obviamente eu e ele não somos os melhores exemplos de vizinhos amigáveis, nós somos como.... dois rivais. Não nos odiamos, não! Mas também não nos amamos. E como essa rivalidade começou? Bem...

*****

Eu nunca fui muito bom com esportes, sempre corria cinco minutos e já estava escorado sem ar em algum canto. Mas naquele domingo, eu peguei uma bola de basquete para treinar meus dotes esportivos, vulgo os que não existem.

E a prova disso sou eu deitado no chão da quadra jogando a bola pra cima e pegando ela de volta. Sem ânimo pra levantar e ficar arremessando ela na cesta enquanto corro pela quadra igual barata tonta.

-Se você não vai jogar, não fica no meio da quadra! Tem gente querendo jogar caralho! - ouvi alguém resmungar e ergui o olhar encontrando um garoto me olhando sério. Mas quem esse idiota pensa que é?

-E desde quando você é gente? - perguntei me sentando no chão

-O quê você disse? - ele perguntou sério.

-Além de ignorante agora você é surdo?- perguntei me levantando do chão.

-Mas o que... - o garoto bufou e puxou a bola da minha mão.

-Me devolve! - gritei e puxei a bola de volta.

- Eu quero jogar! - puxou de novo das minhas.

- Eu também quero! - voltei a pegar a bola.

-Você nem estava jogando! Tava deitado quem nem um cadáver no chão! - ele gritou e puxou a bola das minhas mãos de novo.

-O cadáver sou eu ou você?  Eu né! Então me devolve! - gritei já sem paciência e puxei a bola de novo. Só que dessa vez, eu acho que puxei forte demais, já que a bola voou e atravessou uma janela, quebrou.

Arregalei os olhos assustado e olhei pro garoto em minha frente que também tinha os olhos arregalados.

-Vou contar para o síndico! - dito isso, ele se virou com um sorriso sinico e saiu correndo.

-VOLTA AQUI SEU X9 DO CARALHO!

*****

Desde esse dia, a nossa convivência não tem sido uma das melhores, sempre que eu passo pela quadra quando ele está lá, ele "acidentalmente" sempre me acerta com uma bola na cara ou em outro lugar e quando eu passo pelo apartamento dele (que é no mesmo andar que o meu, infelizmente) meu ombro "acidentalmente" bate na campainha  dele e eu saio correndo.

-Preciso da sua ajuda. - falo sério cruzando os braços.

-E o que te faz pensar que eu te ajudaria?- ele perguntou olhando para as unhas e eu respirei fundo.

Hora da ameaça!

-Simples, se você não me ajudar... - Sorri debochado olhando para os dois lados e logo aproximei meu rosto do garoto que fez uma careta pra mim- Eu vou contar para o Hobi que você tira fotos dele quando ele está na piscina.

-Co-como você sabe disso? - o garoto perguntou ficando três vezes mais pálido do que já era. Eu sabia! Meu gaydar nunca falha.

-Você não é o único observador deste prédio, Yoongi.- debochei - Então, você vai me ajudar, ou eu vou ter que chamar o Hoseok?

-Você não ousaria. - ele espremeu os olhos na minha direção.

-Ah não? - Sorri e me afastei dele parando no meio do corredor- J-HO...

-Tá! Tá! Eu te ajudo só cala essa boca! - ele exclamou se aproximando e tapando minha boca enquanto tinha as bochechas vermelhas.

-Obrigado. - sorri tirando suas mãos do meu rosto e entrei no seu apartamento deixando ele para trás.

- Folgado. - ouvi ele falar e me virei sorrindo pra ele.

- J-HOP....

-Para com isso cara! - ele gritou me interrompendo.

-Então quietinho. - murmurei cruzando os braços.

-Fala logo o que você quer! - ele falou me encarando sério.

- Não vai me oferecer nem um lanchinho?

-Aaaaa! Não tem lanche nenhum pra você! - ele bufou cruzando os braços.

-Ah não? - Sorri maléfico - J-HO...

(...)

-Esse bolo é muito bom Yoon. - falei manhoso sorrindo,  em seguida mordendo outro pedaço do bolo de chocolate, enquanto Yoongi me encarava sério do outro lado da mesa.

- Eu te odeio. - ele murmurou raivoso me fuzilando com o olhar.

-Aí quanto rancor. - resmunguei com a boca cheia de bolo.

- Fala de uma vez o que você quer saber droga! - ele implorou fechando os olhos e juntando as mãos.

-Quero saber sobre o novo vizinho do apartamento da frente. - confessei depois de engolir outro pedaço de bolo - Absolutamente tudo!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...