História Carousel (VMin) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Boyxboy, Cutelove, Fanfic, Fluffly, Hoseok, Jimin, Lemon, Suga, Taehyung, Taemin, Vhope, Vmin, Yaoi, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 113
Palavras 1.120
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


n/a: estou eu aqui de novo para falar que , este capítulo pode ser o penúltimo dessa fanfic.

Capítulo 4 - Burn;;


Fanfic / Fanfiction Carousel (VMin) - Capítulo 4 - Burn;;

Após ver Yoongi, não consegui ver mais muita coisa a não ser, ser falso com meu próprio irmão adotivo.
— Olá, meu rei - Estendi a mão para o mesmo que a apertou um tanto forte.
Vi Hoseok passando a mão pelas minhas costas , e indo ao lado de Yoongi beijando ele rapidamente.
— O que te trás aqui ? Uma pessoa do reino do "filho do mal" não são bem recebidos no meu reino, mais como meu irmão quase de sangue veio, a gente o recebe no castelo - Disse o mesmo andando para perto de uma fonte.
— Bem, eu tive uma missão do meu príncipe sobre uma aliança entre os reinos - Vi o mesmo soltar uma risada gostosa de ser ouvida , mais ao mesmo tempo irônica.
— Acha mesmo, que eu vou me juntar com a "filho do mal"? - Senti minhas mãos quase fechando para dar um soco em Yoongi mais me segurei.
— Começando , ele não é filho do mal, ele é um ser humano, que eu o amo - Quando disse aquilo Yoongi sorriu de canto e foi até meu ouvido com uma voz rouca é grossa
— Você se apaixonou pelo inimigo meu querido irmão, agora saia, seu cheiro é igual ao daquele menino - Eu podia jurar que eu iria bater no Yoongi mais Hoseok me impediu.
— Não vale a pena lutar contra ele, ele é um cabeça dura - Hoseok me deu um beijo na bochecha e foi andando atrás do Yoongi.
Percebi que falhei em minha missão.


1/2 depois 


Acabei de chegar de viagem e percebi que as coisas estavam diferentes, o clima estava mais tenso, mais pesado.
Entrei no quarto de Jimin, sem bater, apenas por conta do meu mal pressentimento.
— Meu príncipe ? - Disse olhando ao redor e vendo hyuna com um pequeno pote em suas mãos, quando a mesma me viu, ficou um pouco um tanto assustada.
— O que faz aqui ? - Hyuna disse com receio em sua voz é estava um pouco trêmula.
— Devo perguntar isso a você senhora Kim Hyuna - Disse com os braços cruzados encarando a mesma , e percebi que a mesma iria correr e então segurei seu pulso.
— Ainda não respondeu minha pergunta - Disse apertando mais forte o pulso da mesma.
— O que está acontecendo aqui ? - Disse Jimin entrando no quarto com os braços cruzados nós encarando.
— Eu estava preparando seu jantar meu príncipe - Disse Hyuna com um sorriso falso no rosto.
— Mais já está feito ? Então saia do meu quarto agora Hyuna - Hyuna sem pensar duas vezes saiu do quarto e vi Jimin se sentando encima da mesa que havia em seu quarto.
— E você ? - Jimin disse olhando para o jantar que Hyuna havia trago.
— Meu príncipe, deixa eu ver essa comida antes ? - Vi meu príncipe assentindo , então eu peguei e dei para um dos nossos passarinhos, que morreu a passar de 4 minutos.
— Aquela puta tentou me envenenar  ? - Olhei para Jimin e suspirei pesadamente assentindo.
— GUARDAS PRENDAM KIM HYUNA, ELA TERÁ… PENA DE MORTE - O grito de Jimin foi tão alto que até o outro reino poderia ouvir.
Jimin podia ser rígido, ruim, mais ainda era o meu príncipe e eu sou seu servo leal.
Naquela noite, depois de eu vestir Jimin, e ver ele se deitar, o mesmo segurou a manga da minha blusa.
— Tae, Pode me prometer uma coisa ? - Disse Jimin com uma voz fofa de sono.
— Qualquer coisa meu príncipe - Encarei Jimin , desci meu olhar para seus lábios e logo após voltei a encarar seus olhos.
— Não me traia, não fique contra mim , nunca .. me promete ? - Jimin me encarou e suspirei pensando.
— Mesmo que todos no mundo, fiquem contra você, eu estarei aqui meu príncipe, apenas continue sorrindo - disse e Jimin corou muito com minha fala,e eu despejei um beijo calmo no canto de sua boca.


No dia seguinte.


Hoje era o dia da morte de Hyuna, Jimin queria que a queimassem viva, na frente de toda a cidade, como prova de "não tenta matar o príncipe" , eu visitei Hyuna antes de tudo aquilo que eu estava vendo.
— Por que você tentou envenenar Jimin , Hyuna ? - Disse me agachando na frente da cela da mesma.
— Você acha que eu queria fazer isso ? Taehyung, ele é um louco - Hyuna disse e eu me levantei dizendo.
— Pode ser louco mais , é o louco que eu amo.
Passadas algumas horas, era hora de ver o fogo reinar, vi Hyuna se debatendo contra uma tora de madeira , com seus braços amarrados para trás, e a mesma com uma venda.
O público que estava vendo, estava com uma cara de assustado, apavorados, estavam com medo…
Os gritos de Hyuna sendo queimada, era tão perturbadores, seriam o som que eu nunca deveria ter escutado.
Os gritos finos dela, iriam me pertubar pelo resto da vida.
Após todo aquela cena, vi Jimin sentado na mesa com um papel na mão, e balançando o papel de um lado para o outro como se estivesse apenas me esperando.
— Você disse que não iria me trair - Jimin disse cruzando os braços e eu fiquei confuso com tudo aquilo.
— Você vai mata-lo - Quando eu entendi do que se tratava o assunto eu apenas abaixei a cabeça e assenti.
— Me promete ? Me promete que vai matar ele ? - Jimin pegou minhas mãos e me encarou selando devagar nossos lábios.
Nossos lábios entraram em perfeita sintonia, os lábios macios dos mesmo, era tão gelados, mais tudo aquilo era como se fosse um sonho pra mim.
— Me promete ? - Disse Jimin mordendo os lábios após nosso beijo.
Eu assenti calmamente , dando mais um selinho nos lábios do mesmo.


Quando eu cheguei no reino do Yoongi , fiquei a procura de Hoseok, não poderia mentir, eu sentia afinidade por ele, mais como meu príncipe ordenou, eu irei fazer.
Segui Hoseok até um beco escuro, é quando o mesmo me viu, sorriu inocente e veio me abraçar.
Minhas mãos estavam trêmulas junto com a faca, que coloquei no coração de Hoseok quando veio me abraçar.
Pela primeira vez eu me perguntei "por que as lágrimas não param de cair"?
Hoseok estava morto na minha frente, eu apenas sai dali chorando.


Mal sabia eu que Yoongi havia achado o corpo…
É mal sabia que a ira tomaria conta de tudo e de todos…
É que uma rebelião iria começar….



Notas Finais


É aquela típica frase : FUDEO PART2
desculpem por matar a Hyuna :v
~Unii 👀✌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...