História Carrossel - After The Movie - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Adriano Ramos, Alícia Gusman, Bibi Smith, Carmen Carrilho, Cirilo Rivera, Daniel Zapata, Davi Rabinovich, Jaime Palillo, Jonas Pallilo, Jorge Cavalieri, Kokimoto Mishima, Laura Gianolli, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Paulo Guerra, Personagens Originais, Valéria Ferreira
Visualizações 390
Palavras 939
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


BOA LEITURA!

Capítulo 7 - Capítulo 7


Jorge e Margarida entraram na sala de música,e não encontraram ninguém.

MARGA:"estamos atrasados" tem certeza,Cavalieri? - Perguntou,vendo o loiro revirar os olhos.

JORGE:eu pensei que estava na hora...

MARGA:mas não está... - Sorriu.

JORGE:agora vamos esperar... - Sentou.

Margarida viu um violão e pegou.

JORGE:você sabe tocar? - O loiro perguntou.

MARGA:sim. Eu aprendi quando morava no interior. - Ela sorriu encarando o violão.

JORGE:caipira como sempre... - Revirou os olhos.

MARGA:obrigada pelo elogio,Jorge! - Sorriu,enquanto Jorge baixou a cabeça.

Os dois ficaram em silêncio. Jorge encarava o relógio que tinha no pulso,e Margarida o violão.

Logo se escutou uma melodia... Era Margarida tocando.

"Mapeei a dedo tuas sardas,contornei sem jeito tuas linhas,que te entregam e desvendam o melhor em ti..." ela cantarolou um trecho de "Fica - Anavitoria" e o loiro encarou ela.

"Me perdi no céu das suas pintas,me encontrei no céu da tua boca,tu é labirinto, rua sem saída,me rendi a tua alma nua,vem cá..
." Ela continuou,e o Cavalieri sorriu encantado.

"Congela o teu olhar no meu,esconde que já percebeu,que todo meu amor é teu amor..." Ela sorriu,enquanto o loiro sorria.

"Então vem cá,que nós, até Caio escreveu,parece que nos conheceu,em mel e girassóis te peço, só te peço..."

"Fica,fica, me queira e queira ficar,fica
Fica,me queira,queira..."


"Mapeei a dedo tuas sardas,viajei nas suas entrelinhas,que te entregam e desvendam o melhor em ti..." O Cavalieri cantou,e a moça arregalou os olhos.

"Me perdi no céu da sua boca,me reencontrei nas suas curvas,você é labirinto, rua sem saída,me rendi a tua alma nua, vem cá..." a Garcia cantou.

"Congela o teu olhar no meu,esconde que já percebeu,que todo meu amor é teu amor..." Jorge sorriu para ela.

"Então vem cá,que nós, até Caio escreveu
Parece que nos conheceu,em mel e girassóis te peço, só te peço..."
Ela completou.

"Fica,fica, me queira e queira ficar,fica
Faz o que quiser de mim,contanto que não falte tempo pra me amar"
Os dois terminaram de cantar juntos.

Eles estavam um bem próximo do outro,e o loiro pegou na mão dela.

JORGE:Margarida,eu... - Ia falar,mas foi interrompido pela porta que foi aberta.

CAH:acho que atrapalhamos o casal. - A garota de óculos falou,e todos os amigos entraram.

PAULO:a caipira e o engomadinho? Essa é nova! - Falou provocando.

JORGE:não tão nova como o Mário e a sua irmãzinha! - Rebateu irônico.

PAULO:como é? Seu... - Ia para cima do Ayala.

ALLY:Paulo! - Segurou ele.

PAULO:mas morena... - Ia falar,mas ela não deixou.

ALLY:depois a gente conversa melhor...

VAL:mas a Marga não estava com o Jaime,não?

MARGA:eu e o Jaime somos amigos,a gente só ficou uma vez,nada demais...

JORGE:e mesmo que tivessem algo,poderiam ficar tranquilos,eu não quero nada com essa caipira! Pessoas da classe dela,não ficam com pessoas da minha! - Falou com expressão de nojo,e Margarida baixou a cabeça.

ALLY:sempre nojento... - Falou irritada.

RENÉ:cheguei alunos! Bom dia! - Falou todo animado entrando na sala.

ALUNOS:bom dia!

RENÉ:hoje,eu vou ouvir todos... Juntos,cantando uma só música.

JORGE:palhaçada... - Revirou os olhos.

RENÉ:vamos começar? - Perguntou,e ninguém respondeu. - Vou encarar isso como u "sim". Podem começar! - Ele começou a tocar violão,e eles começaram.

"Estava à toa na vida,o meu amor me chamou
Pra ver a banda passar,cantando coisas de amor"
Giovanna começou.

"A minha gente sofrida…despediu-se da dor" Jaime prosseguiu.

"Pra ver a banda passar,cantando coisas de amor" A loira continuou.

"O homem sério que contava dinheiro parou..." Carmen.

"O faroleiro que contava vantagem parou..." Foi a vez do Zapatta.

"A namorada que contava as estrelas,parou para ver, ouvir e dar passagem..." Carmen novamente.

"A moça triste que vivia calada sorriu..." Davi.

"A rosa triste que vivia fechada se abriu,e a meninada toda se assanhou..." Maria Joaquina.
 
"Pra ver a banda passar… Cantando coisas de amor..." Daniel.

"Estava à toa na vida,omeu amor me chamou,pra ver a banda passar,cantando coisas de amor..." Carmen.

"A minha gente sofrida,despediu-se da dor..." Daniel.

"Pra ver a banda passar,cantando coisas de amor..." Giih.

"O velho fraco se esqueceu do cansaço e pensou..." Cirilo.

"Que ainda era moço pra sair no terraço e dançou..." Paulo.

"A moça feia debruçou na janela…pensando que a banda tocava pra ela..." Maria Joaquina.

"A marcha alegre se espalhou na avenida e insistiu..." Cirilo.

"A lua cheia que vivia escondida surgiu..." Maria Joaquina.

"Minha cidade toda se enfeitou..." Jaime.

"Pra ver a banda passar cantando coisas de amor..." Maria Joaquina.

"Mas para meu desencanto,o que era doce acabou..." Carmen.

"Tudo tomou seu lugar…depois que a banda passou..." Jaime e Carmen.

"E cada qual no seu canto,em cada canto uma dor..." Giih.

"Depois da banda passar,cantando coisas de amor,depois da banda passar,cantando coisas de amor..." Cirilo e Maria Joaquina finalizaram.

RENÉ:parabéns! Vocês tem afinidade juntos! - Sorriu.

Alunos:obrigado professor!

RENÉ:podem ir... E não esqueçam de ensaiar. - Sorriu,e eles saíram.

JAI:oh loira! - Jaime chamou Giih.

GIIH:oi!

JAI:eu vou hoje?

GIIH:sim. 16;30,você tem meu endereço... - Falou,e saiu.

"Não acredito que vou ter que aturar essa loirinha nojenta,e mimada!" Ele pensou.

"Não acredito que vou aturar esse ogro,mal educado!" A loira pensou,e revirou os olhos.

~*~

Maria Joaquina estava sentada lendo um livro.

CIRILO:oi... - Falou sentando ao lado dela.

MJ:o que você quer?

CIRILO:conversar...

MJ:você não percebe que está me atrapalhando? Eu quero ler,garoto!

CIRILO:eu só quero conversar...

MJ:vá conversar com quem quer falar contigo,porque eu não quero! - Respondeu irritada.

O Rivera apenas levantou,e saiu.
 
Do outro lado do pátio,Carmen apenas observava tudo,incrédula.

DAN:o que foi,nerdzinha? - O Zapatta perguntou dando um selinho estalado nela.

CAH:eu preciso conversar com a MJ...

DAN:vá lá... Mais tarde eu apareço na sua casa... Te amo!

CAH:também... Te amo! - Deu um selinho nele,e saiu.




Notas Finais


Até a próxima...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...