História Carruagem- Taekook - - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V)
Tags Jungkookbottom!, Seme! Kim, Sexo Sádico, Taehyung!top, Uke!kookie sacanagem
Visualizações 55
Palavras 739
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O nome da musica é carruagem/ Hungria


Leiam escutando a música recomendo ✅

Boa leitura

Capítulo 1 - One-shot " demônios sexuais"



Kim estava sentado em uma mesa distante observando cada pessoa presente no bar que frequentava poucas vezes.


Até um certo garoto sentar em  uma das mesa próxima há si.


Meu pau deu sinal assim que suas nádegas foram de encontro com a cadeira.


Ah eu queria ser essa cadeira pra foder aquela bundinha gostosa. Sim o kim é um tarado.


- pós não?


- trás mas uma dose dessa pra mim e leva esse bilhete para aquele garoto de roupa colada e olhos escuros.


- sim, senhor.


"Você apareceu, a química bateu o clima esquentou, você me derreteu."


"Tão sozinho, por que?"


"Ninguém pra conversa"


"Um é ímpar, três é ímpar mas nós dois é pa."


Caminhou o Kim até sua presa. Sentando de frente pra o garoto de madeixas castanhas.


- Olá garoto de olhos bonitos e nádegas chamativas.


Sorrindo o Kim ao ver este arregalar os pequenos olhos. Não deixou esse falar e continuou.


- e essa sua roupa me atiça ainda mas. Eu imagino esse seu corpo e o que ele é capaz.  

Lê o bilhete com carinho e pensa na proposta.


Passa a língua sobre seus dentes e aponta pra o bilhete na mão do castanho. Este que mordeu os próprios lábios.


- e se entrar na carruagem eu já sei a resposta.



"É garoto de postura o verdadeiro baby"


"De mão dada na rua, pede tapa na cama" 


"E se rolar a sacanagem ninguém vai saber.


"Vai ser um trio: você e eu e o puro prazer"





                       [........]




O Kim estava a loucura, se sentido privilegiado por ver a cena seguinte:


Com o garoto chamado Jeon Jungkook empinado, braços presos, pernas abertas. Gemendo manhoso seu nome.


- fode, fode Kim.


- calma, amor, eu não vou só foder você, assim como vou deixar ti sem andar por semanas bebê.


Segurando a cintura fininha com a grandes mãos penetra seu pau no ânus apertado do garoto abaixo de si, oh. Sim, o Kim vai fode-lo até desmaia.



Jungkook se encontra em estado deplorável, cabelos bagunçados. Corpo marcado. Suado, cansado, mas mesmo assim o prazer fala mas alto. Quicava no Kim com força e precisão. Estava tão necessitado do pênis do outro. Ah, e que pênis. Não sabe ainda como seu buraquinho consegue com o enorme e grosso pau do loiro. 


Rebolando com as mãos apoiadas no peito do de pela acobreada. Não sabe quantas vezes já atingiu seu limite naquela noite. Se era noite ainda, foderam de quatro, de lado, de frente, de costas e agora estava sentado pela terceira vez no colo do Kim. Que gemia rouco e sussurrava coisas obcenas para o castanho que se atiçava ainda mas em quicar.


Cansado da posição. O Kim carregou o corpo mole do mesmo até a parede gélida. E volta com sequências de estocadas. Fortes. Rápidas e fundas. Queira gozar pela sétima vez. Necessitava gozar.


 Um gemido alto e agudo foi ouvido mas uma vez naquela madrugada. Sendo que com o corpo do Jeon mole. O mesmo tinha gozado. Gemeu manhoso por esta sensível e ainda ser estimulado de forma brusca pelo Kim que com 4 estocadas gozou como nunca tinha gozado antes, gemendo alto feito um doido e olhou para o castanho sorrindo sádico. 


- gostoso.


Sussurrou o Kim deitando ambos corpos suados e sujos de gozo. Levantou deixando pra trás um corpo do outro sonolento e exausto. Limbou a entrada não tão mas apertada do mesmo. Sorriu e deitou ao lado de quem o encantou assim que entrou pela porta e sentou na mesa perto de si.


- você acabou comigo, Kim. 


- desculpa bebê mas quando eu fodo eu gosto do estrago. Sabe.


- com certeza eu sei....e agora cada um segue seu caminho?


O Kim sentiu seu coração bater forte ao escutar tal frase. Não queria mas o castanho longe de si. Poderia está apaixonado?. Um aperto no peito ao encarar os olhos cheios de lágrimas do Jeon.


- não, bebê. O único caminho que você vai seguir será ao meu lado, agora.


Dando beijinhos pelo pescoço marcado do mesmo roçando sua semi ereção no mas novo que suspirou e o olhou cansado mas sorrindo


- oitavo roud?


- meu corpo é todo seu Kim. Seu maldito do pau enorme


Se pôs em cima do loiro o beijando com luxúria. Parece que os dois são os demônios sexuais. Além de sádicos, prazer nunca acaba. mesmo depois de várias fodas.



Isso não é só tesão


Nem atração.


E sim. Um





"Romance de bar"



Notas Finais


...............


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...