História Carta,para o Céu - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 6
Palavras 647
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Diretamente da Terra para o Céu (Saudade)


Fanfic / Fanfiction Carta,para o Céu - Capítulo 1 - Diretamente da Terra para o Céu (Saudade)

    SAUDADE

É algo difícil de se falar mas as vezes quando sinto esse sentimente, lembro-me especialmente de meus Avós, sinto saudades deles, apesar deles já terem morrido a saudade apenas aumentou, quando eu era criança, ouvia muito outras crianças dizerem o quanto é bom ter avós na vida deles e etc...

Eu me sentia triste e ate o hoje sou assim, fico magoada e até as vezes choro, mas algo me mudou.

Lembro-me que na época eu tinha cerca de uns 6 anos, não entendia bem como a morte era, e o porque tinha que acontecer com pessoas tão queridas nossas, era como se do nada você estivesse bem sorrindo com eles e uma doença os atinge, e de repente você não os vê mais sorrir como antes, então eles se esquecem de você, e dali 1 ano com isso, voce descobre que eles foram morar com Deus, era o que minha mãe me dizia, dizia que eu não poderia mais ver eles, eles tinha ido morar com Deus, mais que sempre estariam nos vendo lá de cima.

Com o tempo eu fui crescendo e ouvindo sempre de outras crianças o quão bom era estar com os avós deles, eu escutava e então saia de perto ficava sozinha em algum lugar onde eu não pudesse escutar mais sobre a vida daquelas crianças ,como podia elas sempre terem os avós delas com elas e eu, sem nenhum ,os dois Avós paternos morreram depois de anos sofrendo em cima de uma cama de uma doença fatal e sem cura, quando os ia visitar, não os via mais sorrir para mim, a noite quando ia dormir ele gritavam para meus pais irem até eles ,eles já não podiam mais caminhar como antes e precisavam de ajuda, depois de um tempo, eles faleceram ,então eu ainda tive meus avós maternos ,mas eles moravam longe e não os podia ver sempre, mas quando os via sempre era bem tratada também, não tinha o que reclamar.

Então houve um tempo em que, meu avô materno estava com câncer e que a partir dali ele deveria ficar no hospital, então mais uma vez eu não via meus avós sorrirem e ficarem bem,então dali algum tempo, descubro que meu avô materno também morreu,apenas ficou minha avó materna, quando ela veio morar na mesma cidade que a minha fiquei super feliz, eu até já estava tentando esquecer sobre os acontecimentos que havia passado, mas aiii minha avó parou de vir nos visitar queria mas uma vez, fiquei sem eles ,porque mesmo quando eu vai minha avó ,já me sentia feliz, era como se eu visse os outros meus avós ali também ,mas com tempo as vinda dela a minha casa ficou mais rara ,até ela ficar meses sem vim nos ver.....

Eu desde que aprendi a escrever, a compreeder melhor, a falar ,a andar ,desde que eu era criança eu ja tinha isso em mente, então comecei todas as noites não só a rezar, mas também a rezar pelos meus avós e pedir que eles sempre me protegessem lá do céu a minha e a minha,família, pedia que minha avó materna viesse me ver e ver minha família, mais vezes, eeee acho que minhas orações foram ouvidas.

Hoje tenho 15 anos e eu tenho minha avó mais

perto de mim do que nunca, quando ouço pessoas dizerem sobre seus avós,seja meus amigos,eu também posso dizer que moro com minha avó, e que eu a amo muito, e que somos uma família muito unida,e eu a Amo, e todos os dias eu a vejo Sorrir ,e como é bom ver o sorriso dela!

     Obrigada:Avó e Avô paterno e Avô materno por me proporcionar mais uma vez o quão bom e estar com minha Avó que sorrí e que sabe o valor da vida,minhas orações foram ouvidas,Obrigada!! ,com muito amor de sua neta.😘

Diretamente da Terra para o Céu!😊


Notas Finais


😪❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...