História Cartas para Chanyeol - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, Personagens Originais
Tags Drama
Visualizações 12
Palavras 501
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu estou bastante ansiosa com o que vai sair dessa fanfic que vai possuir duas versões: a original (hetero) e a com algum shipper da preferência de vocês leitores.
Tenham uma boa leitura.

Capítulo 1 - A única carta.


"Querido Chanyeol.

Venho por meio desta breve carta, na qual fiz com bastante carinho, lhe dizer algumas coisas que talvez, só talvez, te deixe com o sentimento de culpa, por isso estou esclarecendo que não é minha intenção. 

Meu amor, nunca vai ser minha intenção te deixar com dor na consciência. 

Mas eu preciso te contar o porquê de ter uma faca pronta pra cortar a minha garganta ao lado de minha mão esquerda neste momento, afinal, você merece saber. 

Sim, eu sei que você é um lobo, sim, eu sei que você é um alfa. Sim, eu sei que você é um alfa que matou outro alfa para ser o que é hoje. 

Sim, eu sei que o alfa era meu pai, mesmo que eu nunca tenha o visto, eu sabia que era ele.

Você sabe que eu sei.

Por isso você foi embora com outra mulher. 

Uma mulher da sua espécie.

Não te julgo meu amor. Nunca vou te julgar. Eu sabia desde o começo que não seria o suficiente para você, mas o que eu posso fazer se meu coração gosta de me pregar peças?

O que eu posso fazer se eu sabia desde o começo que o nosso amor era apenas uma brincadeira para você atrair meu pai e o mata - lo?

O que eu posso fazer se sou apenas uma humana inútil que não é capaz de ser o suficiente pra você? 

Nossas noites de amor sempre foram resumidas em você me esgotando totalmente quando estava em seus 'cios' e dizendo que precisava de mais, mas mesmo assim, eu nunca deixei de te amar.

Nunca vou deixar de te amar.

Vou morrer te amando.

Por isso estou escrevendo essa carta, mesmo que ela corra o risco de nunca ser lida por você, eu a estou escrevendo. 

Estou escrevendo porque precisava contar a algo ou alguém o motivo de eu tirar minha própria vida.

Estou escrevendo porque você além de tirar minha sanidade e todos os meus amigos, você tirou minha vontade de viver.

Mas amor, a culpa não é sua.

A culpa é minha por não ter sido o suficiente para você. 

A culpa é minha por não suportar a licantropia em meu organismo e isso estar me matando.

Então, vamos fazer como nos velhos tempos e vamos criar uma cena em nossa cabeça, para que com isso, você possa não sentir o peso nos ombros de ter levado minha vida consigo, pois você sempre foi uma pessoa extremamente gentil, mesmo que tenha feito o que fez.

Imagine que um alfa louco tenha me mordido e que, por meu corpo inútil ser fraco, eu não suportei o vírus licantrope e morri.

Talvez assim, você não sinta minha morte.

Meu último pedido? Ah, você não vai gostar.

Por favor meu amor, ame alguém da forma que eu amei você."

━────── •●• ──────━

Ao terminar de ler a carta, Chanyeol havia jogado seu grande e pesado corpo no chão. 

Claro, ela não sabia o que havia acontecido, e por isso, apenas por isso, ele iria se culpar sim.

Chanyeol não era um monstro.

Ele apenas era um lobisomem.

 

Notas Finais


Bom, foi isso.
Se quiseres me dar alguma sugestão de couple para eu colocar na outra versão, é só me dizer.
Agradeço :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...