História Cartas para Jimin - Capítulo 1


Escrita por: e flwerhope

Postado
Categorias A Rainha Vermelha, Bangtan Boys (BTS), Beauty & the Beast, Big Bang, Shigatsu wa Kimi no Uso
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Incesto Entre Irmãos, Jikook, Lemon, Romance, Superação, Taeyoonseok, Yaoi
Visualizações 67
Palavras 1.164
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shounen, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capter one


Fanfic / Fanfiction Cartas para Jimin - Capítulo 1 - Capter one

Nunca pensei que AQUILO afetaria a minha vida, a minha relação e o meu convívio com a minha família.

Talvez seja por causados meus pecados, fosse os meus erros, mas o que ele tinha a ver com isso?

Nem me apresentei, o meu nome é Park Jeon Jimin,  32 anos, sou cirurgião no hearth's. Sou casado com o Jungkook a 18 anos e meio daqui a três meses iremos fazer 19 anos, temos dois filhos : Park Yoongin,  de 15 anos e Park Thaeyung também- são gêmeos.

Não que eu esteja aqui para contar quantos membros tem a minha familia, mas o que vem nos atormentando a um tempo. 

Eu, conhecido mais como o incrível Park - sim. Tive que fazer uma das coisas que nunca pensei na vida... Por exemplo.. Abrir o meu marido.

Abrir o seu marido? 

Sim, tive que fazer isso, foi uma sessão estranha, mas necessário. Era a nossa primeira gravidez. Estava tudo pronto para o nascimento deles. Bem.. Nem tudo. O Jungkook não estava .

21/02/2018

Bom, com oito meses, Jungkook sentiu a bolsa estourar e ligou para mim, avisando sobre o ocorrido. Eu, claro pedi que uma ambulância fosse lhe buscar. Alegre, nao pensei no que podia ter ocorrido algo tão grave com ele.

 Assim que entre na sala para a cirugia ,Jungkook estava entrando em crise, ele estava incrivelmente vermelho, suas íris castanhas estavam se tornando pretas em vários tons, algo estranho. Ele urrava como se tivesse sentindo dor, com se alguém tivesse o ominando. Corri até ele e o amarrei na cama, ele se balançava com esparmos. Eu estava desesperado! Adicionei anastesia ao seu sangue mas o mesmo continuava.

- o que iremos fazer?- perguntou Jin, meu omma que trabalhava comigo- ele não pode ficar assim!- ele me encarava seriamente- Jimin! Faça algo!

Eu queria correr, chorar ,gritar, beijar, fazer reviver o amor da minha vida e omma dos meus filhos. Afastei todos de lá e a única coisa que pude fazer foi colocar uma dose maior de anestesia- quase uma para dopar um cavalo.

Nem dilui no soro, coloquei direto no sangue. Assim ele se acalmou um pouco, mas ainda tremia.

- Jin! Cirurgia ,rápido antes que ele acorde, temos mais ou menos- analizei no relógio-55 minutos e 45 segundos antes que ele volte ao normal. Quer dizer em choque. Consegue?

Vi Jin concordar e ir pegar o material para a cirurgia, sai da sala acompanhado por Namjoon.

- só por que o seu marido está a beira da morte não significa que você tenha mandar em em mim ou me chamar pelo primeiro nome- me deu um tapa na minha cabeça- para você Omma Jin, omma ou mãe.

- sim omma-falei fazendo uma reverência.

- você sabe que ele não está bem, mas age como se tivesse controlando tudo.- disse Namjoon entrando e me encarando- filho, você não pode agir assim não.

- eu sei Nam, só que...Bateu desespero- falei passando a mão pelo cabelo, descorberto pela a touca um pouco antes- eu não podia perder o Jungkook. Você sabe, ainda que nós vamos ter bebês e...- fui interrompido por Jin, que agora estava afoito.

- rápido, venha! -Disse me puxando- ele prescisa de você- lhe encarei- ele está morren..

Nem deixei o mesmo completar. Corri para dentro da sala, encontrando duas crianças chorando, para ser mais específico dois meninos: um albino como olhos pretos e outro castanho- claro com olhos meio castanhos.

Praticamente os ignorei ao ver a pequena pessoa que eu mais amo, mais pálido que o normal, seus batimentos haviam parados, e os três médicos abaixo da minha patente estavam tentando reacorda-lo.

Três, seis,doze.

Mais de quinze reanimações, e nada eu estava mais preocupado que o normal, cheguei mais perto e examinei seu olhos: eles haviam voltado ao normal. Antes estavam meio que ossilando.

 Encostei meu ouvido próximo a seu sua respiração estava fraca, pedi que uma das infermeiras colocassem o mesmo com um tubo respiratório.

- Jin por favor, coloquem os meninos nas encubadoras, eu vou examinar o Jungkook.

- mas são o seus filhos po...

- eu tenho que salva-lo.- lhe encarei e o mesmo soltou um suspiro.

Passei mais quinze minutos, brigando com os meus pais, que queriam que queriam que eu fosse ver meus filhos e deixassem ele cuidarem dele.

- vou e vou, nem que eles morressem por eu não estar lá. Agora com licença.- pedi e voltei para perto de Jungkook que continuava pálido, com os lábios fininhos- você não pode e nem deve morrer, não para me abandonar aqui ouviu?

Silêncio. Coloquei em seu rosto a máscara de oxigênio de volta no seu rosto.

- bom... - sorriu morto para o vento-.. Irei ter que me  acustumar com o seu silêncio, Kookie.

Deu um beijo sigelo na testa fria do seu rosto e sai timidamente da sala.

O que eu não notei foi a pequena lagrima no seu olho esquerdo e suas palavras de dentro da máscara.

- dó-i jiminie doi m-muito- falou em um sossurro indescritível- e quando você está longe doi bem mais.. Volta J-jim-mim.

Meu corpo dói.

01/03/2018

Não tinha conseguido dormir bem, estava cansado e preocupado com ele, deixei os meninos com Jin, e só fui trabalhar, cheguei no hospital dei bom dia ao pessoal e fui para a sala do Jungkook, que se encontrava ainda deitado com uma enfermeira- amiga da família- Sook.

- ele  já está melhor Jimin, OK?- concordei - está conseguindo comer sozinho agora, também depois de 4 semanas... É melhor te deixar a sós - concordei confirmando os resultados.- ele ainda não pode levar sustos por causa do choque.

- obrigada Sook, pode ir mais cedo para casa hoje, você aparenta estar mais cansada que eu.

- eh..- coçou os fios ruivos presos- agradeço, sr. Park, é uma honra trabalhar com você, bom é melhor eu indo- falou passando a mao pelo uniforme branco do trabalho- cuide bem dele viu? Ah! Aqui está o relatório do primeiro dia, até amanhã.

Pisquei para ele e a mesma rubonizou. Muitos de fora se nos visse como agora, pensariam que eu tenho um caso com a mesma, mas nós nos tratamos como irmãos e ela - é yuri( lésbica). E eu amo o Jungkook demais para fazer algo tão descarado assim.

Lhe dei tchau com a mão como comprimento, e a mesma mal correspondeu ; já estava longe mesmo.

Sorri bobo. Ela é legal demais para existir.

Entrei na sala e vi o meu amor sorri  para mim, bem fraco.

- oi - valeu me aproximando devagar dele, sentando no seu lado e peguei em seu braço gélido,- como você está?

Ele me encarou seriamente e friamente- nunca tinha me olhado desse jeito. Até me assustei.

- temos que conversar seriamente Jimim- falou pegando a sua outra mão livre e levantando manga do seu casaco, mostrando um desenho parecido com uma árvore de sakura, esculpidos no seu braço - hoje, agora e sem demora.

Suspirei fundo e pesado.

Peguei o relatório e abri vendo algumas anotações, como mudance de pressão e sangue, mas logo notando  uma anotação nada comum dos dia-a-dia.





Acho que descobrimos uma nova doença, Jimin

Uma doença totalmente estranha e 

Completamente fora de controle , espero somente que

Consiga descobrir o que seja.

Sook-Min💜



Notas Finais


Essa é uma Fic de superação e bem legal.
Com algumas cenas tristes😥, outras ousadas😏 e algumas até alegres😂. A ft da doença no braço dele é essa OK?
Bom, espero que gostem
Ilove-jikook💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...