História Cartas para Jimin - Capítulo 2


Escrita por: e flwerhope

Postado
Categorias A Rainha Vermelha, Bangtan Boys (BTS), Beauty & the Beast, Big Bang, Shigatsu wa Kimi no Uso
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Incesto Entre Irmãos, Jikook, Lemon, Romance, Superação, Taeyoonseok, Yaoi
Visualizações 27
Palavras 1.224
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shounen, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente eu peço que quando lerem o cap ouçam a música Loveya - SS501.
Espero que estejam gostando.

Capítulo 2 - Capter. Two


Fanfic / Fanfiction Cartas para Jimin - Capítulo 2 - Capter. Two

Anteriomente

Entrei na sala, vendo o amor da minha vida sorrindo para mim, junto com Sook.

- aqui está o relatório do dia - disse meio triste- bom... Eu já vou indo.

Agradeci, e vi o conteúdo do mesmo , que continha algumas anotações como,mudança de sangue e pressão mas , no final do mesmo algo nada comum.

( imagem acima)

Agora

- O que é isso Jiminie?- perguntou o Jeon a minha frente- é como uma droga, viciantemente bom.

- isso o quê?- perguntei confuso - do que está falando Kookie?

- disso - falou subindo a manga da sua camisa- você sabe o que é isso?

Encarei espantado para o seu braço esquerdo, a mesma que continha a nossa aliança, tinha um desenho parecido com uma árvore de sakura no braço, feito com suas veias e as pétalas pareciam ser seu sangue.

Eu estava espantado, agora entendi o que Sookmin quis avisar no relatório.

- É.... é incrível! - falei lhe encarando - isso é extremamente incrível Kookie!

- aonde você está vendo incrível nessa merda?- falou indignado- você acha que isso não doi não?

- perdão, - falei me reconpondo - como você está?

- agora sim.... Estou bem- parou um pouco para pensar- mas eu vi isso hoje com sook- falou se virando e retirando a camisa- aish, não acredito que você ainda fica corado quando eu tiro a roupa na sua frente- sorriu - bobinho!

Revirei os olhos e vi algo ainda mais estranho. Tinha uma árvore de sakura maior ainda nas suas costas. Eu passei a mão sentindo a derme das suas costas macias.

- Acho que..- começou o mais novo -..é isso que está fazendo eu ficar doente. Por exemplo , ontem de noite eu fiquei enjoado e vomitei no banheiro, saiu muito sangue- falou com a voz embargada, parecia estar chorando - caiu mais uma pétala do meu pulso Jimin - ele deixou as lágrimas cair tremendo- dói, dói muito Jimin, ainda mais quando você está longe.

Eu só escutava, ele estava sofrendo por minha causa.

- Sook min, ficou comigo a noite toda- falou puxando mais ar, já que o mesmo estava soluçando- coitadinha não dormiu por minha causa, você sofre por minha causa, por tudo isso que está acontecendo.... E doi Jimin, doi ainda mais quando coloca para fora.

Eu lhe abracei, não forte, mas o suficiente para ele  saber que eu o amo.

- Não se preocupe, coloque a sua dor sobre mim, não tenha medo bote tudo para fora.

Coloque sua dor 

Sobre mim, chore e me abrace

Não pense que te deixei, isso

Nunca

Chore meu amor

 como se não houvesse 

O amanhã


Me ame, me ame além do que você já amou

Ele chorava e gemia ,  seus olhos estavam ficando mais claros,saindo do seu castanho- escuro .

- pare de chorar Jungkook, isso não é culpa sua.....- falei - é nossa, pequeno e você sabe disso. Para de chorar, se for o que eu estou pensando isso no seu braço seja uma forma de você se afogar nas suas mágoas sem sentido.

Ele concordava e começou a tossir, e seu corpo começou a tremer.

Merda! Pensou Jimin Vai começar de novo.

- Jungkook, se acalme  - falei segurando seu rosto- se acalme, por favor.

Ele continuava a tremer, e a chorar, falava coisas como eu não fui um bom marido ou  eu sou inútil, não digno de ser chamado de Park.... Cara aquilo me irritava, para cacete, puta merda!

- se você continuar nesse escândalo idiota e imaturo, eu vou sair por aquela porta e lhe abandonar, fugir com os nossos filhos e deixar você sofrer até virar uma árvore- lhe encarei e o mesmo que agora a pouco estava chorando, me olhava espantado -  hum....funcionou, parou com o escândalo.

Ele bufou, cruzou os braços e me deu língua, eu não aguentei e lhe puxei para um beijo, que foi correspondido na hora, nossos lábios juntos se encaixavam perfeitamente um ao outro, ao passo que nossas línguas dançavam entre nossas bocas. 

Mas aquele beijo foi disfeito por vários selinhos demorados.

- senti muita saudade desses beijinhos - falei entre os beijos logo assim dando um final e colando nossas testas - eu sinto falta de você. Muita Jungkook, aquela casa está vazia sem os seus gritos, as suas brincadeiras, até os seus gemidos agudos aqueles que me  irritavam na hora que você estava assistindo aqueles doramas gays.

Ele riu.

- aqui também. Aqui é um silêncio, sem os seus gritos no banheiro, quer dizer quano você canta no banheiro-  fiz uma careta , e o mesmo sorriu- ou sem aqueles videos de medicina que você assistia no You Tube. Eu sinto falta de você.

-também-falei lhe encarando.

- quando é que eu poderei ir para casa?- disse por fim.

- quando eu descobrir o que você tem e estiver curado.

- mas por que ?- falou fazendo bico.

- porque - eu disse - se não eu não terei como brincar com você, cuidar de você.

- mas doi quando você está longe, doi pra caralho!

-olha a nova Jingkook- falei sério- mas se você quiser eu , depois do trabalho, durmo aqui com vc....

- mas e os meninos?- era primeira vez que Jungkook perguntara sobre os meninos- com quem eles vão ficar? E o meu nome é Jungkook, não Jungkook.

- vou deixa-los com Jin e Namjoon. E foi mal com o seu nome, me liga pegou no céu da boca.

Girou os olhos,como se o que eu dissesse não tivesse nenhuma importância; e de fato não tinha.

- mas... Eles deviam ficar com você.

- eu não posso ficar com eles ainda estou cuidando de vc, três é demais para mim.

Ele me encarou incrédulo e direcionou um tapa no meu rosto.

- por que me deu esse tapa?

- por que os filhos são seus! É de total responsabilidade sua cuidar deles, se não os quisesse não me engravidasse. - falou apontando o dedo indicador na minha cara - Mas que porra! É por que eu não estou em casa que não significa que você tem que fazer bem o que quer! Que droga!

- desde quando você xinga tanto? Aish, eu vou ficar com Taehyung e o Yoongi!

Ele me encarou.

- você escolheu os nomes sem mim?- agora não recebi um tapa ganhei um murro no nariz- puta que pariu Jimin!

- a senhora Park?- acho que foi uma hora errada de fazer piadinha- Jungkookie! Calma aeeeeeeeiiiii!!!!!!!!!

Recebi um tapa na minha cabeça, ele tem uma mão pesada.

- droga! Jimin, minha pres- falou ofegante - minha pressão está caindo.

Bom, ele não estava morrendo não, tava sorrindo, demônio. E eu quase perdendo a alma para o céu.

- tolo, rsrsr kkkkkkr caiu direitinho- perturbado dos inferno!- caiu igual banana estragada.

- idiota! Como eu fui tolo. Ainda depois de me bater , me xingar quase mandar eu ir para a lua que saiu voce.

Ficamos um bom tempo em silêncio. Sorri.

Novamente eu peguei no seu pulso, e vi a árvore, ela tinha duas pétalas verdes-azuladas caídas na outra extreminidade. Um galho da sua árvore estava meio que pendurada.

- como isso acontece Kookie? Como elas caiem?

- não sei Jimin, não sei - falou me encarando- só acontece, é como se minha vida tivesse indo aos poucos embora.

Ele ficou ,mais um tempo calado e depois eu ouvi fungadas.

Ele choramigava e eu sequei suas lágrimas.

- se for possível, ela nunca precisará sair do lugar.

Fiz um carinho no seu rosto, lhe abracei e sossurrei mais para mim de que para ele.

- será que tudo isso é culpa minha? Eu provoquei isso? Eu criei isso no meu marido?




Notas Finais


Oi espero que estejam gostando
hj de noite, cap novo
Um beijo,
Ilove-jikook💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...