História Cartas Para Maurílio dos Anjos - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Choque de Cultura
Personagens Julinho da Van, Maurílio dos Anjos
Tags Choquedecultura, Julinhodavan, Juliocesar, Mauriliodosanjos, Sprinterkombi
Visualizações 13
Palavras 228
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Entre Tapas e Beijos


Moreno,

Eu estava aqui lembrando das nossas brigas, as vezes tinham uns motivos bem bobos, né? Como aquela vez que eu cai no sono no meio de um daqueles seus filmes cabeça e você me acordou aos berros dizendo que eu não sabia valorizar o cinema de verdade, e nessa hora eu só conseguia pensar em como você era bonito até com raiva.

Teve aquela vez que você foi num evento com o Tony Ramos e me deixou te esperando em casa com o meu jantar a luz de velas pra comemorar nosso primeiro dia dos namorados juntos. Lembro que você chegou em casa e perguntou se a luz tinha ido embora, eu só queria socar a sua cara naquele momento Maurílio, mas aí você começou a cantar um pagode dizendo que ficou semanas tentando criar pra mim, dava pra continuar com raiva?

Eu sinto falta até dessas nossas brigas bobas, xuxu, até de acordar irritado porque você deixou a janela aberta com o sol na minha cara, ou porque você não deu banho na Brenda. Aliás, a Brenda sempre fica na porta com os olhinhos brilhando quando a noite chega, ela fica esperando pra ver se alguma hora você vai entrar pela porta da minha casa outra vez. Volta, por favor, a porta de madeira que você pintou de azul sempre vai estar aberta pra você.

Um beijo, Ju.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...