1. Spirit Fanfics >
  2. Cartas Para o Meu Amado >
  3. O pedido

História Cartas Para o Meu Amado - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - O pedido


Após a sua ida finalmente pude sentir  o quão rápido meu coração estava batendo e o quão tenso meu corpo corpo estivera com a tua presença. William puxou-me para a cozinha e me encheu de perguntas demonstrando está mais agitado que eu, abri o jogo e  falei ao mesmo tudo que aconteceu e o quão insegura e ansiosa aquilo me deixava, eu ainda te amava mas não queria me entregar...Meu príncipe, seus sentimentos não pareciam reais para mim e em minha visão eles iriam voar junto com o primeiro selar do vento em nossa pele.

Mamãe falou-me que eu deveria tentar e se não desse certo simplesmente deixasse ir, ela disse: "Pegue e não se apegue." Não negarei que quis fazer isso, contudo, meus sentimentos são intensos demais para não me apegar, meu emocional é frágil demais para ver alguém chegar e partir em pouco tempo.

Quando todos partiram me peguei pensando novamente em você, em seus lábios, em seu toque, das doces palavras que saíram da sua boca; Querido, você realmente desejava ter um futuro comigo? Você realmente gostava de mim? Você realmente queria ter uma vida comigo? Ou você estava simplesmente querendo algo carnal? Me perguntei isso diversas vezes antes de juntar o resto de coragem que possuía naquele momento para me "declarar'' para você, forcei-me a falar apenas o essencial sem aprofundar, talvez você tivesse se assustado se eu descrevesse o abismo que sentia por ti.

Quando disse que estava de coração aberto e disposta a ter um relacionamento contigo eu não mentir, mas escondi de ti todo o resto dos meus verdadeiros pensamentos. Mesmo que meu amor fosse grande por você, algo em mim sempre me lembrava em não partilhar da confiança contigo, meus pensamentos sempre buscavam deixar claro: Não confie totalmente, não se entregue novamente. Vá no seu tempo. Não posso negar que não sinto isso até hoje.

Depois que te enviei aquelas mensagens joguei o celular no canto e por mais que minha ansiedade almejasse olhar a tua resposta me obriguei a dormir mas falhei miseravelmente, pois quando olhei para o céu a escuridão já havia ido e a pequena luz do amanhecer já se fazia presente aquecendo meu coração, quando acordei não resisti e corri até o celular me deparando com as minhas mensagens não respondidas.

Senti meu coração estremecer e automaticamente pensei que toda aquela história deveria ser esquecida, que agi de forma proativa e que deveria te bloquear, entretanto, novamente William apareceu e disse que estava aguardando a resposta me obrigando a esperar ansiosamente com ele.

Ignorei aquela chuva de sentimentos e segui normalmente com o meu dia, até que às 14 horas e um pouquinho escutei meu celular tocar e vibrar de notificações e quando olhei quem era sem perceber segurei a respiração por segundos, você havia me pedido em namoro de uma forma tão simples, porém bela. Seu coração realmente estava em festa?

 Com amor,  seu bebê.


Notas Finais


Como vocês estão hoje, meus amores?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...