História Cartas para você. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark
Tags Eunha, Girlfriend, Got7, Jackson, Romance
Visualizações 6
Palavras 950
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tive a ideia dessa fanfic esta semana, e mesmo ainda tendo duas pra terminar -q, decidi postar esta kkk

Ela é bem fofa, prometo k

Eu to extremamente apaixonada por ela! E espero que vocês gostem <3

Capítulo 1 - Prólogo.


Fanfic / Fanfiction Cartas para você. - Capítulo 1 - Prólogo.

 

2005, China.

 

Inverno.

Havia neve em todos os lugares. 

Jackson estava impaciente por estar dentro de casa. Sua vontade era de estar ali, no parquinho da sua rua, fazendo bonecos de neve, mesmo que sozinho.

- Mamãe, me deixa sair pra brincar. Estou cansado de ficar aqui dentro. - inflou suas bochechas brancas, irritado.

- Jia Er, está frio lá fora. Você pode ficar resfriado. - alertou sua mãe, logo se deixando levar pelo rostinho fofo do seu filho. - Tudo bem, mas agasalhe-se mais e não demore. Daqui a pouco irei te chamar.

- Obrigado mãe! - pulou em seu colo, depositando um beijo em sua bochecha. - Prometo que não irei demorar.

 

 

 

Jackson fora até seu quarto, vestiu dois casacos bem quentes e foi direto para a área infantil brincar.

Chegando ao local, encontra apenas uma menina fazendo um boneco de neve.

- Oi! - Jackson fora cumprimentar a garotinha.

Ela para a sua construção e vira-se para o chinês.

- Oi. - Volta para o que estava fazendo.

- O que você está fazendo? - perguntou curioso, a fim de fazer amizade. O pequeno Jackson não tinha muitos amigos.

Ainda concentrada, respondeu sem olhá-lo:

- Um monstro de neve.

O pequeno chinês coçou sua cabeça confuso. 

- Um monstro? Você não tem medo?

Ela para de construir o boneco e levanta ficando quase da mesma altura que ele. A menina era um pouco menor.

- Claro que não tenho medo. - Coloca as mãos na cintura. - Eles são bem legais.

- Então tá!

- Aliás, você tem quantos anos?

- Tenho 6. Por quê?

- Tá muito velho pra ter tanto medo de monstros. Eu tenho 5 e não tenho medo.

- Hei! - Jackson ajeitou a postura para parecer grande. - quem te disse que tenho medo de mons...

A menina ri pelo nariz interrompendo o chinês.

- Tudo bem. Acredito em você. - Volta sua atenção para o boneco.

O pequeno chinês olha para o céu com as mãos para trás, pensando em continuar puxando papo.

- Escuta... qual é o seu nome? - a menina vira-se e senta na neve.

- Bunny. Meu nome é Bunny. - sorriu mostrando todos os dentes.

Jackson a olha unindo suas sombracelhas.

- O que?

- Meu nome é Bunny. Eu sou um animalzinho.

Ele a olhou como se ela fosse de outro planeta.

- Você também é um animalzinho, né? - continuou a falar sorrindo. - Qual o seu nome?

Ele riu e pensou "por que não entrar nesta brincadeira maluca?"

- Meu nome é Puppy.

- Que lindo nome! Você tem cara de Puppy mesmo. Você mora por aqui?

- Sim, moro ali. - aponta para a casa de cor vermelha. - E você? Mora por aqui também?

- Sim. Moro naquela casa ali. - aponta para uma residência verde com árvores cobertas de neve. - Mas amanhã não morarei ali mais.

Jackson olhou para ela surpreso.

- Como assim?

A menina levanta e fica de frente para ele. 

- Minha mamãe disse que amanhã vamos morar no país que eu nasci. - Curvou um pouco a cabeça, pensativa. - Qual era o nome mesmo do lugar? - põe seu dedo indicador no queixo. - Ah! Lembrei, vamos ir morar na Coréia do Sul.

- Ah... - Jackson abaixa a cabeça cabisbaixo. - que pena...

A menina olha para ele atenciosa.

- Hei, espera ai, não saia. Vou ali em casa e já volto. Por favor, me espera.

Ele assentiu com a cabeça.

Depois de uns poucos minutos, a menina volta com um papel em suas mãos.

- Toma. - estende o papel para que ele pegue.

O garoto pega e lê.

- O que é isso? - Ele não compreendeu qual era a finalidade disso.

- Esse é o endereço de onde vou morar. Estou te dando para que a gente se comunique por cartas. - ela sorri com suas bochechas rosadas. - Fui em casa pra pedir pra minha mamãe escrever o endereço neste papel pra te dar. Daqui há uns 5 dias, escreva pra mim e entregue a carta no correio que eles entregam na minha nova casa para eu ler. Depois eu te faço uma e entrego pelo correio e você lê. Assim a gente não deixa de se falar e podemos ser amigos pra sempre!

Jackson a olha sorridente. Como se ganhasse na loteria.

- Ótima ideia! Assim posso ter sua amizade. - sorriu com os olhos.

- Mas tenho umas condições. - a menina fita o chinês, séria.

- Quais?

- Não vamos nunca revelar nossos verdadeiros nomes. Porque eu serei sempre Bunny e você sempre Puppy. - o menino assentiu a cabeça, confuso. - E só saberemos a localização de cada um por causa do endereço do envelope da carta.

- Eu não entendi o porque disso, mas tudo bem, eu aceito!

- Bem... eu preciso voltar pra casa. Minha mamãe pediu que eu arrumasse meus bonecos.

- Tudo bem... vou sentir saudades.

- Eu também! Não esquece que daqui há 5 dias você tem que escrever pra mim. 

- Pode deixar!

Ela acenou e quando deu os primeiros passos, o menino Jackson a chama.

- O que foi? - ela olha-o atenta.

- Me dá seu pulso. - ela ergue a manga do casaco e mostra seu pulso.

Jackson tira uma pulseira de prata com pingente de estrela do seu braço e coloca na menina.

- Pra você lembrar de mim. - ela sorriu.

A menina se aproxima do chinês e deposita um selinho nos lábios do menor. O mesmo cora violentamente.

- Pra você se lembrar de mim. - saiu correndo em direção a sua casa.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Foi pequeno pq é o prólogo kkk
Daqui a pouco tem mais um capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...