1. Spirit Fanfics >
  2. Cartas para você >
  3. Capítulo 01.

História Cartas para você - Capítulo 1


Escrita por: Mixyl

Notas do Autor


Apareci porque eu não estava aguentando mais!

💌 — PRA alegria de alguns eu vim postar conteúdo novo! Porque como eu disse primeiro, eu não tava aguentando de ansiedade, eu queria muito postar alguma fanfic (que já tenho prontas a muito tempo por sinal). E vocês sabem mais do que eu, meu perfil não falta conteúdo, e eu não gosto de ficar sumida, certo? Dessa vez eu trouxe uma Long do TXT, mas futuramente teremos outras long's que por sinal vão ser do nct!

💌 — capa pela rainha @busanjimin 💖

Capítulo 1 - Capítulo 01.


As bochechas de Soobin estavam avermelhadas, enquanto um sorriso se montava no rosto do mesmo. Era meio que estranho falar o porquê de Soobin estar assim, no meio do corredor do colégio, segurando algumas cartas em mãos. — Havia virado rotina aquilo de receber cartas, na verdade, até mesmo Soobin achou estranho de primeira, mas logo notou que podia ser alguma garota que gostasse de si. 

Soobin era o presidente do Grêmio, e sempre era alvo de elogios. As garotas gostavam do mesmo por ele ser extremamente inteligente e lindo. Era difícil vê-lo em festas, ou qualquer coisa que fosse. Trazendo com isso também Yeonjun, melhor amigo de Soobin. — Os dois sempre andavam juntos com mais alguns garotos, no entanto sempre eram mais de ver Soobin e Yeonjun juntos como uma dupla.

Era meio estranho pensar que em momentos atrás, Soobin estivesse correndo de chuva, deixando o All star desgastado todo molhado e sujo de lama. Na entrada do colégio, Soobin deixou-se respirar profundamente ao olhar os tênis sujos de lama. Aquilo não importava quando ficava ansioso para saber qual era carta do dia. Incrivelmente sempre tinha uma nova, uma que deixasse o Choi completamente envergonhado e sem jeito como se fosse uma garotinha apaixonada. — Aquilo era mais complexo do que ele mesmo poderia dizer. Soobin não era do tipo que recebia muita coisa além de elogios, então a iniciativa das cartas lhe deixou curioso para saber quem era. Também não era demorado o Choi chegar na sala de aula e correr diretamente para se sentar ao lado de Yeonjun e o puxar para perto, lhe entregando a carta.

— Uma carta nova? — Perguntou ao amigo, vendo o outro assentir — Você gostou?

— Eu achei fofo, eu não sabia que alguém reparava no meu modo de ficar surpreso sabe? Normalmente as pessoas não me elogiam igual nessa carta. Eu sinceramente estou curioso pra saber quem está mandando essas cartas hyung. — guardou a carta na mochila antes de respirar fundo — E também eu acabei sujando meu All star no quintal de casa.

— Eu também… — Riu antes de se ajeitar na cadeira e suspirar.

Os dois eram como duas borboletas iguais. Sempre tinham as mesmas coisas, como por exemplo; All star's iguais, toucas iguais, um colar igual. Este que era o maior símbolo da amizade dos dois. Então os dois sempre tinham um vínculo muito forte, que a amizade era além de qualquer briga ou intriga que tivessem. — Junto á eles também ficava Beomgyu, este que sempre ficava com outro grupinho além dos dois. Eles não eram populares, nem algo do tipo. Eram apenas jovens bonitos que estavam no ensino médio tentando aprender algo da vida.

Yeonjun as vezes sentia vergonha das trabalhadas do grupo, mais inclusivamente de Beomgyu que sempre que podia estava fazendo brincadeiras. Soobin no entanto era o mais quieto, sempre estava lendo ou ouvindo música enquanto dançava. Tinha os momentos de brincadeira e tinha os momentos que realmente ficava quieto sem fazer nada. Normalmente quando era apenas os dois juntos, estes sempre optavam por ficar falando de coisas aleatórias.

Havia sido uma semana inteira de chuvas sem parar. Durante a tarde no colégio, os dois ficavam na biblioteca porque aquele era o tempo em que os professores faltavam mais. Porém ali naquela sala de aula era possível ver o tempo desabando do lado de fora. — A professora explicava a matéria enquanto Yeonjun olhava a janela molhada e esfumaçada pelo frio. Soobin no entanto estava escrevendo quando notou que a professora havia terminado a explicação. Olhou Yeonjun antes de cutucar o braço deste.

— Está tudo bem? 

— Claro, por que eu não estaria? — Perguntou antes de sorrir sem humor — Você sabe que ano que vem já vamos pra faculdade, e eu tenho medo do que pode ter pela frente. — Continuou antes de fechar o caderno — Eu vou sentir falta dos meninos…

— Sinto que está escondendo algo de mim, e não me venha com essa sua pose dramática. São seis meses pro ano acabar, faça-me o favor Choi Yeonjun. Me conte outra. — fez uma pose meio irritada, mesmo que no final acabasse por sorrir e olhar o amigo que apenas lhe olhava — Você sabe de algo que eu não sei por acaso?

— Não, por que?

— Você anda meio avoado, como se estivesse pensando de mais… Não estou certo?

— Metade sim e metade não. — Completou antes de olhar diretamente para a janela novamente — Não sei… Eu só estava pensando em quem vem mandando essas cartas pra você, sabe? Estou curioso mais do que você imagina.

— Ah sim! Eu também estou… — Disse após pular várias páginas do próprio caderno e olhar em volta — Podemos fazer uma lista de suspeitos hyung, assim fica mais fácil.

— Uma lista de suspeitos? — Soobin assentiu — Tem muita gente se for parar pra pensar.

— Oh, da onde tirou essa idéia?

— De um filme de terror a onde uma mulher completava aniversário e um cara ficava perseguindo ela pra matar, sabe? Aquele lá…

— Eu sei! Era sinistro, eu já vi. Na verdade, a gente devia fazer uma lista de quem é mais próximo de você, como por exemplo a Arin que fica sempre te elogiando e pedindo ajuda pra algum trabalho.

— A Arin? Bom, eu não acho que seja ela, mas vou anotar aqui.

Falou antes de anotar o nome da garota. A partir dali uma sequência de nomes foram ditos, no exato cinco nomes. Os dois deixaram oque tinham que fazer para se levantar no momento exato em que o sinal tocou. — Ainda estava chovendo no lado de fora, e mesmo que não quisesse, Soobin teve que se despedir de Yeonjun para ir até a sala da diretora. O outro Choi apenas continuou caminhando até o refeitório, se sentando ao lado de Beomgyu. Todos começaram a conversar enquanto riam e deixavam o tempo espairecer juntamente a chuva forte no lado de fora.

Soobin estava caminhando pelo corredor enquanto cantarolava baixinho, olhando para os lados. A chuva estava meio abafada por não estar tão perto das janelas do colégio, mas mesmo assim não deixou de notar e de ouvir o choro vindo do final do corredor. — A garota encolhida e sentada perto da parede parecia muito mal e mesmo que quisesse não encomodar, apenas caminhou até a garota e se abaixou.

— Ei, por que está chorando? — Perguntou enquanto ouvia o barulho cessar aos poucos e a menina lhe olhar. A franja completamente bagunçada e o nariz vermelho demonstravam as longas horas de choro. Até mesmo os olhos já demonstravam o tempo exato que a garota chorava do quão inchados estavam — Quer ajuda com alguma coisa? Está tudo bem?

— A-As meninas da minha turma, elas q-quebaram meu óculos e estou c-com muito medo porque minha mãe vai me bater. 

— Podemos ir até a diretoria? Aliás, está enchergando direito?

— N-Nem um pouco…

— Venha comigo, vamos resolver isso. — Falou Soobin com a voz determinada. Não sabia oque dizer além de sentir dó daquela garota.

Não gostava de garotas que se sentiam superior as outras, aquilo era muito errado mesmo todo mundo sendo apenas um só. 


[…]


Depois de duas aulas seguidas, Soobin encarava o livro aberto encima de sua mesa. Sentia que podia morrer de frio naquele momento. A sala de aula estava vazia, e era ainda possível ouvir a chuva fraca caindo. A metade dos alunos estavam na edução física. As vezes era ótimo ter uma quadra coberta, mas ao mesmo tempo chato por não poder sentir o sol. — Soobin as vezes se perguntava a onde estaria o sol no meio daquela chuvarada que não parava por nada. Estava até duvidando da moça do tempo que sempre falava que ia ter sol no fim de semana e acabava por chover.

— Como meu melhor amigo está? Você sumiu. — Ouviu a voz conhecida vindo da porta e assim que olhou pôde ver Yeonjun com o típico sorriso fofo no rosto — Oque houve? Chegou atrasado desta vez.

— Problemas… — Falou antes de voltar a encarar o nada — E essas cartas que eu não sei da onde estão vindo…

— Hum… — Yeonjun se sentou encima da mesa, olhando Soobin em seguida — Você me disse que gostava de receber cartas desse alguém desconhecido. Não entendo o porquê de achar isso um problema.

— Pode ser um stalker sabia? Estou preocupado com isso, dessa vez não quero simplesmente deixar que alguém me mande algo. — Comentou antes de se levantar e se sentar ao lado de Soobin — Eu sinto meu coração bater forte com cada palavra nessas cartas, e de alguma forma meu estômago toma uma sensação estranha e o meu rosto esquenta. Como eu posso sentir uma coisa dessas por alguém que eu nem ao menos conheço? É estranho e ao mesmo tempo bom.

— Não sei como você pode sentir isso, mas pelo menos você tá vivendo algo novo, não acha? Alguém gosta de você e te manda cartas, isso pode ser bom sabia? A pessoa que te manda essas cartas deve te conhecer muito bem pra te deixar assim por meio de palavras.

— Se essa pessoa soubesse como eu me sinto, ela pararia de me mandar essas cartas e falaria comigo pessoalmente. — Corou antes de olhar o amigo que apenas lhe encarava — Você não acha que estou certo? 

— Acabaria a graça de te mandar cartas, não acha? Se eu fosse você, a única coisa que eu iria fazer, seria esperar o momento certo pra tudo acontecer da maneira mais natural possível. 

A forma mais natural possível. As vezes Soobin se perguntava quanto tempo demoraria, mas ao mesmo tempo também ficava intrigado com o mistério. Por outro lado apenas deitou a cabeça no ombro de Yeonjun e fechou olhos ouvido o barulho da chuva fraquinha.


Notas Finais


Seguinte, teremos uma lista de suspeitos, ok? Não coloquei no começo mais vou colocando agora. Pq eu pensei muito em algo realmente pra dar um impacto na história!

A primeira da lista foi a Arin, seguindo por:

Yeri
Dayoung
Eunseo
Yeonjung

Todas elas são de gg mais encontraremos elas apenas como protagonistas. Então espero que nos próximos capítulos vocês possam ainda mais se envolver nesse caso!

Até o próximo capítulo!💌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...