História Cartas que escrevi quando estava triste - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 15
Palavras 452
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Lírica, Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Dear, i love you


Eu sei que a pessoa que eu quero que leia isso pode não estar lendo agora e talvez nunca leia, e mesmo assim aqui estou eu com um pingo de esperança. 


Ainda lembro de tudo que aconteceu, mesmo depois de anos continua tão nítido em minhas memórias, e a dor que fluir em mim continua tão forte… 


Lembro como se fosse ontem, quando eu te conheci, você me causou curiosidade é cheguei a pensar "Esse cara é louco?" é realmente era, você era um louco, um louco que não me arrependo de ter te conhecido. 


Você se arrepende de te me conhecido? Pois eu não…


Eu reconheço fui uma garota egoísta, como também fui inconsequente, pois me divertia com o que machucava você, eu reconheço que não fui uma boa menina, reconheço o quanto machuquei você. 


Mas você se lembrar dos momentos bons? Pois eu me lembro… E gostaria que lembrasse também.


Sou horrível em lembrar as coisas, mas quando se trata de você lembro tantas. Tipo o dia que nos conhecemos, não consigo esquecer aquele dia… 

você se lembra? 

 

Quando acordava às seis da manhã para te desejar um bom dia antes de ir trabalhar… você se lembrar? 


Das horas que passamos ao telefone.

Você se lembrar? 

Pois eu me lembro… 


Você disse que eu era a luz da sua vida. 


Lembrar quando dizia que eu era seu raio de Sol? 

Pois eu me lembro… e queria que se lembrasse também…


Você me deu uma família e tudo que eu não tinha, você enxergou o melhor em mim e sou eternamente grata por isso. 


Você se sente a minha falta? Pois eu sinto a sua. 


Desde que entrou na minha vida tive a chance de me tornar uma pessoa melhor, e Fiz o que fiz quando vir que poderia perder você, é eu pedir mas não foi pra ninguém, foi pro meu egoísmo, pedir pra mim mesmo… é me arrependo.. 

Me arrependo até hoje por tudo o que eu fiz, mas não voltaria atrás porque aprender muito  com isso…


Você se lembra das nossas conversas? Pois eu me lembro… 


Aprendi que o tempo não cura tudo, muito menos diminui a culpa. 

Que palavras machucam, e a falta delas também. 

Mais também aprendi a passar por cima do meu orgulho várias e várias vezes, por você.

Aprender a não ter medo de procurar as pessoas que me fazem falta, principalmente você. 


Toda as vezes que te procuro digo a mim mesmo que será a última vez, mais nunca é..


Você se lembra de mim? Pois eu lembro de você...


Eu reconheço fui inconsequente..

Eu reconheço fui egoísta…

Eu reconheço errei e estou pagando por isso…  mas não me conformo. 


Até ouvir de você: Eu te perdoo. 






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...