História Lovely - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Styles, Louis Tomlinson, One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles
Tags Harry Styles, Julieta, Louis Tomlinson, One Direction, Romeu, Violencia
Visualizações 21
Palavras 932
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo 1



Cá estou eu novamente, tentando ler pela milésima vez meu querido e gasto livro de romance, coisa que eu faço muito já que é um campo de leitura que me agrada muito, mas que para falar a verdade merecia um pouco mais de minha atenção, entretanto, o barulho de pessoas murmurando me tira dessa tal atenção. O metrô de Nova Iorque não me parece muito convidativo nesse momento, mas é o único meio de transporte que pode me levar ao meu destino de todos os dias. Há 3 anos que eu pego esse mesmo caminho e nunca me canso de observar as mesmas pessoas que aqui estão. Todos os mesmos rosto em todas as manhãs monótonas dentro desse mini compartimento de aço. Algumas pessoas com seus pensamentos longe, outras pensando na próxima reunião que terão quando chegarem ao seu destino. Percebo que uma das pessoas que estão ali acomodadas está lendo um jornal, talvez seja o The New York Times. É, é ele mesmo. Só Deus sabe o quanto eu almejo trabalhar naquele lugar.


Meu nome é Nicola Smith, tenho 23 anos e sou uma cidadã legal nos Estados Unidos, naturalizado na Austrália. Fui nascida e criada em Melbourne e para falar a mais pura verdade, é o melhor lugar do mundo. Me formei na Australian University em jornalismo, campo do qual eu amo de paixão. Eu realmente amo essa profissão, mas confesso que meu emprego não me agrada no momento. Trabalho em uma revista famosa chamada "The Girls" onde seu conteúdo é literalmente e exclusivamente moda, beleza e garotos. Eu até que gosto algumas vezes de escrever algumas matérias, principalmente quando há alguma entrevista no meio, entretanto, política, debates, saúde, guerras e "babados" é mais a minha praia. Mas é aquilo, a necessidade se fez a favor e cá estou eu indo novamente ao meu trabalho. Volto a prestar atenção no meu livro e continuo seguindo meu caminho até meu destino.


(...)

Ao chegar à empresa, cumprimento todos da recepção. Que por acaso são muitos. E continuo meu caminho até o elevador e clicando no andar onde fica meu escritório, mas antes de que as portas pudessem se fechar, uma mão impede de que tal ato aconteça.


"Bom dia Nicola" Disse Richard ao entrar no elevador.


"Bom dia Richard, como vai?"


"Vou muito bem, obrigado!" Richard


Fico em silêncio até que o elevador chegue ao seu destino é logo saio do mesmo me despedindo de Richard. Richard era realmente muito bonito, mas não sei como reagir à sua frente, então prefiro ficar calada e fingir que não estou lá. Dirijo-me à minha mesa a qual estava habituada e me sento na mesma ligando meu computador e esperando-o ligar.


"Nicola, o James anda a te procurar e disse que assim que chegasse fosse à sua sala".


"Obrigada Cristina, sabe o motivo?" Me dirijo à Cristina.


"Nem sei amiga, mas parece ser coisa séria."


"Okay amiga, valeu, vou até a sala dele" Digo e caminho até a sala do nosso diretor de revista, paro em frente à grande porta de vidro batendo 3 vezes e logo escutando um "entre".


"Bom dia Nicola!" Diz James.


"Bom dia James, como está seu filho?"


"Esta ótimo para falar a verdade, sua febre melhorou, e já está correndo para um lado e para o outro" Diz ele abrindo um sorriso com lembranças do filho.


"Fico feliz por isso".


"Mas sabe, não foi por esse motivo que te chamei aqui. Tenho consciência de que esse não é seu trabalho dos sonhos, mas sei que está aqui porque precisa. Então eu tenho uma proposta para te fazer."


"Prossiga" Digo apreensiva.


"Estamos em fevereiro, ou seja, mês dos namorados e nada melhor do que uma grande matéria para a revista, já que temos grandes leitoras apaixonadas".


"James, eu não sei onde você está querendo chegar com isso." O interrompo.


"Enfim, eu e a equipe da The Girls decidimos que você irá embarcar amanhã pra Verona, Itália e irá visitar A Casa do Amor, a casa de Julieta Capuleto e escrever uma belíssima matéria, o que acha?" Disse James com uma certo ar de esperança.


Eu realmente não estava esperando isso. Eu literalmente não estava esperando por isso, principalmente por James saber que não sou a pessoa certa pra fazer esse tipo de matéria já que NUNCA me apaixonei por ninguém e nem pretendo fazer isso. James e eu somos amigos de faculdade quando ainda morávamos na Austrália, mas o mesmo formou-se antes de mim e pegou esse cargo que para ele é o melhor de todos e logo após conseguiu para mim.


"Bom, eu não, talvez..."


"Você ira ganhar uma promoç-"


"Eu quero, não se preocupe, não irei te decepcionar." Digo em um pulo.


"Essa é a minha garota, prepare as malas mocinha, você irá passar 2 semanas na Itália."


(...)


Sento-me no acento 152, ao lado da janela e espero alguns instantes até que o comandante anuncia o início da decolagem.
"Passageiros, mantenham-se sentados e com os cintos bem fivelados, estamos embarcando para a Itália." Vai dar tudo certo Nicola, você consegue.


(...)


"Senhorita, desculpe atrapalhar seu sono, mas já pousamos, bem vinda à Itália." Disse uma aeromoça.


"Ah sim, obrigada". Tento ajeitar meu cabelo em um coque e limpo o resquício de baba que escorreu de minha boca pelo tamanho sono. Meu Deus, eu só passo vergonha. Trato de me levantar pegando acima dos assentos, minha mochila e minha bolsa transversal. Caminho sorrateiramente pelo corredor claro e chego à porta encontrando à minha frente, uma grande escada. Desço-a cuidadosamente para não tropeçar assim tocando o solo. Finalmente, Itália.

 


Notas Finais


olá pessoal, bem vindos ao primeiro capítulo de minha história. espero que gostem bastante e acompanhem até o final dos capítulos. antes de eu encerrar eu preciso dar um comunicado;

nossos protagonista são Harry Styles e Nicola Smith, entretanto, quem não for fã do Harry, não terá problemas ao ler o livro, já que a história é basicamente um au, ou seja, qualquer pessoa de qualquer fandom pode ler já que os protagonistas e atores não tem nenhuma ligação com sua vida pessoal e carreira. tudo não passa de uma grande, detalhada e trabalhosa ficção. ideias são sempre muito bem vindas e comentários também. se tiver que fazer uma crítica (sendo ela construtiva) sinta total liberdade pra fazê-la, caso ela não seja construtiva, apenas feche a história e a remova da biblioteca, já que reconheço que ela não é de seu agrado.

outro ponto que eu gostaria de tocar, a história contém partes inapropriadas para menores de 18 anos, mas, sei que a maioria do público é menor e peço que, se não se sente confortável ao ler coisas que não lhe agradam muito, mas mesmo assim, gosta da história, pule a parte e está tudo certo.

aos apaixonados assim como eu por Shakespeare, uma boa leitura ♡

xx Ana Luiza.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...