1. Spirit Fanfics >
  2. Casada com meu chefe - Min Yoongi >
  3. Capítulo 19

História Casada com meu chefe - Min Yoongi - Capítulo 23


Escrita por: nfsrodrigues

Capítulo 23 - Capítulo 19


Fanfic / Fanfiction Casada com meu chefe - Min Yoongi - Capítulo 23 - Capítulo 19

Ellen

- Ei, Ellen.

Alguém me balançou na cama, apenas remexi e puxei o lençol para me cobrir.

- Acorda, hoje é o seu grande dia.

Abri meus olhos aos poucos, e vi vários pares de olhos me encarando.

As meninas praticamente me arrastaram da cama.

- Vai se arrumar querida, vamos a manicure, cabelereiro e maquiadora – A senhora Min falava, enquanto eu ainda estava um pouco aérea – Rápido, Ellen!

- Já estou indo!

Pelo visto hoje o dia seria bem longo, queria Deus que eu estava inteira para a hora do meu casamento.

Ai meu Deus, hoje é o meu casamento!

Quem diria que duas semanas mudariam minha vida para sempre.

Como previ, minha sogra ficou me arrastando de um lado para o outro como um fantoche.

Desde de ontem que não vejo Yoongi, a senhora Min proibiu que nos víssemos até a hora do casamento.

Eu estava terminando de vestir meu vestido, as meninas estavam lá na sala à minha espera.

Um sorriso involuntário surgiu em meus lábios, assim que vi meu reflexo no espelho.

Meu vestido era lindo, parecia que havia o tirado de um conto de fadas.

Ele deixava a parte do ombro exposta, era todo de renda na frente, e tinha algumas pequenas pedrinhas brilhantes, e as mangas cobriam todo o meu braço.

Para finalizar eu tinha colocado uma tiara de princesa.

Se meus pais estivessem vivos, eles estariam muito felizes por mim. Balancei a cabeça para expulsar esses pensamentos, hoje não é dia para que eu pudesse pensar em coisas tristes.

Com muito cuidado desci as escadas, as meninas ao me notar abriram a boca em surpresa.

- Você está linda – A Sra. Min disse emocionada e veio até mim, me dando um abraço.

- Yoongi vai ter um infarto quando te ver.

Todos rimos do comentário da namorada do Namjoon.

A Sra. Min sorriu emocionada para mim, em seguida balançou a cabeça para voltar a realidade.

- Bom nós vamos na frente – informou Yun pegando sua bolsa – Vocês vão depois.

Assenti, e assim foi feito, elas foram na frente e a senhora Min me ajudou a chegar até o carro sem destruir meu vestido.

Sentamos no banco de trás, e ela sorriu para mim de maneira encorajadora.

Parecia que ainda não tinha caído a minha ficha. Mas era a realidade, realmente eu estava indo me casar.

- Pois acredite – sorriu para mim, e segurou em ambas as minhas mãos – E tem um cara gato te esperando querida.

Gargalhamos, ela tinha toda razão, Yoongi era gato mesmo.

Estranhei quando o carro parou no meio do caminho.

- Algum problema? – Minha sogra perguntou.

- Parece que temos um problema no motor – explica e desce do carro – vou ver se consigo arrumar senhora.

Olhei para ela preocupada.

- Calma querida, vai dar tudo certo – tenta me acalmar.

Passaram cerca de 10 minutos, e ainda estávamos na mesma, parados no meio da estrada.

Impaciente, desci do carro sobre os protestos da minha sogra.

- Então?

Ao me ouvir, o motorista levantou a cabeça e me olhou preocupado.

- Acho que só um mecânico para resolver.

- Que horas são? – perguntei e olhou no relógio.

- 14:15.

Eu estava quinze minutos atrasada, e tenho que dar um jeito de chegar nesse casamento, se não Yoongi irá pensar que eu o abandonei.

O pior era que o lugar onde estávamos não passava nenhum táxi, olhei em desespero para minha sogra que tinha acabado de descer do carro.

Olhei para todos os lados e vi um garotinho andando de bicicleta.

- Hoje eu chego naquela igreja, custe o que custar!

- O que você vai fazer?

Fui até o garotinho.

- Ei, será que você pode me emprestar sua bicicleta? – apontei para minha sogra – Está vendo aquela moça ali, ela vai te dar o dinheiro que você quiser.

- Claro moça! – disse ele me entregando a bicicleta.

Subo pegando grande parte do meu vestido e colocando no colo, para não ficar no chão.

Então saí feito uma louca em direção a igreja, ouvindo os gritos da Sra. Min chamando por mim.

Depois de andar feito uma desgovernada e quase atropelar uma senhora, avistei meu sogro na frente da igreja me esperando.

Era ele quem iria entrar comigo.

Desci da bicicleta e fui correndo até ele, segurando o meu vestido.

Ele olhava para mim, como se eu fosse um ser de outro mundo.

- Não tenho tempo para explicar, vamos logo.

Ele assentiu e entrelaçou seu braço ao meu.

- Você está linda.

Sorri agradecida.

Então, FINALMENTE, entramos na igreja, a típica música começou a tocar assim que pus meus pés na igreja.

Yoongi parecia nervoso, mas assim que me viu um sorriso surgiu em seus lábios.

Para mim, todos haviam sumido, e só existia Yoongi na minha frente. Ele estava lindo, parecia um príncipe.

- Você está perfeita – afirmou me olhando com um brilho nos olhos, em seguida beijou minha testa.

- Tive medo de que você não estivesse mais aqui – confessei.

- Por você eu esperaria um vida inteira.

Segurou nas minhas mãos e ficamos em frente para o padre. Após o enorme discurso do padre, havia chegado a hora dos votos, Yoongi olhou para mim com um olhar apaixonado, o que fez meu coração derreter.

 Ele segurou minha mão, e começou a falar olhando bem no fundo dos meus olhos.

- Ellen, você é a luz que faltava em minha vida, foi você que iluminou todo caminho escuro que eu me encontrava, você me ensinou a acreditar na vida novamente, me ensinou que amar sempre vale a pena, Eu te amo, Ellen. Te amo porque só sou eu mesmo, por sua causa – algumas lágrimas escorreram pelo meu rosto enquanto eu olhava para ele com amor – Por isso, quero que aceite essa aliança em prova do meu amor e da minha felicidade.

Ele deslizou a aliança pelo meu dedo, e a beijou em seguida.

Peguei na sua mão, e sorri para ele.

- Min Yoongi, apesar de você quase me mandar para um manicômio – todos gargalharam – Você me mostrou que amar e ser amado é uma das melhores sensações do mundo, te agradeço por cuidar de mim, e mostrar que mereço ser amada. Eu te amo – ele tentou segurar suas lágrimas mais foi em vão – Aceite essa aliança em prova do meu amor e da minha fidelidade.

Coloquei a aliança em seu dedo e beijei em seguida, ambos olhamos para o padre novamente que nos disse.

- Assim vos declaro marido e mulher. O noivo pode beijar a noiva.

Sorri para Raul, que se aproximou de mim segurando meu rosto com ambas as mãos.

- Eu te amo, Ellen.

- Eu te amo, Meu chefe idiota.

Nos beijamos, em um beijo cheio de amor e paixão.

Essa foi a minha história, uma grande comédia romântica. Em toda a minha trajetória, sofri, sorri, chorei ... Mas hoje, hoje estou mais do que feliz.

Feliz por ter um homem que me ama ao meu lado, e por agora ter uma família ao qual eu sei que posso contar, à qualquer momento.

No final de tudo, me dei conta, que as coisas acontecem exatamente como devem acontecer.

E mesmo se tudo parecer dar errado, as coisas sempre podem melhorar. Afinal, no final de uma tempestade, sempre surge o arco íris. 


Notas Finais


Calma que ainda tem um capítulo bônus mais tarde meus amores 😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...