História Casamento arranjado - Imagine Jungkook (Hot-18) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Drama, Hot, Jungkook, Kpop, Romance
Visualizações 278
Palavras 1.475
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


╭─► BOA LEITURA PRA VOCÊS.
╰────────────────────
Qualquer erro peço desculpas, amo vocês ♡

Capítulo 3 - Nos casamos.


Fanfic / Fanfiction Casamento arranjado - Imagine Jungkook (Hot-18) - Capítulo 3 - Nos casamos.

Na manhã seguinte...

Na manhã seguinte, acordo a luz do dia batendo no meu rosto, abro os olhos lentamente e vejo que eram a Prin, a minha empregada.

S/n — Hmm por quê abriu as cortinas agora Prin, ainda está cedo.╺Falo olhando para o relógio na parede. —Ainda são 06:10 da manhã...╺Reclamo com uma voz sonolento.

Prin — S/n, o seu pai me pediu, ele disse pra você se arrumar, pois o casamento é hoje.╺Diz indo em direção ao guarda-roupa.

S/n — Aish, nem me fale desse casamento.╺Falo pondo o travesseiro no meu rosto.

Prin — Não é um casamento com vestido de noiva e tal, é simples, você pode ir com aquele vestido que você tinha comprado para...╺Fui cortada.

S/n — Para o encontro com o Jony, não precisa me lembrar disso.╺Falo tirando o travesseiro do meu rosto, levanto da cama e sento na beirada pondo a mão na testa.

Prin — Hey S/n.╺Digo sentado ao lado ela. —Olha, você só vai assinar o contrato e salvar a empresa do seu pai, depois disso, você pode se divorciar desse tal de Jungkook, o filho do Senhor Jungong.

S/n — Eu sei Prin, mas tudo isso parace um pesadelo... O Jony terminou comigo, achando que eu estou traindo ele com outro, ele nem deixou eu explicar... Agora essa coisa de casar só pra salvar a empresa do meu pai, eu queria que isso fosse apenas um sonho, mas não é...

Prin — Não fica assim S/n, vai da tudo certo, tá bom? Vamos de não o seu pai vai ficar uma fera.

Levanto da cama com má vontade e vou pro banheiro fazer minhas higienes, depois disso, tomo um banho rápido e relaxado para esfriar a cabeça.

De um tempo depois, termino o meu banho, enrolo numa toalha e saio indo pro quarto.

Prin — Se seca e veste o vestido branco.

Seco o meu corpo e depois visto as minhas roupas íntimas de renda vermelha, e depois visto o vestido liso que batia na minha coxa 

Prin — Você está muito linda com esse vestido S/n, agora senta na cadeira pra eu te maquiar e arruma o cabelo.

Faço o que ela pediu, sento na cadeira e é fico olhando pra mim mesma através do espelho.

Alguns minutos depois, ela termina de me maquiar e arrumar o meu cabelo, logo depois disso, visto um salto alto branco.

Prin — Meu Deus, é a primeira vez que eu vejo você de branco.

S/n — É a primeira e a última, por quê não pretendo vestir mais assim...

Prin — Não exagera S/n, você vai ter que se acostumar se vestir assim agora, saia, vestido, saia, vestido, rsrs.

S/n — Não sei que eu vou me acostumar, aff... Bem, o motorista está pronto?

Prin — Sim, ele está te esperando lá embaixo na sala.

S/n — Vamos então.╺Falo pegando a linha bolsa e saímos indo pra sala.

Me despeço da Prin, e saio acompanhado com o motorista do meu pai, ele abre a porta do carro e entro. Depois ele entra no veículo e me leva ao local onde vai se realizar o 'Casamento'

No local.

Ao chegar no local, o motorista estaciona o carro e logo sai pra abrir a porta pra mim sair. Vejo o meu na porta na porta em esperando, vou até ele, e olho pro mais velho com uma cara desanimado.

Pai — Você está linda minha filha, ânimo meu amor, esse pesadelo acabará em breve, você vai ver.╺Diz sorrindo pra ela.

S/n — Vamos acabar logo com isso pai, antes que eu viro de costas e me mando daqui.

Pai — Tá, vamos então.╺Diz pegando a mão dela pondo em seu braço e saímos dali indo pra dentro.

Não tinha quase ninguém, estava só o padre, o meu pai e o Senhor Jungong e o... Jungkook que estava de terno meio azulado me analisando de cima a baixo.

Ao aproximar, ele estende a mão pra eu pegar, mas antes fico olhando pra ele por um instante.

Pai — Filha...

Encaro ele e seguro a mão dele, me ponho em frente do padre e olho pra ele meio séria, ainda de mãos dadas, rapidamente solto a minha mão da mão dele, e entrelaço os meus dedos.

Padre — Vamos começar a cerimônia.

[Alguns minutos depois de passar as palavras...]

Padre — Senhor Jungkook, aceita a Kim S/n, como a sua esposa? Aceitá-la, amá-la, e respeitá-la até que a morte se separem?

Jeon — Aceito...╺Responde com uma voz meio seco.╺Pego a caneta e assino o contrato.

Padre — Kim S/n, aceita o Jungkook como seu esposo? Aceitá-lo, amá-lo, respeitá-lo, até que a morte se separem?

S/n — Eu...

Olho pra trás e fico olhando para o meu pai por um instante, depois me viro e abaixo a cabeça por um instante em pensativo.

Padre — S/n? Aceita casar com o Senhor Jungkook?

Solto um suspiro e logo levanto a cabeça e tomo coragem.

S/n — Sim, eu aceito...╺Pego a caneta e assino o contrato.

Padre — Bem, eu declaro marido e mulher, pode beijar a noiva Senhor.

Me viro de frente pro Jungkook e o encaro, até que ele se aproxima de mim lentamente e segura o meu rosto e sela nossos lábios por um beijo calmo.

Mas paro o beijo e vou até o meu pai, e abraço ele.

Jungong — Filho, eu comprei uma casa pra vocês, toma a chave, eu espero que gostem da casa, e aqui está o endereço.

Jeon — Valeu pai, mas não precisava fazer isso, por quê não vai durar muito esse casamento...╺Falo pegando a chave da mão dele.

Jungong — Se esforce filho, a S/n, é uma boa pessoa, só está chateada pelo o que está acontecendo com ela, mas se você esforçar, quem sabe vocês não se reconcilia um ao outro, pode ir mais além disso filho.

Jeon — Eu não posso pai... Não sinto nada por ela, não tenho nenhum sentimento por ela...

Jungong — Filho, repito, esforce, de uma chance a ela, já que vocês vão morar juntos, conheça ela melhor, descubra o que ela gosta, essas coisas, você sabe.

Pai — Aish, está bem pai, eu vou tentar, mas não vou prometer nada pro Senhor.

[...]

Pai — Bem filha, agora vocês vão morar junto por um ano, tenta se boazinha com o Jungkook, ele não é tão ruim assim.

S/n — Eu vou tentar pai, mas eu não vou prometer nada, pois o Senhor sabe que eu amo o Jony.

Pai — Eu sei filha, mas esforce pelo menos, tá bom? Bom, o Jungong comprou uma casa pra vocês, já deixei as suas coisas no carro tá bom.

S/n — Vamos se ver na empresa né pai, sabe que eu não quero me afastar do Senhor...

Pai — Claro filha, como sempre e jamais vou me afastar de você filha, tá bom.

S/n — Tá bom pai.╺Sorrio pra ele sem mostrar os dentes.

Jungong — Tenha paciência com ela hein Jungkook, bom, o casal deve ir conhecer a sua casa nova, já deixei a chave com o meu filho.

Pai — Tchau filha se cuida, qualquer coisa me liga por favor.

S/n — Tá bom pai.╺Dou um beijo no rosto nele e logo dou um abraço nele. —Tchau Senhor Jungong, se cuida.

Jungong — Você também filha se cuida, e cuida dela hein Jungkook.

Jeon — Tá...

Sorrio pra ele e logo saio dali primeiro indo até o carro, entro no veículo e fico esperando ele.

Até que vejo ele vindo, o mesmo entra no carro sem da uma palavra, e saímos dali indo até a casa nova.

[...]

No caminho não falamos uma palavra sequer, até que então chegamos, olho em volta da casa e vejo que eram muito bonita, ele estaciona o carro e saio observando o local.

Jeon — Gostou da casa?╺Falo saindo do carro olhando pra ela.

S/n — Sim, mas não precisava que o seu pai comprasse uma casa tão grande assim...

Jeon — Bem, eu acho que ele como uma casa assim pra te agradar, pra te deixar confortável, eu acho...╺Falo indo até a porta bala do carro e abro. —Bem, vamos levar as nossas coisas pra dentro.

Vou até ele e pego umas coisas pequenas primeiro e levo pra dentro.

Assim que ela pegou as suas coisas, olho para algumas coisas minhas e até que bato o meus olhos numa caixa que com certeza não era meu... Por curiosidade, abro a caixa e vejo que tinha dentro.

Ao ver o que eram, dou um sorriso de lado e pego uma peça com um dedo.

Jeon — Então ela gosta de calcinhas de rendas ou com rendas... Hmmm, interessante...╺Falo olhando pra calcinha com um pequeno sorriso no rosto.


Notas Finais


───────•••──────────────•••───────
(Fic nova: Os 7 Populares e uma Nerd)
https://www.spiritfanfiction.com/historia/os-7-populares-e-uma-nerd-imagine--jungkook-hot-drama-17925447

───────•••──────────────•••───────
Leia essa fic, você pode gostar ^̮^
E acompanhe a escritora.
Link: https://www.spiritfanfiction.com/historia/imagine-taehyung-17992942


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...