História Casamento arranjado - Jungkook - Capítulo 5


Escrita por: e Livia_Sad

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jungkook
Visualizações 86
Palavras 967
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Law <3

Capítulo 5 - O que..


Fanfic / Fanfiction Casamento arranjado - Jungkook - Capítulo 5 - O que..

P.o.v S/n


S/n - JUNGKOOK!! - acordei em um susto.


Olhei atordoada, e vi que tudo não passava de um sonho, o sol forte batendo na minha cara, olhei pro outro lado e vi Yasmin, Lívia e Chin me olharem aterrorizadas. 


Chin - S/n?
S/n - Chin? Lívia? Yasmin?
Yasmin - Omma, eu tenho certeza que ela tava possuida!
S/n - como assim possuida?
Lívia - S/n, você estava se contorcendo na cama!
S/n - e-eu?... - me lembrei do sonho que tive - ah, bom, era só um pesadelo...
Chin - ah que bom, S/n, você vai ter que ir pra escola sozinha hoje, Yasmin e Lívia estão com uma forte gripe..
S/n - ah, tudo bem, vou ir me arrumar, ok?
Chin - tudo bem, nós vamos sair, como não esta restando muito tempo pra sair, vou fazer um lanche pra você, ok?
S/n - obrigada, Tia Chin.



Elas saíram do quarto, e as meninas estão doente igual no sonho? ok, se acalme S/n, você deve estar ficando paranoica! 
Peguei uma calça preta e um moletom cinza, vesti eles e logo depois calcei meu tênis e peguei minha mochila. Desci as escadas até a cozinha, onde tinha um lanche na mesa, eu ia pega-lo, mas vi Jungkook correr até a porta.
Fiquei olhando-o até sair, e fiquei pensando ''Cara, isso não pode ser coincidência...'' abandonei o lanche ali mesmo e saí correndo até me aproximar de Jungkook. 


S/n - jungkook?
Jungkook - o que? - ele me olhou. - ah, é você! o que você quer, sua idiota? - disse ele em um tom rude.
S/n - não quero nada.
Jungkook - então saia de perto!
S/n - ah...


me afastei um pouco dele, mas não tirando a minha atenção de onde ele ia, quando ele saiu correndo. 
Meu coração deu um forte aperto, não poderia estar acontecendo como o sonho, eu não posso deixar isso acontecer... 
Sai correndo atrás dele e antes que ele parasse na frente da rua peguei em sua mão e o puxei pra bem longe


Jungkook - S/n?! Você tá doida! solta a minha mão! 
S/n - ah que dia lindo! - fingi não ouvi-lo - perfeito pra tomar café da manhã!!
Jungkook - tá doida? eu já comi! me larga!
S/n - olha lá! uma cafeteria! 



Entrei dentro de lá e pedi cafés pro garçom que nem me deu o cardapio.  Me sentei em uma das mesas com Jungkook, que me olhou irritado e sem entender nada.



Jungkook - s/n! me explica o que ta acontecendo, pelo amor de deus?
S/n - não é nada, eu tava com vontade de tomar café e resolvi te convidar!
Jungkook - mas você nem me convid--
Garçom - aqui os cafés.
S/n - muito obrigada! - paguei ao garçom e fiquei na mesa com jungkook. - não vai tomar o seu?
Jungkook - aish.. - ele pegou o café dele.



Ficamos ali, um olhando pra cara do outro, eu fingindo a maior felicidade do mundo, e Jungkook me olhando com o mais completo ódio.
Terminamos o café, Jungkook ia se levantar, mas por impulso peguei em sua mão e o puxei pra cadeira.


Jungkook - s/n?
S/n - ér.. vamos.. hum.. pra um lugar especial?
Jungkook - n--
S/n - ok, vamos!



O puxei por ai sem me importar com as pessoas que passavam ao nosso redor. Ele tentava tirar sua mão da minha, mas eu não deixei.



#Meio dia#





Jungkook - s/n! eu quero ir embora!
S/n - calma! tá faltando só um pouco pra chegar lá! só mais um pouquinho e...



Paramos em frente a uma casa abandonada, onde era o lugar que eu vinha quando me sentia sozinha, não era muito bonita, mas não estava nas piores condições. Entrei lá junto com o Jungkook. Me sentei em uma cadeira preta, onde ficava perto de uma janela, que saia raios de luz um pouco fortes. 
Ele se sentou em um sofá empoeirado e me olhou sem entender ainda o que acontecia.



Jungkook - s/n, ok, você já tomou seu café e já me trouxe nessa porcaria de lugar, agora pode me explicar o que está acontecendo? 
S/n - eu.. não é nada..
Jungkook - S/n! não brinque com minha cara! - falou sem paciencia.
S/n - ok.. bom, então vou te explicar... 



Contei a ele o sonho desdo inicio, ele me olhou intrigado, não acreditava que foi sido puxado, perderá sua aula e teve de passar metade do seu dia todo com uma idiota só por causa de um maldito sonho.
Me fitou mais uma vez irritado, pegou sua bolsa e saiu batendo a porta da casa. 
Eu realmente fiz merda não é? eu devo ser patética! foi pura coincidência! aish, eu e minhas cagadas! se antes ele não gostava de mim, agora eu tenho certeza que ele nunca vai querer olhar na minha cara.



Sai da casa empoeirada e segui o meu caminho pra ir pra casa, comer meu almoço, afinal, era meio dia. 
Andei pela rua, e cheguei na rua onde tudo aconteceu no meu sonho. Andei em passos lentos, mas senti meu cabelo esvoaçar e logo depois um vulto preto passar por mim. Olhei sem entender, mas apressei um pouco mais meus passos. 
Cheguei aonde estava a rua dos meus sonhos, onde Jungkook parava, e um homem atirava nele. Olhei boba pra lá, parei no meio da rua que não passava nem vento, eu iria rir por lembrar do sonho pra mim mesma, se não fosse um único motivo.



Olhei pro outro lado da rua, onde estava parado um homem coberto de preto, que tinha seu olhar psicopata, uma arma apontada pra mim.



S/n - o que...



Um barulho forte, uma visão vermelha e embaçada, foi a ultima coisa que me lembro depois de ver aquele homem....


Notas Finais


pa
pa
PAA!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...