História Casamento Arranjado - Park Jimin - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 517
Palavras 920
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee gente!!!
Como vcs estão?? Espero que bem😁
Desculpa a demora...
Mas aqui está mais uma capítolo para vcs.
Espero que gostem, boa leitura😍😄😘

Capítulo 7 - Doces Lábios


Fanfic / Fanfiction Casamento Arranjado - Park Jimin - Capítulo 7 - Doces Lábios

   Estava indo para meu apartamento, que agora divido com Jimin, para me arrumar e ir buscar a minha avó. Ela tinha inventado de se mudar para Seul, e eu não pude discordar, era bom para ela não ficar sozinha no Brasil.

Eu estava atrasada de acordo com o horário que eu e minha avó combinamos. Não estava de carro, mas também não estava longe de casa.

Eu já estava de frente para o prédio quando ouço meu celular tocar. Era Hoseok. Não falei com ele desde ontem quando ele me largou em uma empresa na qual nem conheço.

-Oi, S/N. Nem me liga mais né?- Ele falou praticamente gritando assim que atendi.

-Não fui eu quem furou com você ontem. Você que tem que pedir desculpas.-Falei brincalhona e ouvi ele soltar uma risada gostosa, só conseguia imaginar suas covinhas.

- Para né. Eu tentei de ligar ontem, mas você não me atendeu, e agora você está colocando a culpa em mim.- Ele disse vingando voz de choro. Apertei o Butão do elevador para subir enquanto Hoseok ficava falando um monte de coisas dramáticas.- Você está aonde agora? Quer sair comigo hoje?-Eu estava procurando a chave de casa dentro da bolsa. Assim que achei abri a porta e entrei.

-Não posso, tenho que ir ajudar minha avó hoje. E você não tem nada para fazer não?- Eu perguntei irônica, estranhando o ambiente, quando ouvi risadas vindo da cozinha. Fui até lá e me deparei com minha avó e Jimin conversando e rindo- Hoseok, tenho que desligar, tchau.- Desliguei sem dar tempo dele responder e fiquei parada observando aqueles dois.

-Boa noite!- Falei querendo chamar a atenção deles. Jimin estava tentando controlar sua risada, enquanto minha avó estava limpando algumas lágrimas de seu rosto.

-Olá querida, como está?- Minha vó se levantou para me cumprimentar.

-Bem. O que a senhora faz aqui, não era para nós encontrarmos em uma lanchonete?- Perguntei confusa e ela riu de novo.

-Isso era à duas horas atrás. Pelo visto você continua atrasada- Ela não parava de rir e eu ainda não tinha entendido o motivo dela estar aqui.

-A senhora não vai mais querer ajuda para levar as caixas?- Perguntei ainda confusa querendo entender o que estava acontecendo.

-Não se preocupe, minha querida, Jimin já me ajudou.- Ela disse e eu arregalei os olhos.

Desde ontem eu e Jimin não trocamos uma palavra depois do almoço. E não precisava ser gênio para saber que eu estava morrendo de vergonha.

-A senhora já está indo?- perguntei ao vê-la abrindo a porta.

-Sim. Agora tenho um compromisso. Vou jantar com seus pais.

-A senhora quer uma carona, vó?- Perguntei um pouco preocupada, não deixaria de jeito nenhum minha avó ir para casa sozinha.

-Não se preocupe, Jimin já chamou o táxi.-Ela disse por fim, me abraçando forte antes de sair.

-Eu gosto dela- Finalmente Jimin disse alguma coisa, quebrando o silêncio que tinha ficado -Ela é engraçada, gosto de conversar com ela- disse ele sorridente e pensativo.

-É, ela é uma pessoa maravilhosa.- disse também pensativa, lembrando dos tempos em que eu e ela brincávamos no balanço do jardim.

-Você estava falando com quem quando chegou?- Ele perguntou desviando o olhar do meu, mechendo no bordado da almofada que estava em seu colo.

-Hoseok...

-Você ficou bem próxima dele né?

-É acho que sim. Hoseok e um amigo incrível.- Disde e ele soltou um risinho que não consegui distinguir o motivo.

-É, eu sei. Hoseok sempre foi um amigo maravilhoso. Ele tem um coração muito bom. Ele sempre esteve comigo, em todos os momentos.- Ele disse, e por um momento fiquei pensando na amizade bonita deles.

-Você não foi trabalhar hoje? -Perguntei interessada em saber, pois ele foi ajudar minha avó e pelo horário foi cedo.

-Não, eu não tive muito tempo hoje. Resolvi tirar uma folga.- Ele falou dando um riso que fez com que meu coração acelerasse.

-É... Então tá. Já estou indo dormir, boa noite!- Falei me levantando do sofá para deixar a sala e seguir em direção a meu quanto, mas senti uma mão pequena agarrar meu pulso e meu corpo bater de frente com o de Jimin. Ele posicionou uma de suas mãos em minha cintura e a outra em meu cabelo. Minha respiração começou a ficar desregulada e meu coração bater rápido e forte.

Senti seu olhar sobre meus lábios e sua respiração se juntando com a minha. Eu não conseguia afastar ele e nem fazer nada, só ficar esperando para sentir aqueles lábios carnudos se juntarem com os meus. Até que finalmente, ele pressionou seus lábios aos meus em um beijo calmo e lento. Ele já estava tentando aprofundar o beijo, e eu não queria deixar de esperimentar aqueles maravilhosos lábios mais uma vez. Ele foi subindo suas mãos até minha barriga, onde foi subindo a blusa devagar e eu não queria parar de jeito nenhum. Queria sentir mais.

Até que nos separamos pela falta de ar. Os dois se encarando com a respiração ofegante e os corações acelerados, até que ele quebrou o silêncio.

-Boa noite!- Disse por fim e antes de se virar para ir para seu quarto me deu um selinho, o que me deixou surpresa. E mais uma vez Park Jimin me deixou sem ar.

Eu não sei o que está acontecendo, só sei que é bom.

-Boa noite, Park Jimin...-Disse em um sussurro só para que eu escutasse. E nessa altura do campeonato já estava com medo de não conseguir dormir pensando nele.

...esse coração mole...


Notas Finais


Então foi isso, minhas xuxus😂😂
Espero que tenham gostado e obrigada por lerem, fofas💜😍💞


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...