1. Spirit Fanfics >
  2. Casamento arranjado - Park Jimin >
  3. T2: Cap39

História Casamento arranjado - Park Jimin - Capítulo 161


Escrita por:


Capítulo 161 - T2: Cap39


Fanfic / Fanfiction Casamento arranjado - Park Jimin - Capítulo 161 - T2: Cap39

Jungkook: Se eles estivessem lá dentro, estão mortos

...

Policial: Os bombeiros chegaram, e enquanto eles apagam o fogo, nós vamos procurar por eles, se estão a pé, não foram muito longe

S/n: O mínimo que vocês podem fazer né

Policial: Perdão?

S/n: Se dependessem de vocês, eu estaria morta, vocês só ficam de enfeite e dizem "A vamos fazer o possível pra salva-los e pegar os criminosos" -Digo forçando a voz- Mas na verdade vocês não fazem nada!

Jungkook: S/n.. -Cof cof-

S/n: Vocês deveriam procurar um trabalho que combine com vocês, por exemplo, testar as camas da loja de móveis

Jimin: Ai meu Deus..

S/n: Se alguém estiver em perigo, e esperar por vocês, eu tenho pena! Custava você ter entrando na porcaria da casa e feito algo que prestasse?

Policial: Senhora-

S/n: Senhora é sua mãe

Jungkook: -Rir-

Jimin: Jungkook!

Policial: Então-

S/n: Eu poderia ter morrido, olha só o estado da minha mão -Tiro o pano que cobria- Eu tive que me virar pra quebrar uma janela de vidro com as mãos! Porque os "incríveis policiais" -Faço aspas- não se deram o trabalho de entrar na casa, mesmo estando armados e sendo o triplo das pessoas que estavam lá dentro

Jimin: Seu policial, desculpa ela, é que... Ela está cansada, sabe, foram dias sem dormir, viagens, ela não descansou muito, e ainda acontece isso, você entende... Não é?

Policial: Entendo, eu vou ver como estão o trabalho dos bombeiros

S/n: Isso, vai! Além de não fazer o seu trabalho ainda quer mandar no dos outros

Celular de Jungkook começa a tocar

Jungkook: Eu já volto

S/n: Claro

Jimin: S/n?

S/n: Que?

Jimin: Me desculpa, eu não deveria ter te tratado mal, e muito menos ter deixado você voltar

S/n: Só se você pedir de joelhos -Digo rindo-

Jimin: -Se ajoelha-

S/n: Não Jimin, era brincadeira

Jimin: Você me desculpa?

S/n: Não sei, eu não gosto quando você me trata como qualquer pessoa, eu sou sua mulher e você deve me ouvir, por mais difícil que seja a situação

Jimin: Eu fiquei chateado, eu não deveria ficar sabendo por último

S/n: Você não ficou sabendo por último, você foi a primeira pessoa que eu contei

Jimin: Você entendeu

S/n: Talvez você tenha razão, só um talvez... Eu deveria ter contado, mas eu não sabia como falar, e não queria ver você triste, mas eu ia contar, só estava esperando o momento certo

Jimin: Tudo bem... Eu deveria ter ficado ao seu lado, eu fui orgulhoso e não pensei em você, mesmo sabendo que você precisava de mim

S/n: Você ainda pode ficar ao meu lado

Jimin: -Me abraça-
-
Jimin: Sua mão esta doendo?

S/n: Não, imagina

Jungkook: Oi gente -Rir- Bom, eu tenho que ir

Jimin: Obrigado por você não ter deixado a S/n vir sozinha

Jungkook: Tá tudo bem, S/n e eu somos amigos

Jimin: Essa amizade surgiu do nada?

S/n: Não, nós éramos amigos antes

Jimin: Entendi

Jungkook: Se seu padrasto aparecer, você avisa

S/n: Tá

Jungkook sai

Jimin: Amigos?

S/n: É

Jimin: Hm..

S/n: -Começo a rir-

Jimin: Que foi?

S/n: Nada

Policial: Encontramos três corpos na casa

Jimin: Três?

Policial: Você sabe quem são não é?

S/n: Sei..

Policial: Precisamos que você reconheça os corpos

S/n: Agora?

Policial: Vamos levar pro lugar que reconhece corpo (Eu não lembro o nome)

S/n: Tá

Jimin: Quem são essas três pessoas?

S/n: Com certeza é o Kwan, Shownu e..

Jimin: E?

S/n: Taehyung

Jimin: Tinha que ser

S/n: E você e seus pais que me perdoe, mas eu quero muito que ele esteja morto

Jimin: Eu entendo, ele fez muito mal a você

Alguns Minutos Depois

Reconheço os três corpos que foram encontrados na casa

Jimin: Então?

S/n: Eram eles

Jimin: Os três?

S/n: Sim

Médico: Eu lamento

S/n: Ah não, tem problema não

Médico: Oi?

S/n: Tipo... Não tem chance deles estarem vivos não né?

Jimin: S/n!

S/n: O que?

Médico: Não tem como eles estarem vivos, os corpos foram completamente queimados

S/n: Ah

Médico: Você não tá triste pela morte deles?

S/n: Eu não, por que eu estaria?

Jimin: Vamos S/n? -Disfarça-

Médico: Você-

S/n: Sabe.. É que eles me causaram sérios problemas psicológicos

Médico: Entendi, pode ficar tranquila, eles estão mortos

Jimin: Podemos ir S/n?

S/n: Vamos

Fomos para o carro

Jimin: Você tá que tá em

S/n: Agora o problema é minha mãe, Irene e o Jin

Jimin: Certeza que o Jin nem vai ficar triste

S/n: O pior é minha mãe

Jimin: Você quer ir falar com ela agora?

S/n: Não, amanhã eu vou na casa dela, agora está tarde

Jimin: Não seria melhor irmos no hospital dar um jeito na sua mão?

S/n: Não está doendo mais

Jimin: Não? Porque pelo que eu vi, com certeza vai levar ponto

S/n: Ah não Jimin

Jimin: Tudo bem então, só quer ver na hora que você for tomar banho e molhar a mão

S/n: Tudo bem

Dia Seguinte

S/n: Acorda! -Pulo em cima do Jimin-

Jimin: S/n! -Levanta- Que susto... -Deita novamente-

S/n: Você é tão fofo de cabelo bagunçando e com sono -Levanto- O que achou do meu look? (Foto na capa)

Jimin: Está linda -Diz com os olhos fechados-

S/n: Não sabia que você podia ver de olhos fechados

Jimin: -Abre um olho- Está linda

S/n: Que sem graça você em

Jimin: O que eu fiz? -Senta-

S/n: Nada Jimin

Jimin: Ue, eu não entendo você

S/n: O você acha que eu faço no cabelo? deixo solto, ou faço uma trança, ou rabo de cavalo?

Jimin: O que é um rabo de cavalo?

S/n: Jimin!

Jimin: Deixa solto

S/n: Obrigada

Jimin: Onde vai?

S/n: Vou levar ótimas notícias pra minha mãe

Jimin: Ótimas?

S/n: Ótimas pra mim, pra ela vai ser horrível

Jimin: Não seja tão grossa com sua mãe

S/n: Não vou ser

Jimin: Mesmo?

S/n: Mesmo, bom... Eu fiz o café da manhã, quando você estiver com fome

Jimin: Obrigado -Sorri-

S/n: Ai que lindo -Aperto suas bochechas-

Jimin: Aí S/n!

S/n: -Beijo sua bochecha- Tchau

Jimin: Tchau

Vou até a casa de minha mãe

S/n: Olá, eu vim-

Empregada: Falar com sua mãe?

S/n: Sim

Empregada: Ela não está, ela saiu bem cedo

S/n: Pra onde?

Empregada: Eu não sei

S/n: Quando ela chegar, avisa que eu quero falar com ela

Empregada: Pode deixar

Vou até a casa de Irene

S/n: Oi Irene

Irene: Olá S/n, como está? Entra aí

S/n: Nossa você parece péssima

Irene: Não dormi nada a noite inteira

S/n: Por que?

Irene: Tava passando mal

Jungkook: Meu amor- - Oi S/n!

S/n: Oi Jungkook!

Jungkook: Como você está?

S/n: Estou bem e você?

Jungkook: Bem

S/n: Que bom

Jungkook: E você meu amor? Está melhor?

Irene: Estou sim

Jungkook: Eu tenho que ir trabalhar, você vai ficar bem?

Irene: Vou sim -Os dois começam a se beijar-

S/n: -Cof cof- Então... É que eu ainda estou aqui

Jungkook: -Rir- Tchau S/n, tchau Irene

S/n: Tchau

Irene: Tchau

S/n: Bom eu- - Eu acho melhor eu ir -Começo a gaguejar-

Irene: O que você tem?

S/n: Nada, é que... eu ia contar uma coisa, mas eu acho melhor não, você está doente e-

Irene: Eu já estou melhor, pode falar

S/n: Cadê as crianças?

Irene: Dormindo... Mas não muda de assunto

S/n: Ontem o seu pai- -Não Irene, melhor eu ir mesmo

Irene: O que tem meu pai?

S/n: É que..

Irene: Fala logo S/n!

S/n: Ontem seu pai provocou um incêndio, e morreu

Irene: Morreu?

S/n: É.. Tipo, nunca mais vai respirar, nem andar-

Irene: Eu sei S/n

S/n: É-

Irene: Ele mesmo tentou se matar?

S/n: Não, ele queria me matar, mas ele não conseguiu sair da casa e acabou morrendo

Irene: E como você conseguiu fugir?

S/n: Eu quebrei uma janela -Mostro minha mão-

Irene: Uau, nossa mãe já sabe?

A campainha toca e Irene abre e nossa mãe entra, que parecia estar chorando

S/m: Ele morreu -Chora-

Irene: Mãe-

S/m: -Abraça Irene- Eu não consigo acreditar

Irene: Mãe, ele fez muito mal a várias pessoas, principalmente a S/n

S/n: Isso é

S/m: Você estava com ele -Vem até mim- Como ele morreu?

S/n: Queimado

Irene: S/n!

S/n: Que?

S/m: Você não está triste? -Vira pra Irene-

Irene: Tô, mas ele teve o que mereceu mãe, você tem que reconhecer isso

S/m: -Me encara- Eu lamento S/n..

S/n: Oi?

S/m: Por tudo que ele fez, eu sei que você sofreu muito com ele

S/n: É, foi muitas coisas, e eu estou muito feliz que ele tenha morrido, e não é nada bom dizer isso

S/m: -Chora-

S/n: Eu já vou indo

Irene: S/n..

S/n: Eu tenho que ir -Saio-

Irene: Espera S/n

S/n: Eu sinto muito pela perda do seu pai, e fala o mesmo pra ela, por favor

Irene: Tá, mas-

S/n: Eu queria conversar com ela normalmente.. Mas, não dá

Irene: O que você tá falando?

S/n: Tava indo tudo bem, eu tinha perdoado ela, e estávamos nos aproximando de novo

Irene: E o que aconteceu?

S/n: Eu descobri uma coisa, e eu não consigo desculpar ela

Irene: Que coisa?

S/n: Eu não quero voltar nesse assunto, o Jungkook sabe, pergunta pra ele

Irene: O Jungkook sabe e eu não?





Notas Finais


Espero que gostem 💜
Até logoo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...