História Casamento Arranjado - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Asuma Sarutobi, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Jiraiya, Karin, Kizashi Haruno, Kushina Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shisui Uchiha, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Utakata
Tags Sasusaku
Visualizações 131
Palavras 5.002
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


- Oie pessoa , mais um capitulo para vocês e esse com mais intensidade .
Espero que gostem e não esqueçam de comentar , quero saber a opinião de vocês , se estou fazendo bem ou mal , no que preciso melhorar , qualquer coisa .
E ai gente , perceberam que o Uchiha esta tratantando a rosada de modo diferente ?

Capítulo 15 - Intenso e Prazeroso


Fanfic / Fanfiction Casamento Arranjado - Capítulo 15 - Intenso e Prazeroso

Hoje acordei mais animada do que nunca , neste momento estou fazendo ovos mexidos para mim . Sasuke ainda esta dormindo , ontem mesmo eu já comecei a provoca-lo , dormi ao lado dele apenas de sutiã e calcinha preta , ele foi dormi tão puto da vida comigo , que ele apenas se virou e resmungou o seu famoso apelido para mim :

— Irritante !

Foi realmente engraçado , agora eu estou apenas com a camisa dele , sem sutiã e com uma calcinha preta fio dental , quando ele acorda quero ver ele se contorcendo por não me tocar , já que agora tudo começou do zero , nada de toques fora dos limites .

Peguei meu prato com o meu pão , meus ovos mexidos e bacon , meu suco de maracujá e fui para sala , onde me sentei no sofá , pronta para assistir minhas séries na TV .

The Vampire Diares

Um fenômeno , posso dizer , aquele Damon ...

Aaaah Deuses !

Me lembra um pouco o Sasuke , bad boy , marrudo , banca sempre o idiota , egocêntrico e irônico ! Viu ? Posso encontrar varias palavras que podem definir Uchiha Sasuke e o engraçado é que nenhuma delas pode ser consideradas elogio .

Já estava no segundo EP quando o meu lado direito no sofá afundou , me tirando a concentração da série .

Pela cara dele não acordou com um humor maravilhoso .

— Bom dia Sasuke ! Que cara é essa ? – fui me fazendo de inocente . – Não dormiu bem ? Pois eu lhe digo , eu tive uma noite muito boa . – Abri um sorriso inocente e ele me olhou indignado . Quase me pus a rir , mas mordi meus lábios prendendo para não estraga minha brincadeira .

— Dia , irritante ! Para a sua informação , eu ate achei que eu poderia dormi bem também , mas uma rosada cheia de provocações , me deixou com uma ereção do inferno a noite inteira . – Eu ri ! Mas ri muito alto mesmo , libertando-me de uma graça que o Uchiha não via . – Haruno ! Deixa de ser idiota . Vou logo lhe avisando , que se persistir a me provocar , eu irei puni-la sem a menor piedade . – E assim ele se virou e partiu para fora da casa , que por ela ser de vidro pude ver que ele caminhava para o mar .

Mal sabe ele que o que eu mais quero é que ele perca o controle e me puna me enchendo de tanto prazer .

Fico excitada só em imaginar ...

Esbofeteio para longe tais pensamentos .

Persisti ali , assistindo mais dois EP , ate enfim , decidi ir atrás do moreno , subi para o quarto e coloquei um biquíni , estava muito quente e eu poderia aproveitar a procura do moreno para dar uns mergulhos .

Caminhei por aquela ilha uns 5 minutos e por fim , achei ele deitado na areia , com um óculos de sol no rosto e sem camiseta , apenas de bermuda .

Me aproximei e disse :

— Ei , moreno ? Vamos dar uns mergulhos , sim ? – ele se sentou e levantou os óculos e me analisando dos pés a cabeça , ele disse :

— Sua sorte é que não tem ninguém aqui . – foi tão baixo sua fala , que quase eu não ouvi , quando eu ia pergunta o porque , ele se levantou e pegou em minha mão , caminhando para o mar . – Vamos logo , está quente hoje .

O tempo foi passando e naquela tarde , eu e ele , passamos a tarde na praia , brincamos – é eu sei , o Uchiha brincou também – bastante e agora estávamos apenas aproveitando a água , eu enlaçada na cintura dele e olhando o mar .

Me virei para fita-lo e ele estava de olhos fechado , sereno . Sua boca ali tão convidativa , que não pude resistir e beijei ele . O mesmo se assustou , mas passou a corresponder , ele puxa meu cabelo e eu gemo , o que lhe permite aproveitar e aprofundar o beijo com a língua me explorando avidamente . Minha língua acaricia timidamente a sua e se une a uma lenta e erótica dança de sensações , sacudidas e empurradas .

Sinto sua ereção que causa um atrito de excitação a minha intimidade . Eu o desejo aqui ... Agora , em céu aberto .

— Sua boca ... É tão ... Doce . – ele murmura entrecortado .

Inclina-se na minha direção e me beija . Seus lábios são firmes e exigentes , com uma lentidão sôfrega . Já não estava totalmente em meu controle , percebendo isso , ele separa os nossos lábios , mas continua com nossas testas coladas . Nossas respiração se mesclando , o que só podia sentir ali , era a nossa excitação eletrizante . Não sei se eu seria capaz de continuar com isso sem acabar em uma cama e ele me possuindo , ou ate aqui mesmo .

— Preciso ... – ele fala parecendo ser relutante em sair daqui , tanto quanto eu . – sair.

Desenlaço minhas pernas de seu quadril e nós dois tentando se recompor e dissipar com a queimação em nossas intimidades , caminhando para o chalé .

Curiosidade me abate e pergunto .

— Pensei que ficaríamos ... Juntos . – ele me olha e parecendo surpreso , ele diz :

— Sairemos juntos , vá se arrumar , lhe darei uma hora e ... – se aproximou com uma cara ameaçadora e disse – não se atrase .

Ele sempre não me deixa comentar ou pergunta nada , sempre me mandando fazer , sempre controlador .

Ele se virou e foi para algum canto do chalé , subi as escadas e fui para o quarto .

Tomei um banho e vesti um vestido preto justo , que chega a metade das coxas e salto cor vinho . Passei uma maquiagem leve e estava pronta .

Olhei as horas e faltava pouco para chegar as oito horas , que era o horário que dava o tempo que Sasuke me deu .

Sem percebe eu estou seguindo todas as ordens dele . Ele sempre manda e eu obedeço . Frustante ! Como se a minha consciência fosse a mando dele . Droga !

Desci as escadas e ele já estava pronto , com uma blusa padrão branca , casaco listrado de preto e branco , sua calça  preta e seus cabelos para trás , sem um penteado real .

Lindo ... Maravilhoso e gostoso !

É esse Uchiha ta mexendo comigo mesmo .

Ele me olhava com suas orbes pretas mais escuras do que nunca e assim me estendendo um braço sem corta o olhar .

Mas como ele sempre não pode deixar passar , ele disse :

— Mas não é que a irritante sabe se arrumar quando quer ? – é ele só é bonito de boca fechada , quando abre parece que evapora qualquer pensamento bom que eu possa ter .

— Vai se fode , Sasuke !

   

              {------------------------------¥--------------------------------}

Chegamos no restaurante , o nome é Malibu Palace,  que é muito fino afinal e Sasuke  como o cavalheiro que é , na verdade preciso melhorar o elogio , um gentleman , me deixou para trás e como se estivesse sozinho foi para a mesa .

Uma pessoa muito educada não ?

Esse lugar não chega aos pés de Sasuke , no quesito de ser fino . 

— Você sempre é um cavalheiro , ne ? – disse eu me sentando e ele todo folgado sentado na cadeira .

Já vê que hoje eu passo vergonha .

— Não , eu faço mais o estilo comedor de cocota mesmo . – ele ta engraçadinho , ne ?

O garçom chega cortando o meu olhar raivoso para o moreno.

— O que irão querer ? – Percebi que descaradamente o garçom me olhava , com a maior cara de putão malicioso .

Aah mais era isso mesmo que eu precisava para irritar o Uchiha .

Então eu me debrucei sobre a mesa colocando os meus cotovelos que assim fez meus seios parecerem maiores , cruzei as pernas e totalmente exibida peguei p cardápio e olhei , vê algo que me interessei e olhei para ele , com o olhar de descarada e percebi que o Uchiha soltava o ar pela boca pela minha forma de me expor para o garçom , o mesmo me fitava intensamente .

— Para mim , traga o prato numero 8 por favor e não exagere no molho , eu não gosto de ficar muito melada – eu disse pausadamente a frase final . O homem ficou vermelho e depois percebeu a presença de Sasuke , que o fluminava com os olhos .

— E-E o-o se-nhor , o que vai quer ? – acho que o garoto ficou com medo de Sasuke . O mesmo estava vermelho de raiva e disse :

— O mesmo que a minha noiva , garçom . – Ele fez questão de ressaltar o noiva e assim eu fiquei surpreendida que arregalei os olhos , pela minha reação ele deu um sorriso de canto . Ele esta zombando de mim ?

Na citação noiva , o garçom parecia querer morrer ali mesmo ,logo se virando e caminhando para longe de nós .

Sasuke desatou a rir . 

Desgraçado , olha o que ele fez com o pobre homem .

— Se acalme , Sasuke . Vai botar fogo no local com tantas chamas que vejo sair de seus olhos . – Ele olhou para mim e pareceu ficar relaxado , logo esquecendo minha provocação e trocando de assunto .

— Minha mãe me ligou hoje , pela manhã . Disse que segunda feira vai haver um almoço de familia em casa e exige sua presença .

— Parece que os Uchiha , tem muita coisa em comum , não é mesmo ? Todos parecem ser exigentes e controladores . – nós dois rimos e o clima estava maravilhoso , queria parar no tempo nesse momento em que eu e Sasuke não estamos brigando ou apenas se comendo pelos lados como se nossa relação fosse apenas carnal , em busca do desejo .

— É algo que vem desde o início da familia , não podemos mudar . – Seu sorriso é encantador , não consigo parar de admira-lo , mas também ficar igual uma idiota babando não rola né ? Por isso desviei o olhar e assim a comida chegou , que por algum acaso era outro garçom. , mais concentrado e sério . Vejo a cara de Sasuke de satisfeito . Maldito mesmo !

— Esta noite eu irei atende-los , o outro garçom teve problemas e não vai poder vir servi-los . – ele disse ajeitando tudo a mesa e colocando um vinho tinto em nossas taças .

Acabei me lembrando que não sou boa com bebidas , sempre acabo vomitando no vaso , ou desmaiando no chão .

Melhor maneira hoje .

O garçom se retirou e eu e Sasuke passamos a conversa sobre diversos assuntos , de amigos , até pintas quantas pintas temos ou onde temos , mas o assunto se tornou delicado , quando ele perguntou :

— Sempre vejo seu pai , mas sua mãe parece ser um mistério em sua casa . – ele perguntou virando um gole de vinho e eu fiquei estática e um silêncio reinou entre nós , Sasuke percebeu que aquele assunto era difícil e pegou minha mão , como se dissesse " Estou aqui " . Respirei e pensei no que falar , mas a alteração por conta da bebida já foi dando sinal , tranquilamente respondi , após diversas vezes pensar . 

— Minha mãe ... Ela ... Morreu quando eu tinha 13 anos . Eu e meu pai não gostamos muito de comentar porque ainda é muito doloroso para nós e a forma como ela se foi parece apenas piorar a situação . – meus olhos já estavam banhados , mas me assegurei de não chorar aqui e muito menos na frente de Sasuke , eu continuei com um sorriso tentando parecer o mais tranquila possível , ma por dentro destruída.

— Não fazia ideia . – eu gosto como Sasuke lidou com a informação , nada de perguntas a mais , nada de " Meus sentimentos" ou me olhar com pena . Seu olhar continuava o mesmo e isso me deixava calma , ver que isso não o afetou e agradeço por não sentir pena de mim . Como se o assunto tivesse encerrado , ele continuou com outro assunto – Estava pensando em ir ao ...

— Não ! Por favor , eu sei que você deve estar curioso ? – ele apenas me olhou e eu entendi como um sim – Eu apenas quero contar isso para alguem , já que meu pai fez questão de ocultar o que aconteceu e o peso é horrível . – Vê que isso o despertou interesse . Esperei um pouco para mim continuar a contar . –  Minha mãe e meu pai estavam prestes a se separar e isso para mim na época era difícil de aceitar , fiquei tão deprimida com a ideia de não ver meus pais juntos que entrei em depressão , assim minha mãe desistiu da ideia , ficou comigo e cuidou de mim . Um dia antes dela ... – as imagens embargava minhas vistas e eu tentando controlar o choro que estava prestes a ser libertado . – antes dela ... Morrer ... Meu pai foi ameaçado por um homem , ao meu ver , meu pai devia ele e ele parecia ser do tipo que não resolvia os problemas pacificamente , assim no outro dia um homem vestido inteiramente de preto , entrou em casa e estuprou e esquartejou a minha mãe . – não pude conter e comecei a chorar em silêncio , apenas as lagrimas caindo . Sasuke levantou sua cadeira e levou ate meu lado onde me abraçou e esperou eu continuar . Respirei e continuei . – O homem , foi a casa do meu pai e disse que a próxima seria eu se meu pai não pagasse e disse que se virasse público não só eu como todos aqueles próximos a nós sofreriam as consequências . Assim meu pai abafou o caso , pedindo total sigilo sobre a morte , pagou a divida que não era barata e assim estávamos a pouco de falir , mas ele achou uma solução que era o Utakata , namoramos para a empresa ganhar fama e assim os negócios melhorarem , mas não deu certo . Então um amigo de meu pai disse que queria que o filho tivesse responsabilidade e aquietasse o rabo com uma mulher , casar era o que ele almejava para o filho e assim estamos aqui agora . Uma historia um tanto quanto conturbada mas já superada – me afastei dele , o mesmo beijou meus lábios e se afastou chamando o garçom .

Ele pagou a conta e fomos embora .

Chegando ao chalé fomos para a sala , acendemos a lareira e ficamos fitando em silêncio .

A atmosfera em que eu e ele estávamos era boa , parecíamos um casal realmente , mas nessa noite eu queria que ele me tocasse , não posso emplorar mas , parece que ele não quer apressar as coisas e isso esta me deixando angustiada .

— Sasuke , eu quero conversa . – ele me olha e fica esperado eu continuar , tentando deixar a vergonha de lado eu digo – Está tudo muito diferente , sabe ? E eu não quero assim !  Eu gosto de como somos , como fogo e gasolina , uma hora nos desejamos outrora nos odiamos , mas é assim que quero , eu quero carinho , eu quero um ninho , quero um abraço apertado no sufoco . Mas também quero amanhecer suando , louca de prazer , depois de ter explodido . Eu quero um relacionamento intenso , cheio de prazer . Só não precisa me tratar diferente apenas por causa daquele dia . Se você não se lembra eu pedi por aquilo e pra falar a verdade foi o triplo do prazer que eu já senti . Então ... – respirei fundo e nos olhos dele vê o brilho que eu queria ver – Para com isso e me coloca de quatro e me fode com força ?

Silêncio , era apenas isso que tava ali .

Meu Deus , eu acabei de implorar e me declarar para o Uchiha e ele esta apenas em silencio me olhando fixamente como se medisse as consequências .

A atmosfera muda e parece eletrizante , nada mais do que a pura excitação , poderia jurar que eu estava sentindo o cheiro de sexo emanando de nós . Meu coração acelera acompanhado de minha respiração desregulada . Ele parece ter travado o maxilar e com o olhar fixado em minha boca ele diz :

— Merda de contrato ! Porra ! – Ele me puxa para cima dele e assim eu sinto a sua ereção , grande e dura . Aaah que saudade de sentir isso , minha calcinha ficou mais molhada . Ele olhou-me fixamente antes de beijar meus lábios e chupar o de baixo lentamente , colocou as mãos em meus cabelos , parecia estar sendo doloroso para ele , mas ele não parava . Eu agora estava entendendo , ele estava tentando se controlar . Parei o beijo e peguei seu rosto com as duas mãos e disse :

— Não se controle , pode brincar comigo , pode me dar umas palmadas , me chupa inteira , me deixe roxa , me foda forte , me abu–ele interrompe o minha frase e já havia me deitado no chão , beijou meu queixo e depois meu pescoço , parou e puxou meu vestido para cima , me deixando apenas com as roupas de baixo , ele mordeu meu ombro , meu pescoço , tirou meu sutiã apressadamente , descontrolado e eu ansiava por esse descontrole , abocanhou um dos meus seios e apertava o outro com força , beliscava , mudou de seio e o chupou parecendo com fome e eu me contorcendo inteira , a beira do abismo , louca e sedenta por ele . Não achando justo apenas eu semi nua , fui desabotoando sua blusa com pressa , minhas mãos tremiam .

Esse homem é a minha perdição .

Tirei por completo a blusa dele e fiquei analisando com fome seu abdômen definido e seus braços . Sem dó o arranhei de cima para baixo e ele suspirou , me olhou depois com um sorriso malicioso e puxou a minha calcinha com força , o que a fez arrebentar .

Lá se vai mais uma ! Porra Sasuke !

Sem delongas , ele abriu minhas pernas , com aquela delicadeza que só ele tem e me penetrou dois dedos de uma vez !

— AAAH ... PORRA ! – geme sôfrega .

Ele me olhou mais pervertido ainda (se é que da para ser mais ) e disse :

— Tão molhada , irritante ! Estava pronta a noite toda é ? – ele tirou o dedo de minha vagina e os chupou lentamente , me olhando nos olhos e sinceramente ? Pensa num homem que foi erótico ! Ele enfiou de novo – Ensopada , é a palavra que definiria você ! Sente , vou te mostrar . – ele tirou os dedos e passou na minha cara  e depois enfiou na minha boca , começando a socar ali , a primeira socada quase me fez engasgar , mas me mantive firme e chupando o dedo dele como se fosse um sorvete . Ele tirou da minha boca e por fim pegou em meu pescoço e o apertou , me sufocando , abriu minhas pernas e desceu chupando tudo , abriu minha vagina com a outra mão e chupou meu clitóris . Eu me contorci de tal forma que quase levantei , se o Sasuke não tivesse me sufocando . Aquela língua , fazia círculos , depois chupava com força , logo puxando com o dente e eu já estava lá vermelha sem ar e por não poder gemer , quase me engasgando com os meus gemidos , ele enfio três dedos em minha vagina e isso quase fez eu gozar , revirei os olhos , não estava mais aguentando , tive que pedir para ele me deixar pegar ar :

— Sa-Sa-suk-ke ... A-ar ! Eu ... P-pr-eci-s-o ! – ele entendeu e afroxou , respirei fundo mas foi o tempo dele chupar com força e morde os meus lábios vaginais , socando os dedos com força , e me sufocar novamente . Um calor foi se apoderado de mim e se alastrando pelo meu corpo , mas parando em cima da ponta de meu estômago , tomada pela in lucidez , comecei a me mexer de um lado para o outro , tentando puxar o ar , mas nada vinha , ele dessa vez apertou mais forte . Ele tirou os dedos de minha vagina e disse :

— Abre a boca . – sua ordem foi atendida pelo meu corpo que nem ao menos eu controlo quando estou perto dele . Eu abri a boca e ele soco os dedos ao fundo , batendo em minha garganta , me fazendo engasgar , mas não conseguindo emitir som , já que ele ainda pressionava em meu pescoço , sem ar , delirando , a ponto de gozar e ele vai e me mordi na barriga , dor e prazer misturado . Desceu novamente para o meio de minhas pernas , mas ainda socando os dedos em minha boca , chupou novamente meu clitóris que estava pulsando e dolorido por tanta força e pressão que ele faz ali . Ele começou a fazer círculos novamente , chupou , mordeu e puxou , assim eu gozei na boca dele . O gemido alto foi prendido e isso me fez delirar , me contorcer , eu precisava me libertar , mas Sasuke estava prolongando , ainda chupando , puxando e mordendo e me apertando o pescoço , que parecia dar mais intensidade ao meu orgasmo , não conseguindo me libertar . Sasuke parou de me chupar , mas ainda me sufocava , ele subiu por completo em uma de mim e me beijou , sem que eu correspondesse pelo o ar me faltando . Ele me soltou e o grito , os gemidos e a excitação que prendi se soltou de uma vez  , causando novamente meu orgasmo .

É começamos bem , dois orgasmo com uma só chupada , isso que eu chamo de lingua dos Deuses !

— Aaaah ... Aahhh ... Aaah , ai to dolorida na vagina agora . – eu disse o fazendo da um sorriso maldoso , vê ele se levantar , tirar a calça e a cueca , antes que eu corresse , ele já estava no meio das minha pernas de novo . – Sasuke , você acabou comigo , estou dolorida , vai doer se você for me co– ele socou tudo de uma vez , bombando três vezes rápido e fundo . Gritei , meu dedos dos pé , se contorceram e eu me tremi toda , a dor era algo inevitável , já que eu estava sensível pelo meu recente orgasmo .

Ele me fez olhar em seus olhos enquanto bombeava dentro de mim , grande , grosso e as enfiadas dura e fundas , eu sentindo ele bater em meu estômago , talvez um pouco exagerado , mas a dor veio dali . E ele disse :

— Ta achando aqui que é só você que vai gozar ? – ele perguntou irônico , mas com a respiração descompassada pela rapidez e força que fazia , eu gemia sem parar olhando em seus olhos e ele se aproximou da minha boca e disse : – Seu prazer é meu prazer e nós somos donos de nossos corpos , lembra ? – nem consegui responder pela estocada forte que ele deu . Dentro fora , dentro fora , mordidas e tapas, eu arranhava as costas dele e isso o fazia revirar os olhos . Ele parou bruscamente para meu descontentamento que já estava prestes a gozar outra vez , me virou e me colocou de quatro , sem esperar qualquer segundo me penetrou fundo . E agora realmente dava pra sentir ele batendo em meu estômago . Minha boca formou um O e ele não parava de meter e a cada gemido de seu nome , ele me dava um tapa forte , minhas pernas tremiam e pressenti um novo orgasmos que não demorou a acontecer , me desfiz e cai no chão sem forças para continuar .

— Aaaaah ... – eu gritei pelo meu terceiro orgasmo apenas em uma noite .

Ele me agarrou com um braço a cintura , me fazendo ficar na mesma posição de antes e disse .

— Ainda não gozei . – ele disse em sussurrou e voltou a me estocar forte , fundo e rápido . Eu estava muito sensível e isso estava muito dolorido , mas deixei ele ter seu próprio orgasmo , me usando . Eu gemia baixou e ele também , percebi seu pau inchar e ele explodi com sua ultima estocada que me fez gritar de tão forte .

Caímos os dois no chão , ele em cima de mim e totalmente cansados , seu pau ainda estava dentro de mim , o que me causava certa dor e ele percebendo por conta de meus gemidos de dor tirou , mas continuou em cima de mim , mordendo minhas costas e chupando .

Certeza que amanhã vou estar com muitas marcas .

Após já estar um pouco melhores ele levantou e me pegou no colo me levando para o quarto , me colocando na cama e se deitando comigo . Fiquei aconchegada em seu peito e assim adormecemos .

       {----------------------¥-----------------------}

Ainda no mesmo dia de madrugada , eu acordo com fome .

Mas não é fome normal não !

É de Sasuke Uchiha .

Molhada em plena madrugada , com ele tão perto me dava mais calor ainda . Sem me controlar , sai de cima dele , e me abaixei na altura de seu pênis , onde ele estava mole , mas a minha boca salivou e eu queria muito , só que não sabia se eu iria fazer certo , decidida a arriscar . Peguei seu pau de vagar , ele se mexeu mas não acordou , ainda bem , segurei firme e fiquei olhando , curiosa passei a lingua na cabecinha e assim fui fazendo apenas lambendo e ele já estava endurecendo aos pouco , mas Sasuke continuava de olhos fechados dormindo . Desconcertada , aproximei minha boca e passei a chupa-lo devagar e sem pressa , o que não cabia na minha boca , eu batia uma punheta com a mão . Comecei a acelerar o ritmo e percebi ele gemendo pouco e abrindo os olhos . Surpreso e excitado ele me olhou e depois caiu de novo na cama suspirando rápido e disse :

— Ai ... Caralho ! Você não existe garota ! – sorri com o pau na boca e aumentei a velocidade , ele dava suspiros e por fim sua mão agarrou meu cabelo com força , fazendo eu cair de boca ate tudo entrar em minha boca – Aaaah .– me engasguei mas ele não se importou , continuo me fodendo a boca de maneira alucinante .

E transamos a madrugada inteira .

            {-----------------------¥--------------------------}

Acordei e olhei para o lado , procurando o moreno , mas o que apenas encontrei foi minhas malas arrumadas , me lembrando de que iriamos embora hoje pela manhã .

Dolorida me levantei e fui para tomar um banho de banheira para relaxar . Vesti uma blusa de mangas que ia ate o cotovelo , uma saia cintura alta preta e uma sapatilha preta . Soltei meus cabelos , coloquei um óculos escuro e pulseira em cada braço . Desci para a sala e Sasuke estava lá no sofá , pelos cabelos molhados percebo que acaba de sair do banho

Sentei ao seu lado e me aproximei e o beijei , ele aprofundou o beijo e com a intensidade tenho certeza que se continuassemos não iria demorar para mim estar nua .

Separei-me dele com muito custo e disse :

— Uau . Que bom dia , hm ? – ele esta com um sorriso de canto maravilhoso e foi se aproximando me fazendo deitar no sofá e disse .

— Um bom dia mesmo , não ? – seu olhar continha malicia e ele contínuos – Mas quem não acorda de bom humor , quando uma rosada de madrugada te acorda com um boquete ? – eu fiquei vermelha , quase cavando um buraco para me enterrar ali . Ele riu da minha falta de jeito e levantou e estendeu a mão para mim , que a peguei e levantei ficando ao seu lado . – Vou lá em cima pegar sua mala , me espere na lancha . – antes dele se virar , peguei em seu rosto e o beijei com fome . Ficamos uns minutos assim em uma disputa , ate que eu me afasto e ele se vira e sobe as escadas .

Saio do chalé e entro na lancha e fico esperando ele .

Logo ele chega e me da um selinho e diz :

— Vamos voltar para o inferno e deixar as férias maravilhosas para trás . – eu estava um pouco abalada por ter que deixar esse lugar , já que foram 3 dias muito bons .

Espero que continue assim .

{--------------------¥--------------------}

Passamos na minha casa para deixar as mala e fomos para a da familia de Sasuke , que era um verdadeiro espetáculo posso dizer .

Fomos recebidos pela mãe de Sasuke , Mikoto , chorando dolorosamente e soluçando .

Eu estava sem entender e pela cara de Sasuke , nem ele .

— O que foi mãe ? O que aconteceu ? Me fala logo ! – ele pegou o rosto dela nas mãos e pedia para ela explicar .

Ela estava tentando se acalmar e quando fez disse

— Seu pai ... – Meu coração gelou . – ele sofreu um acidente !

Puta merda !

Sasuke ficou pasmo e pálido , me aproximei e coloquei minha mão em seu ombro e ele disse :

— O que ? 


Notas Finais


— Iiih , o que será que aconteceu com o Fugaku ?
Minha pergunta é :
Mato ou não mato ele ?
Comentem e eu decidirei


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...