1. Spirit Fanfics >
  2. Casamento Arranjado >
  3. Conhecidos Desconhecidos

História Casamento Arranjado - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Não resisti. Não sei como vou estar atualizando as duas, mas prometo tentar não atrasar muito.

Capítulo 1 - Conhecidos Desconhecidos


Fanfic / Fanfiction Casamento Arranjado - Capítulo 1 - Conhecidos Desconhecidos

Eventos sociais são sempre a mesma coisa.

As mesmas caras plastificadas, muita extravagância das roupas a decoração, muita pabulagem, muita falação desnecessária, muitas perguntas bobas, muita gente chata, muito sorriso falsa, muita gente tentando se aproveitar da fama dos outros.

- Nós temos mesmo que vim para eventos assim?

- Você sabe que sim.

- Não é divertido.

- Eu sei, mas acabamos de chegar, não é como se pudéssemos tirar fotos e ir embora. Tentem socializar um pouco ok?

- Cara, odeio socializar em eventos assim.

- Nem me fale. O que eles pensam quando estou preparando o roteiro de entrevistas?

- Pois é, eu me pergunto se as perguntas são fruto de salários medíocres. Não há sinceridade.

- Eu sei gente, eu sei, mas vamos manter o foco e responder educadamente.

- Vou treinar minha cara de paisagem mais um pouco.

- Boa idéia.

- Pelo menos tem bebida. Só assim pra aguentar essa chatisses.

Não posso culpar nem reclamar do desânimo, já faz um tempo que essas coisas perderam de fato a graça, porque hoje é apenas para publicidade, nada com significado de verdade e esses dias são os piores.

Sem contar que as pessoas... isso aqui parece mais um circo. Eu particularmente sou muito ligado a coisas de moda, gosto de me vestir bem, não apenas conforto, mas praticidade tem que andar de mãos dadas com estética e beleza e nesse tipo de lugar o que deveria ter sobrando seria bom senso. As pessoas que trabalham no ramo de moda tem cada idéia. As mulheres principalmente, variam de vestidas de mais ao ponto de mal poderem andar, à vestidas de menos, alguém deveria dizer à este tipo em específico que tecido não é caro. Credo! Alguns homens também se superam, há casacos de todos os tipos, as gravatas com estampas diversas, lenços horrendos e mal colocados, é uma agressão aos olhos.

Mas de vez enquando há aqueles que se destacam positivamente. Este é exatamente o caso que acaba de entrar no salão, a cor vermelha é uma cor quente, chamativa por natureza, ela é como dourado. Em si só chama atenção...

Vermelho que é a cor da paixão, do fogo, do sangue. Eu gosto de vermelho. Mas como uma pessoa consegue elevar ainda mais uma cor? Pois é, a roupa em questão parece viva, é um traje tradicional e ao mesmo tempo moderno, longo, o sobretudo transparente bordado intrincado e Belo. Ele é chamativo e discreto e vejo muito olhos se voltarem para dar um segunda conferida. Não consigo ver o rosto da portadora do tal vestido, mas é uma verdadeira obra de arte. Ela não parece ter dificuldade em se locomover com ele, ela parece inclusive flutuar por entra a multidão que se abre para ela. É perfeito!

Depois de um tempo e algumas taças amargas de champanhe, eu prefiro uma boa cerveja mas não servem esse tipo em festas assim, o que torna tudo ainda mais enfadonho. Eu preciso dar um tempo, não aguento mais, faço uma varredura pelo local e vejo que estão todos se comportando então eu saio à francesa e subo. A melhor parte de ser VIP é que você tem acesso a todos os lugares, e a vista do telhado dessas corporações que oferecem eventos desse tipo são os melhores, quanto mais alto, melhor a vista. E é para o Alto que eu vou. E a vista não decepciona. O vento está frio e até forte, mas isso é gostoso. O horizonte, todas as luzes abaixo, e... Vermelho! Ora ora ela está aqui. Apesar da pouca iluminação posso admirar melhor a vista, longos cabelos negros dançam ao vento, perfil magro, imponente, ela tem porte de dama da sociedade, dá O sempre chatas, mas ao menos ela tem bom gosto para roupas.

-Mas está com frio? - Eu pergunto quando chego perto da parede de proteção onde ela está ligeiramente inclinada olhando a paisagem.

- Não ouvi você chegar.

- Desculpe não queria lhe assustar.

- Tudo bem. Eu já estava saindo. Como você disse, está frio.

- Se eu lhe emprestar meu casaco, você me faria um pouco mais de companhia? Não vou fazer nada, só não quero que deixe de apreciar um pouco mais a vista.

- Não precisa implorar. - ela responde sorri um pouco tímida, ora ela tem senso de humor.

- Aqui- Digo tirando meu sobretudo - posso? - pergunto por educação e coloco ele sobre seus ombros, ela tem um perfume sutil e a cada segundo fico mais encantado.

- Obrigada.

- O que faz sozinha aqui em cima?

- Provavelmente o mesmo que você. - ela desafia e me desarma.

- Você ganhou!

- Detesto eventos desta qualidade mas a vista de lugares como esse compensa a chatisses.

- Porque vem? Desculpe não queria ser intrometido.

- Porque vem a esse tipo de evento?

- Publicidade.

- Exatamente. Porem estou como acompanhante.

- Seu ...-dou uma conferida em sua mão é não vejo aliança- companheiro não vai sentir sua falta?

- Meu irmão- ela dá ênfase e sorri pra mim, pego conferindo - está ocupado, se eu quiser posso inclusive ir embora que ele não dará falta.

- Sinto muito, não queria ser indiscreto.

- Você não foi, afinal indiscreto seria me perguntar se sou casada.

- Você é? - pergunto antes que eu consiga me parar

- Ah você está aí!- ouço a voz do meu irmão vindo em nossa direção. - opa não queria atrapalhar. Eu vou esperar você lá em baixo.

- Não tudo bem, eu já estava de saída. Obrigado pelo casaco Sr Namjoon.

Ela diz me entregando o casaco de volta e fazendo uma leve reverência para mim e Hobi e sai andando elegantemente.

- Quem era?

- Oi?

- A sereia vermelha. Quem era?

- Eu não sei.

- Como assim você não sabe?

- Eu não sei! Não perguntei.

- Você precisa aprender um pouco mais da arte de sedução, como você fica sozinho com uma deusa como aquela e não pergunta nem mesmo o nome?

- O que você quer?

- Estão todos prontos pra sair desse lugar.

- Certo. Vamos então.


Notas Finais


Então...
Se gostou deixe seu amor


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...