História Casamento Arranjado (Imagine Yoongi) - Capítulo 10


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags S/n X Yoongi, Você X Yoongi
Visualizações 156
Palavras 696
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeonghaseyo, Amoras
Desculpa a minha demora mas tá aí o cap!!!😁😁😁
Esse promete 😏😏😏😏😏

Capítulo 10 - IX - Eu Comando! (Hot)


Fanfic / Fanfiction Casamento Arranjado (Imagine Yoongi) - Capítulo 10 - IX - Eu Comando! (Hot)

                                                                          POV's Yoongi                                  Junho, 16 de 2018                                      Hora:21:30

Quando vi ela descendo as escadas com aquele vestido, minha sanidade se foi completamente! Logo eu agarrei sua cintura e a beijei ferozmente. Deitei seu corpo com cuidado no sofá e tirei minha camisa, já subindo novamente no estofado.

- Você não devia ter me provocado assim! – Falei deixando uma mordida em seu pescoço e logo em seguida um chupão que a fez arfar.

- Yo - Yoongi-Ah! Não estava pr – provocando ninguém! – Falou puxando meus cabelos cuidadosamente enquanto minha boca trabalhava em seu pescoço.

- Hum! Eu sei que você quer mais do que eu!

Ela me olhou, acariciou meu rosto e me beijou novamente. Eu tirei a peça que atrapalha nosso momento e jogo o seu vestido em algum lugar. Faço uma trilha de beijos de sua boca até o cós de sua calcinha e deposito um pequeno selar, por cima do pano, em sua intimidade. Ela curvou um pouco as costas para trás e soltou o ar que estava acumulado em seu pulmão.

- Se è assim, vou te mostrar onde fica o meu quarto! – Ela fala me tirando de cima dela e me guia até o quarto.

Entramos no seu aposento e já fui trancando a porta do quarto.

- Agora você não me escapa! – Falou puxando-me para ficar em sua frente e ela já foi tirando a minha calça. – Eu comando aqui! – Me jogou na cama e subiu em cima de mim e me beijou delicadamente. Sua bunda roçava em meu membro e eu já não aguentava mais, tinha que ter ela em minhas mãos! Então, troquei de posição e já fui tirando o resto de suas roupas. (S/N) já estava toda suada e quente, sendo que nem começamos ainda.

Retiro minha cueca e sem avisar eu a penetro com força. Seu gemido è alto o suficiente para acordar os nossos vizinhos. Uma lágrima caiu de seus olhos no colchão, deu dó? Deu, mas a culpa é minha de não ter avisado!

- Vai d-devag-gar – Falou se recuperando.

[...]

Um tempo depois nosso ritmo começou a ficar mais rápido e só se ouvia a cama batendo na parede, nossas respirações e gemidos. (S/N) chegou em seu ápice já não aguentando mais, eu dei mais algumas investidas e deixei seu corpo com um último beijo, me desfazendo em sua barriga e me joguei em seu lado ofegante.

- Eles devem estar preocupados com o nosso sumiço – Disse ofegante e em pausas rápidas.

- Sim! Vamos nos trocar e ir logo quero aproveitar o resto da festa! – Nós nos levantamos e fomos para o banheiro, tomamos banho e nos trocamos.

Fomos em direção ao salão de festa com a limosine em um pouco mais de 50 km/h, faltava pouco para chegarmos.

[...]

A festa já tinha acabado e estávamos voltando para casa. Nossa lua de mel será no Brasil, Rio de Janeiro, daqui algumas horas estaremos entrando no avião. Nós não vamos ficar em um hotel e sim em uma ilha, lá tem uma casa na beira da praia. Sorte que meu avô deu essa ilha pra mim!

Finalmente chegamos em casa.

Entramos e eu já fui em direção ao quarto me deitar. (S/N) estava arrumando as coisas para partirmos e logo ela iria tomar banho.

(...)

Estamos no aeroporto de Seoul esperando para que o nosso embarque seja chamado.

- Vou pegar algo para comer, você quer? – Perguntou se levantando

- Só um suco. – Dei um sorriso e ela foi em direção a loja comprar as coisas. Logo ela estava voltando com uma sacolinha em mãos e o nosso vôo è chamado

- Por favor os passageiros do avião 3894, com o destino para o Brasil, ir para o portão de embarque 5. – (S/N) apertou o passo, pegou sua mala e fomos para o portão. Entramos no avião e logo ele estava cheio. A aeromoça começou a falar como se usa a máscara de gás ( aqueles saquinhos que caem quando o avião está pra cair, eu esqueci o nome então vai ser máscara de gás), ela pediu para desligarmos os nossos eletrônicos e para colocarmos o cinto de segurança, pois o avião iria começar a decolar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...