História Casamento arranjado- Kim Jungwoo - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Blackpink, ITZY, Monsta X, Neo Culture Technology (NCT), TWICE
Personagens Chenle, Doyoung, Haechan, Hansol, Hendery, Jaehyun, Jaemin, Jennie, Jeno, Jihyo, Jisoo, Jisung, Johnny, Jungwoo, Kun, Lisa, Lucas, Mark, Min Hyuk, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, RenJun, Rosé, Sana, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, XiaoJun, YangYang, Yeji, Yuta
Tags Casamento Arranjado, Jiyeon, Kim Jungwoo, Nct
Visualizações 23
Palavras 732
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - 03


_Jungwoo On_

-Falaram pra eu tentar ser legal com ela pra ver se chegamos a um tipo de 'acordo', eu até tento mais parece que ela só quer se livrar de mim! Isso vai ser impossível se ela não colaborar.

...

No dia seguinte, me levanto e faço minhas higienes e desço para a cozinha pra poder fazer o café da manhã, enquanto ela ainda esta dormindo.

Depois de terminar arrumei tudo em cima da mesa e me sentei esperando ela aparecer. Enquanto a esperava recebi uma ligação de seu pai, logo atendi.

Jungwoo: alô?

S/p: Bom dia, como vai às coisas?

Jungwoo: ah... Estão indo bem!

S/p: poderia me encontrar hoje?

Jungwoo: bem, acho que não tenho nada pra hoje. Que horas quer que eu te encontre?

S/p: a hora que quiser vir, vamos conversar um pouco sobre a Jiyeon. Umas coisas que precisa saber, ou algo que queira falar sobre ela.

Jungwoo: hmm... -ri baixinho- isso parece interessante... Digo, só vou tomar meu café e saio pra encontrar com você!

S/p: fechado! Ate logo então. -desligou-

Isso parece ser bem interessante, saber sobre as coisas que Jiye já fez. Talvez posso usar alguma coisa contra ela se a garota me irritar de mais. Enquanto estava pensando, nem notei que ela já estava na cozinha sentada em uma das cadeiras, bem distante de mim.

Jungwoo: Bom dia "princesa"

Jiye: bom dia...

Jungwoo: ah esqueci de te falar, vamos sair pra nossa "lua de mel" amanhã a noite. Então espero que arrume suas coisas ate la senão vou sem você ou arranjo outra garota pra ir comigo -sorri-

Jiye: estarei pronta, ou caso eu não seja o suficiente pra te satisfazer arrume outra. -droga por que disse isso?! Foi sem pensar!-

Jungwoo: uau ela tem atitude... Tenho que sair agora pra resolver uns negócios. Não faça bagunça -peguei a chave do carro-

Jiye: posso saber aonde? 

Jungwoo: não é da sua conta, gatinha -sai de casa e entrei no carro-

Fui dirigindo em direção a casa do pai de Jiye, demorou uns minutos pra chegar la.

S/p: entre.

Assim fiz, me sentei em uma das poltronas da sala.

Jungwoo: e então... O que preciso saber? 

S/p: o que gostaria de saber primeiro?

Jungwoo: -pensei por uns segundos- me conte os pontos fracos dela.

S/p: o que eu sei é que, Jiyeon, não gosta de ficar trancada em lugares pequenos, ela acaba ficando desesperada. A solidão, desde pequena sempre teve medo de ficar sozinha

Jungwoo: bom saber... Ok, me conte outras coisas 

S/p: ela já foi expulsa de um dos colégios que já estudou, por ter se trancado no banheiro com um garoto so pra poderem se divertir, se é que me entende. Ficou com uma garota dentro da biblioteca, mas pelo que a diretora me contou na época as duas estavam quase fodendo la mesmo -riu com o próprio comentário-

Jungwoo: sua garotinha não é nada pura, então?

S/p: nem um pouco

Jungwoo: estranho um pai falar assim da própria filha, parece que você a chamou de vadia usando outras palavras -arqueei uma sobrancelha-

S/p: qual o motivo de estar defendendo ela?

Jungwoo: eu? Hmm... Eu não a defendi senhor. Tem mais algo que preciso saber? 

S/p: acho que não, algumas coisa você vai descobrir com o passar do tempo.

Jungwoo: ótimo acho que já sei o suficiente.

Quando estava prestes a me levantar pra ir embora entra uma garota na sala. Me lembra a minha "esposa"

Jungwoo: Olá... Você não seria a irmãzinha da minha esposa?

Mi-Cha: sou eu! Me chamo Micha tenho 17 anos. E uau minha irmã é uma sortuda 

S/p: filha!

Jungwoo: sim ela é uma sortuda -sorri- você é muito linda -olhei ela de cima a baixo-

S/p: se parece muito com a irmã senhor Jung.

Jungwoo: -ri- pai ciumento -fui com ele ate a porta-

S/p: estava flertando com minha filha?

Jungwoo: olha eu percebi uma coisa, você trata Jiyeon como se fosse uma merda tem razão de ela ser meio revoltada. Tanto que vocês praticamente me deram ela para que eles possam usar ela da maneira que bem entender, enquanto a outra você trata como um bebê.

S/p: senhor, não vamos tocar neste assunto.

Jungwoo: certo... Mas eu sei que estão fazendo isso só por que estão falidos! Mas não se preocupe o cara aqui vai cuidar bem da garotinha do papai -entrei no carro e fui embora-

As coisas que ele me contou hoje serão com certeza muito úteis em algum momento pra mim.

Agora é só esperar nossa lua de mel.. 







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...