História Casamento Arranjado (Min Yoongi) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 17
Palavras 692
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sei lá o jeito que eu desapareço é diferente.
Perdoem-me pela minha ausência, infelizmente foi preciso da uma sumida com os capítulos. Tentarei ser atualizada e irei dar o meu máximo, obrigada pela paciência :)

Tenha uma boa leitura.

Capítulo 2 - Capítulo II


1 semana depois do ocorrido.

Point of view May~

Não parecia ser real... Parecia ser um pesadelo, um pesadelo no qual não consigo acordar, se passaram uma semana desde aquele contrato, desde lá estou ao máximo evitando as ligações de meu pai, não quero ter que ouvir suas reclamações — Então é real... 

Meus amigos foram os primeiros a saber, já que eu estava horrorizada e acabada, foram eles que me ajudaram e até o Tae disse que iria ter um papo de mano a mano com o meu pai, mas pedi para que não o fizesse pois causariam mais problemas.

– Hey pequena? – Olho para o Tae me despertando de um transe.

– Sim? 

– Tem certeza que está bem? – Perguntou olhando em meus olhos.

– Por que não estaria? – Dei um sorriso forçado.

Eu desmonstrava ser uma pessoa determinada e forte, mas na verdade sou fraca e estou com medo desse casamento, não era algo que estava em meus planos, não agora... Eu pretendia aproveitar, viajar, sair com meus amigos. Que inferno de vida!

– Olha... Eu prometo que você vai sair dessa, não ache que a deixarei tão fácil assim. – Disse me fazendo dar um pequeno sorriso.

Eu sempre soube da pequena quedinha do Tae por mim e não vou mentir, é recíproco, mas não pensava ter um relacionamento sério, apenas caso e ele sabia disso, mas não significa que não temos um, pelo contrário... Apenas ninguém sabe.

– Obrigada Oppa... 

Sei muito bem o ponto fraco do TaeTae e um deles é chamar ele de Oppa.

– Ah Mau, não faz isso comigo... – Disse rouco.

– Mas... Eu não estou fazendo nada Oppa. – Me fiz de inocente dando um sorriso ladino.

O ouço rosnar e me puxar para o seu colo, envolvendo seus braços envolta de minha cintura. — Filho da mãe!

– Tae! Para ou alguém pode chegar... 

– E quem poderia? O Jungkook? Ou a Julie? Vamos lá May faz tempo que não recebo seu toque... – Disse rouco e excitado.

– Hum... Minha resposta continua sendo "não" Tae. – Dei ênfase olhando para o maior.

O mesmo não falou mais nada, apenas fez, ele me puxou mais para si deixando poucos centímetros de seus lábios beijáveis, sem pensar duas vezes, eu iniciei um ósculo perfeito, pedi passagem com a língua que foi retribuída da mesma forma, ele passa uma de suas mãos pelo meu corpo até chegar em minha cintura me pressionando contra sua ereção —Céus! 

– Olha o que você faz comigo May... Isso é uma tortura para mim... – Disse ofegante e rouco.

Apenas fiquei calada e resolvi o provoca-lo mais ainda, comecei a rebolar em sua ereção o ouvindo suspirar e jogar a cabeça para trás, apertando minha cintura e eu não parei com os movimentos.

Mas tudo o que é bom... Dura pouco. O meu celular toca, resolvi ignorar, mas a pessoa que me ligava era insistente, bufei alto e peguei o celular atendendo sem ver quem caralhos era.


– Alô??!

– Por que não atendeu antes?!

Era meu pai. Olhei para o Tae que respirava fundo e me olhava serenamente, puta merda! Que homem!


– Mary?? 

–Ah... O que foi?

– Eu perguntei... Não, isso não importa, vim apenas lhe avisar que iremos ir para um almoço na casa dos Min's a mãe do Yoongi quer lhe conhecer e não adianta dizer não, está marcado e feito, nos vemos amanhã.

Encerrou a ligação.

Mas que porra! 

Era só o que me faltava!

A Mãe daquele mesquinho quer me conhecer!

É mole?


– Quem era? – Olhei para o maior e suspirei.

– Adivinha? Meu pai, apenas ligou para dizer que terei um almoço em "família" com os Min's, que ótimo, não? – Ironizei.

– Quer que eu vá com você? –Perguntou e eu apenas neguei com a cabeça.

– Meu pai não gosta muito de você, na verdade ele não gosta de ninguém! – Bufo.

Eu tinha me esquecido que eu ainda estava sentada no colo do Tae e ele ainda estava extremamente duro, acabei me mexendo "sem querer" o fazendo gemer baixinho.

– Eae galera! Vamos aproveitar essa... Ops... – Julie gritou.

Merda...

– Ju... Será que não esquec-... – Agora Jungkook entrou e parou do lado de Julie olhando para mim e para o Tae.


Mas nem ferrando que isso tá acontecendo!


Continua...


Notas Finais


\(◎o◎)/ loool tá pegando fogo aqui bish!
Espero que tenham gostado e mais uma vez me perdoem pela demora!
Até a próxima!
(๑˙❥˙๑)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...