1. Spirit Fanfics >
  2. Casamento Arranjado Suga >
  3. Capítulo 1

História Casamento Arranjado Suga - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Já postei essa história no meu antigo perfil quem me acompanhava no perfil @ParkEvie vai ver que têm algo diferente.
Decidi mudar a história um pouco o que eu lembro da história mais um pouco que vou colocar.
Aproveite o capítulo peço desculpas por qualquer tipo de erro ortográfico a história vai ser corrigida depois.
Vamos ajudar essa história chegar aos 1.000 favoritos como estava na minha antiga conta, não deixe de comentar.

Capítulo 1 - Capítulo 1


Minha vida está um inferno deste que eu descobri que eu ia me casar com uma menina que tem apenas 17 anos que está no último ano da faculdade,meus pais falaram que ela é uma menina prodígio como eu que me formei na faculdade com 18 anos de idade,deste aquele dia passei odiar sem ao menos ver como ela é meu pai já mandou eu para de aventura com minha secretária que é uma verdadeira safada vem sempre manhosa para o meu lado apenas pego e pronto, descobrir o nome da minha noivinha que tanto odeio descobrir a faculdade.

Meus pais não pensa eu tenho vinte e dois anos e ela tem dezessete anos sou cinco anos mais velho que ela o que vão pensar de mim casado com uma noivinha, já tem uma semana que eu a vigio na entrada da faculdade sempre vai a faculdade de moletom cabelo preso usar óculos sempre tem um grupinho de três meninas que sempre implica com ela.

Nesse exato momento estou encostado no meu carro observando ela sentada num banco lendo um livro a mesma levantou a cabeça ser assuntou pois eu estava olhando encarei ela do outro lado da rua, tão medrosa que levantou rápido pegou a mochila e nervosa deixou os livros cair no chão pegou rápido correu olhou para trás ainda dei um tchauzinho para mesma.

Garota estúpida não acredito que vai ser ela que tenho que casar e ficar casado por cinco anos onde você me enfiou vovô,seguir o meu caminho para empresa assim que eu cheguei minha secretária está na porta da com um decote enorme garota ridícula,entrei no elevador com ela assim que ela fechou veio para cima me beijou só parou quando chegou no meu andar fui direto a minha sala tive uma bela surpresa meu pai estava ali no sofá de braços cruzados.

Sr Min: está Atrasado para reunião dez minutos Min Yoongi.

Sg: aconteceu um imprevisto pai.

Sr Min: o imprevisto foi na boca da sua secretária seu cachorro.

Sg: você sabe como eu sou pai.

Sr: melhor você para com essas aventuras dentro da empresa com a sem vergonha da sua secretária.

Sg: hum então vou levar ela para meu apartamento- falei debochado com ele por sei bem que ele odeia.

Sr Min: Nei no seu apartamento no lugar nenhum Yoongi ser comporta você em dois meses será um homem casado e na próxima vez quando comer uma puta no seu escritório põe uma fita adesiva na boca eu não sou obrigado a ouvir gemidos.

Sg: vamos a reunião?

Sr Min : cancelei as meio o dia e meia esteja no restaurante o de sempre que vamos.

Sg: algo em especial?

Sr Min: almoço com os pais da sua noiva e ela vamos apresentar você a ela.

Sg: estão ligado que ela tem 17 anos e eu 22 anos vai pegar muito mau isso.

Sr Min: ela foi prometida a você quando tinha cinco anos e ela deste quando estava na barriga da mãe.

Sg: estamos em pleno século vinte e um ainda querem obrigar os Filho a se casar.

Sr Min: a empresa precisa de um herdeiro e você precisa está casados para assumir a presidência foi o que seu bisaavô que decretou só poderá assumir a empresa sendo casado foi assim com meu pais e foi comigo e será com você.

Sg: quando eu tiver um filho ele vai está livre para escolhe com quem ele quiser.

Sr mim: que mudar isso? Ótimo case com a Park Sn e poderá mudar isso.

Sg: como eu odeio isso que inferno eu não quero me casar com ele e ninguém.

Sr Min: quebre o contrato que o império todo da família Min vai todos para a Sn assim também caso ela desita a empresas Park será sua, não quer ficar casado espere cinco anos.

Sg: eu vou fazer a vida dessa garota um inferno.

Sr Min: nei ouse levantar a mão em bater nela.

Sg off

Sn on

Depois daquele episódio aquele cara me encarando tem uma semana que eu vejo me observando será que ele é um traficante de mulheres,estava pensando o motorista quando meu amigo ser aproximou meu único amigo.

Tae: como anda minha princesa selvagem?

Sn: tensa e nervosa

Tae: se quiser mais tarde eu tiro esse nervosismo.

Sn: para Tae- fiquei corada.

Tae: não se do porquê ainda fica corada quando falou isso, você é uma selvagem entre quatro paredes.

Sn: Tae- me abraçou.

Tae: se quiser estou a sua disposição para usar e abusar de mim hoje.

Sn: vou aceitar.

Tae: seu motorista chegou- me deu um selinho- sussurrou no meu ouvido- eu adoraria ver você com aquela lingerie preta que eu te dei de presente- entrei no carro.

O Tae sempre safado as vezes um santo eu gosto da nossa amizade colorida eu perdi a minha virgindade com ele eu tinha quinze anos adoro a sua amizade o que eu sinto em relação a ele apenas desejos carnais e claro a loucura que a gente faz no quarto, cheguei em casa vir o carro do meu pai milagre só vejo no jantar junto com minha mãe.

Entrei em casa os dois estava conversando assim que me viram pararam ia subindo a escada até o meu pai falar.

Sp: vamos almoçar num restaurante com a família Min então se arrume

Sn: okay.

Sm: use as roupas que eu compro para você nada de moletom ou calça Jeans ou tênis.

Sn: sim senhora Park.

Sm: Olha o seu deboche.

Sn: para que vocês tiveram uma filha? Para tratar como fosse um nada.

Sp: do que está falando.

Sn: que vocês nunca estão presentes na minha vida quando estamos juntos no jantar sempre é negócio quando sair e sempre festa de negócios nunca um momento família quando o vovô era vivo rimos esse momento.

Subir com tanta raiva fechei a porta com brutalidade fui tomar um banho quando sair do banheiro tinha um vestido, salto, jóia e uma bolsa de grife.

Sn: acha que eu sou criança para ficar me vestindo mamãe.

Tirei o meu roupão já tinha vestido a lingerie preta coloquei tudo aquilo soltei o meu cabelo botei meu óculos peguei a bolsa e celular e minha carteira botei dentro da bolsa.

....

No caminho fui em silêncio pelo menos era meu restaurante favorito na mesa tinha um casal e um rapaz de cabeça baixa jogando no celular.

??: Olá finalmente chegaram.- assim que falou o rapaz Levantou a cabeça me assustei era o mesmo que ficava me observando na faculdade ele deu um sorriso perverso isso me assustou.

Sp: essa é minha filha Park Sn.

??: olá,eu sou Min Yoon Ti essa é minha esposa Min Suran e meu filho Min Yoongi- então o nome desse cara é Yoongi.

Sg: olá Sn- falou num tom de raiva .

Sra Min: senta pessoal e pedir.

O Yoongi me encarava de um jeito assustado enquanto bebia um uísque isso estava me deixando nervosa.

Sra Min: Sn seus pais falam muito de você vai ser formar com dezoito anos começou tão cedo uma faculdade de admistraçao o que fez levar a fazer essa faculdade.

Sn: o meu avô ele sempre me ensinava a matemática por isso que adoro a matemática e decedi fazer.

Sr Min: o Yoongi ser formou cedo com apenas 18 anos.

Sn: ele tem 18 anos?

Sg: não querida tenho 22 anos.

Foi rude preferi ficar quieta até eles entrarem num papo de organização de casamento não entendi nada.

Sn: desculpa mas quem vai ser casar?

Sg: oras não sabe então eu te digo o nossos pais vão obrigar nos dois a ser casar daqui a dois meses.

Sn: o que ? – levantei com raiva.

Sp: isso mesmo.

Sn: estão malucos eu não vou me casar com ele e com ninguém.

Sm: filha ainda mandamos em você.

Sn: eu odeio vocês não quero ver vocês nunca mais na minha vida eu odeio vocês.

Sp: o seu avô que fez esse contrato de união.

Sair do restaurante colocando a minha bolsa de qualquer jeito corrir até um parque ignorei toda ligação do meu pai ou da minha mãe, liguei para o Tae veio me buscar com tanta raiva do meus pais e principalmente do meu avô por fazer isso comigo que no shopping apesar de eu não gosta de fazer compras comprei várias coisas caras.

Tae: está mais calma?

Sn: sim, Tae eu posso ficar aqui na sua casa.

Tae: o tempo que for meu amor.

Sn:eu vou ser obrigada a me casar com um tal de Min Yoongi.

Tae: o Yoongi é meu amigo gente boa lembra que eu falei que ia apresentar um amigo era ele.

Sn: no almoço dele parecia que queria me matar com olhar sinistro.

Nessa uma semana na casa do Tae faltei a faculdade aproveitei foi muito aqui posso dizer as aventuras quentes,decedi ir embora liguei para o motorista ajudou com minhas sacolas de compras.

Sehun: ei pequena fiquei sabendo o que aconteceu não fique brava com seus pais e tudo por seu bem.

Sn: me obriga a se casar?

Sehun: o seu pai só que deixa você bem de vida caso um dia ele partir.

Sn: hum.

Sair do carro ele me ajudou com as compras deixei tudo na minha cama quando desci meus pais estava na sala.

Sp: onde esteve por essa semana? Na casa do Kim Taehyung?

Sn: sim.

Sp: eu já falei sobre ir na casa dele e ficar dias você é uma moça de família e pare de ser comporta como uma vadia .

Sn: está preocupado Papai? Pelo que eu saiba nenhum do dois ser preocupa comigo,afinal vão me obrigar na ser casar com um desconhecido eu odeio vocês.- recebi um tapa dele.

Sp: abaixa o Tom não interessa vai ser casar.

Sn: eu nunca vou perdoar vocês por isso e o senhor nunca me bateu.

Sp: que compra milionária que você fez Sn.

Sn: esqueci você ser importa mais com o dinheiro do que o próprio bem está da sua filha.

Sm: Park Sn sobe para o seu quarto agora e você está castigo,se arrume vamos ver o seu vestido.

Sn: escolhe um preto assim melhor de tanta tristeza melhor que seja um velório em vez de uma porra de um casamento,eu vou odiar vocês para sempre.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...