História Casamento de contrato- Mitw - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Felipe Z. "Felps", Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Tags Mitw Cellps
Visualizações 333
Palavras 1.026
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, LGBT, Literatura Feminina, Orange, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura <3

Capítulo 21 - Cellpnix


PHOENIX

A enfermeira abre a porta após nosso longo abraço, que deve ter sido mais curto do que eu imagino, mas suas mãos pesadas ainda se posicionam em meus cabelos loiros, acariciando

-Senhor Felipe Zaguetti?- Ela pergunta, olhando para uma prancheta, ele tira sua atenção de meus fios e dando para ela- O senhor vai ter alta daqui a pouco, o médico já vai chegar! Mas enquanto não chega preciso te fazer algumas perguntas.- Ela diz, tirando seus olhos da prancheta e colocando em nós

-Pode fazer- Ele cruza as pernas na famigerada “perna de índio” em cima da maca enquanto me apoio na parede branca, sem encostar meu pé para não a sujar.

-Qual sua idade?- Ela diz, olhando para a prancheta.

-Eu... 24 anos?- Ele diz, num tom de dúvida pela falta de memória.

-Qual sua cidade de nascença?- Ela manda outra pergunta, ignorando a resposta anterior.

-Americana, São Paulo!- Diferente da resposta anterior, ele responde num tom certeiro.

-Nome do seu melhor amigo?- Ela pergunta, ainda indiferente.

-Ahm... não sei- Ele se abaixa, triste.

-Certo, obrigada, com licença- Ela sai do quarto e fecha a porta

-Como assim não sabe?- Pergunto, me desapoiando da parede.

-Eu tenho muitos amigos, mas nenhum que eu ache o melhor!- Ele diz, ainda sem olhar pra mim e sorri triste, o que quebra meu coração.

Totalmente...

O médico entra no quarto sorrindo simpático, quebrando totalmente o clima triste.

-Oi garotos!- Ele sorri, acenando com a mão esquerda, que parecia um pouco manchada de remédio- Então, como vai nosso paciente?- Ele retoma a fala, voltando totalmente sua atenção pra Felps.

-Com as pernas, se não estiverem moídas também- Diz, fazendo uma careta irônica, que me faz sorrir e o médico também.

-Certo, está ótimo! Vista suas roupas, podem ir embora!-Ele exclama sorridente logo saindo novamente.

Finalmente vamos para casa!

CELLBIT

Minha mente está tão confusa sem meu menino aqui, tudo gira, tudo treme como se tudo fosse desmoronar.

Eu estou sentado no sofá da sala enquanto ninguém me manda trabalhar ou algo assim, ouço algumas batidas rápidas na porta e pulo no sofá, na esperança que seja ele.

Abro a porta e dou de cara com um Felps escondido atrás do vaso de plantas e um Phoenix atrás dele, sei que a tentativa deles era me dar um susto mas eles falharam miseravelmente.

-Eu já vi vocês, podem sair dai- Semicerro os olhos e sorrio vendo meus alfas saírem de trás do vaso de 1,20 metros de altura enquanto eles tinham no mínimo, 1,75!

*QUEBRA DE TEMPO*

-E foi basicamente isso que aconteceu- Ele me explica, de cabeça abaixada.

-Você estava com ciúmes de mim?!-Pergunto num tom mais alto, sorrindo e o mesmo assente com a cabeça.

Eu levanto a cabeça dele e selo nossos lábios, os aprofundando logo depois iniciando um beijo carinhoso e sinto uma mão em minhas costas, olho para trás e vejo Phoenix sorrindo, sorrio para ele e selo nossos lábios num selinho demorado.

-Posso pedir uma coisa?- Eu digo, quase implorando.

-Claro!- Felps sorri, olhando para mim.

-Podem se beijar?-Digo me encolhendo um pouco, Phoenix sorri e felps o olha.

Eles iniciam um beijo lento me deixando excitado, ver meus dois alfas se pegando na minha frente era algo realmente instigante! A mão de Felps passava pela bunda de Phoenix que estava quase de quatro, vejo um certo volume na calça de Phoenix também.

-Vocês estão pensando o mesmo que eu?- Diz Felps, quebrando o beijo.

-Eu acho- Digo, sorrindo maliciosamente e partindo para cima dele, o derrubando na cama.

*QUEBRA DE TEMPO*

Chupo o membro de Phoenix enquanto Felps me penetra com os dedos que eu havia chupado momentos antes.

O pênis de Phoenix é grande então quase me engasgo com o mesmo, e quando faço isso sou recebido com um tapa na bunda forte vinda de Felps

-É assim que trata nosso convidado? Que feio, Rafa- Ele diz negando com a cabeça, mas logo depositando um beijo no lugar marcado que provavelmente ficaria roxo.

Sou penetrado pela glande de felps, logo me engasgando com o membro de Phoenix que sorri, olhando para mim.

-É engraçado ver você engasgado- Diz ainda sorrindo, me fazendo mostrar o dedo do meio- Assim que vai tratar seus daddys? Felps, o que acha que devemos fazer com ele?- Ele diz se fingindo de indignado, logo olhando para Felps.

-O que acha de não tocarmos nele até o final?- Ele o olha, me deixando com medo de “ser deixado na mão”

-Ótima ideia!- Phoenix concorda me fazendo desistir de relutar

-Oh baby, você foi um mal garoto, não fique assim!- Felps diz se aproximando de meu rosto mas logo sendo puxado por Phoenix que lasca um beijo de sua boca.

Me deixando excitado, coloco a mão em meu membro e me masturbando, mas sendo impedido pelo loiro.

Murmuro como reprovação e o mesmo olha pra Felps, que assente com a cabeça.

*QUEBRA DE TEMPO*

Eles penetram ao mesmo tempo em minha entrada, me machuca mas ao mesmo tempo é prazeroso, não posso me tocar e isso é um saco!

Sinto Felps soltando seu liquido viscoso em mim e retirando seu membro de minha entrada, Phoenix da algumas últimas estocadas e solta seu liquido dentro de mim, meu membro permanece duro.

-Acho que está na hora da gente deixar o baby gozar, né?- Felps diz, olhando para Phoenix que assente, ambos levam suas mãos ao meu membro.

Felps faz movimentos de vai e vem com sua mão forte e morena enquanto Phoenix acaricia meus testículos, os fazendo uma leve massagem. Eles alternam a posição e depois de um tempo eu gozo também.

Selo meus lábios nos de Phoenix e depois nos de Felps num selinho rápido e ali ficamos por algum tempo, olhando para o teto do meu quarto cinzento e para o ventilador de teto que rodava cada vez mais devagar fazendo um barulho desagradável.

-Com certeza, foi a melhor foda da minha vida!-Phoenix diz me fazendo rir junto a Felps

-A minha também!- Complementa o moreno, sorrindo

-Nem fale da minha né!- Digo, enquanto limpo meu membro com o papel higiênico que eu guardava na gaveta.


Notas Finais


SEQSU!
Espero que tenham gostado <3 Se você gostou deixa o fav, não custa nada e me deixa muito feliz <3
E obrigada mozão, por ficar em call comigo enquanto eu escrevia, amo você <3
PAI????!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...