História Casamento de contrato- Mitw - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Felipe Z. "Felps", Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Tags Mitw Cellps
Visualizações 87
Palavras 1.008
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, LGBT, Literatura Feminina, Orange, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIIIII GENTE MAIS LINDAAAA! Enfim, as fichas foram canceladas e o personagem já foi decidido, obrigada a todos que participaram <3 Boa leitura! <3
E sim, está saindo cap hoje por que amanhã eu vou passar por uma cirurgia então seria impossivel postar! Obrigada por entenderem <3 Então para vocês não ficarem sem cáp ele sai hoje, ok? Ok! Um bjão <3

Capítulo 7 - 5


PAC

Me levanto pela manhã e percebo que acabei caindo no sono com o filme ligado, decido apenas me levantar e ir direto ao banheiro, escovando meus dentes e me despindo, indo para o meu banho

*quebra de tempo*

Me seco, pego uma calça jeans skinny rasgada no joelho e uma blusa branca simples, coloco meu “colar” que mais parece um cordão, assim que termino de me vestir e passar meu perfume, saio do quarto e me deparo com uma garota bem encorpada, com cabelos castanhos e olhos azuis. A estranho, mas deve ser alguma funcionária de alguma ala que não visitei.

Continuo minha descida até a sala de estar, sentando em uma cadeira daquela mesa que havia ali, pegando alguma maçã e a mordendo

-Não sei como conseguem comer isso- Diz uma voz atrás de mim, logo deduzo que seja Mike-Bom dia Pac!- Acena pra mim e pega alguma coisa aleatória na mesa, ele vestia roupas comuns, o que me era estranho, já que sempre o via de terno.

-Aonde vai?- Digo mastigando um pedaço de maçã, logo partindo para outro pedaço

-Sair, ué- Diz irônico, saindo do comodo me deixando sozinho ali, puxo meu celular e me atualizo no Twitter

Ouço a porta bater no fundo e suponho que seja Mike saindo, o que me deixa com uma pulga atrás da orelha.  Alongo meus dedos na intenção de me acalmar e funciona

-Bom dia Tarik!- Diz Mariana, descendo as escadas e assim que chega em mim faz um carinho em meus cabelos- Como vai?- Retoma sua fala

-Bom dia, Mari! Vou bem, e  você?-  Ela sorri sem mostrar os dentes, simbolizando que está bem-Sabe onde Mike foi?- Dá uma mordida no que ela tinha acabo de pegar e faz um sinal de não com seus dedos livres

-MARIIIIII- Uma voz feminina grita ao fundo, deve ser aquela garota que estava vendo antes

-Tchau Tarik- Sorri- O QUE FOI?- Ela grit e sai correndo para cima novamente

Não consigo parar de pensar em Mike, aonde será que ele se meteu? Eu estou bem nervoso porém não vou demonstrar, vou dar uma volta. Avisto Luize

-Olá Pac, bom dia! Precisa de algo?- Diz sorrindo meio nervosa, Luize era uma jovem garota porém agia como uma senhora. Nego com minha cabeça

-Bom dia Luize! Só preciso que se perguntarem por mim, avise que eu fui dar uma volta!- Ela sorri e assente, seu olhar diz algo como bom passeio

Eu saio dos portões da mansão e vou andando sem rumo, avisto cafeterias, outras casas, alguns prédios até que avisto um parque

Decido entrar e andar um pouco nele, afinal, nessa cidade por mais que grande, é tediosa! Pego meus fones de ouvido e coloco em alguma musica aleatória da minha playlist e começo aa caminhar. Vejo casais felizes, famílias e claro, os atletas e fico refletindo comigo.

Será que um dia vou ter um amor, uma família? Alguem que esteja disposto a envelhecer comigo? E pensando nisso, meu casamento oficial é daqui uma semana, eu realmente não sei onde eu estou me metendo!

CELLBIT

Acho que acabei dormindo após chorar tanto, me levanto e me olho no espelho e vejo um loiro de cabelos bagunçados, cara amarrotada e claro, olhos vermelhos.

Vou para meu banho e nele lembro das minhas “aventuras” com Phoenix, tanto tempo pra nada? Sério que eu cai nessa? Eu tinha meu medo de estar sendo traído mas de ser o amante?! Nunca nem desconfiei. Vejo que esses pensamentos não estão me levando a lugar nenhum e desligo o chuveiro. Me seco e seco meus cabelos e como hoje eu folgo, boto novamente meu pijama e volto para cama.

Deito nela e pego meu celular, excluo e bloqueio Phoenix em todas minhas redes sociais! Mas antes decido dar uma olhada, desço algumas fotos de seu instagram e acho uma foto dele com sua suposta namorada e isso me quebra ainda mais, descobri que eu acabei com um relacionamento. Ouço alguém bater na porta

-Entra logo- Digo seco, porém contendo minha voz de choro- Mas se for o Phoenix não entra

-Não é, fica calmo- O moço abre a porta, revelando Felps- Eu soube do que aconteceu... não fica assim cara...-Ele fala calmo e isso me ferve como se eu estivesse prestes a explodir

-Você nunca passou por isso, você não sabe o que é!- Eu grito alto, fazendo ele se assustar- Desculpa....- Murmuro após ver o que eu fiz

-Voce tem que superar isso Cell- Bota as mãos em meus ombros me chacoalhando de leve e me puxa para um abraço acolhedor, sinto seus músculos envolvendo meu corpo e me sinto aquecido e aconchegado ali, e ali mesmo choro por horas

FELPS

Ver cell naquele estado por um BOSTA igual ao Phoenix partiu meu coração no meio e pelo visto o dele também, ele ficou uns 20 minutos chorando, soluçando e tentando falar alguma frase

-F-felps eu...- e parava por conta dos seus soluços- e-eu quero- retoma sua fala, tentando falar denovo

-Shhhh, se acalma cellbolito- Eu aperto ele um pouco mais, fazendo ele se sentir seguro o tempo que ele quiser ali no meu abraço, fazendo ele esperar um pouco até conseguir falar

-Felps, eu fiz de tudo por ele e ele fez isso comigo e....- volta a chorar muito

PAC

Decido voltar para casa e quando abro a porta vejo Mike sentado, passando a mão por seus cabelos rosas, logo vindo até mim

-AONDE VOCE FOI?-Berra e aperta meus ombros, muito irritado

-C-calma Mike, e-eu só fui dar uma volta- Digo assustado, com medo

-QUANTAS VEZES VOU TER QUE DIZER QUE NÃO PODE SAIR DAQUI SEM ME PEDIR ANTES, CARALHO- Berra denovo e me empurra, fazendo eu cair no chão e me fazendo chorar.

Ele passa a mão em seus fios rosa denovo e sai do comodo, me deixando ali, caído e chorando tudo o que não choro a anos, minha coluna doía, minha perna doía, minha cabeça doía por conta da pancada e principalmente, doía ver com o que eu passaria dois anos 


Notas Finais


MIKE CUZAUM PACARAI
Obrigada por lerem até aqui <3 Se voces gostaram, comenta ai! (Lembra do ask? Pode mandar perguntas em qualquer capitulo ein!) Se não, me fala o que posso mudar, estou sempre aberta para criticas <3 Se você é ghost, cria uma conta e dá um fav aqui, não custa nada e me deixa muito feliz <3 Amo vocês, xau <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...