1. Spirit Fanfics >
  2. Casamento forçado >
  3. "A quero sobre o meu controle"

História Casamento forçado - Capítulo 30


Escrita por:


Notas do Autor


Demorei mais voltei dessa vez estou fazendo oque eu posso pra não demorar a postar capítulos na fic em breve postarei capítulo em "A escolha" que se você ainda não conhece não perca mais tem estar demais.

Como sempre queria agradecer vocês por não desistirem da minha pessoa estou preparando tantas coisas pra essas fics acho bom já ir preparando os seus coraçãozinhos.

Espero que gostem ❤

Capítulo 30 - "A quero sobre o meu controle"


Pov Elena

Ficar esses dias afastada de toda bagunça que se tornou a minha vida foi muito necessário já estava chegando a minha época preferida do ano o Natal pelo menos era a minha época preferida até eu perceber que toda festa de família não passava de uma mentira fazia quase um mês que eu e o Damon não nós vimos até hoje de manhã onde eu encontrei com ele no elevador foi como se cada sentimento tivesse voltado no mesmo instante sentir vontade de me agarrar a ele nunca mais soltar.

Mas sabia que tudo não ia se resolver dessa maneira,era muito mais que isso eu não sou burra vi várias vezes Andie saindo e entrando no apartamento do mesmo era impossível não sentir ciúmes.

Entro em uma cafeteria ainda lembrando da sensação de olhar nos olhos do Damon novamente o nosso acordo terminará daqui a dois dias e estaremos livre pra se divorciar o contrato iria acabar e não teria nada que me liga-se a ele e Perceber isso foi mais doloroso do que eu imaginava.

Me sentei em uma das mesas vazias fiquei de encontrar com o Enzo aqui o mesmo disse que tinha uma ótima proposta pra mim ele estava noivo da Bonnie fico tão feliz por eles,as vezes acho que o meu erro foi ter aceitado essa maluquice de se casar forçada com o Damon mesmo que isso tenha nós Unidos queria que tivéssemos nós apaixonados naturalmente talvez assim as nossas vidas seria mais fácil.

–Oi Elena–olhei pra minha frente e vi a Rose ótimo era só oque me faltava respirei Fundo.

–Oque você quer?–Pergunto olhando pra ela fixamente

–Nada fiquei sabendo que você e o Damon vão se separar na empresa não se fala em outra coisa já leu os jornais todos dizem que Elena Mikaelson filha do empresário mais sucedido do país acaba de ser chifruda–ela sorrir vitoriosa pegando os jornais e jogando em cima da mesa–Eu não me importo que o Damon siga a vida contra mulher irei ficar feliz se essa mulher não for você.

Ela saí me deixando sozinha percebo que tinha alguns olhares curiosos em cima de mim, peguei o jornal em minhas mãos e vi uma foto do Damon e Andie eles estavam abraçados tinha outras fotos deles com o Thomas parecia uma família perfeita sentir meu estômago se embrulhar a manchete era bem clara que Elena Mikaelson era grande corna do país,ainda tinha uma entrevista com a Andie "Digamos que o nosso relacionamento estar melhor do que nunca temos um filho lindo e uma família maravilhosa".

Me levantei rapidamente não queria ficar mais um minuto alí,sair da cafeteira sentindo as primeiras lágrimas descerem pelo meu rosto como fui idiota o Damon nunca vai mudar Nunca e eu não acredito que demorei tanto tempo pra Perceber isso.

Pov Damon

Estava indo encontrar o meu filho ainda estava um pouco distraído por vê a Elena, só queria agarrar ela alí mesmo naquele elevador minha cabeça não tinha lugar pra mais nada.

Elena era oque realmente me importava,mas antes de lutar pra tê-la de volta em minha vida eu precisava pedir desculpas para Caroline minha irmã não tem culpa de tudo que tem acontecido em Minha vida, não tinha direito de tratá-la assim.

Escuto o meu telefone tocar era o Tayler um amigo do escritório onde estava trabalhando ele pede pra mim entrar na internet não entendi mas parecia ser importante pego o meu celular e vejo as últimas notícias.

Não, não pode ser como Andie poderia ter sido tão baixa a esse ponto chego o lugar combinado eu iria buscar o Thomas pra passar alguns dias comigo.

Assim que ela me vê sorrir Thomas estava brincando em um dos brinquedos do parque, caminho em sua direção com raiva ela não tinha o direito de dizer aquilo minha cabeça só pensava na Elena,oque ela iria pensar quando ler isso?

–aí Damon fico feliz que o resultado tenha chegado…

A enterronpo rapidamente

–qual é a merda do seu problema?–levanto o meu celular com a notícia–você não tinha o direito de me expôr dessa Maneira e ainda por cima mentir.

–Eu não mentir Damon queria que eu escondesse o seu filho disse a verdade.

–não samos uma família estamos longe de ser sim temos um filho juntos mas me escute bem Andie eu e você nunca mas irá acontecer NUNCA.

Antes que ela possa falar alguma coisa escuto a voz do Thomas.

–PAPAIII–ele correr em minha direção eu o abraço tentando me manter calmo.

–Iai meu grandão,oque acha de irmos tomar um sorvete…

–Ele não vai poder,vamos meu filho–Andie diz puxando o garoto

–como assim ele não pode,ele é meu filho tínhamos um trato

–Nosso trato Acabou como você mesmo diz não samos uma família–ela sorrir de lado

–isso não vai ficar assim Andie tenho os meus direitos

–Então pense bem no quê é prioridade pra você

É isso mesmo que entendi,ela estar ameaçando afastar o meu filho de mim

–Mas pai–thomas fala me olhando me agacho pra olhar pra ele

–Vai com sua mãe,mas logo iremos nos vê e nós divertir muito juntos tá ok garotão–sinto ele me abraçar não importa oque Aconteça não vou deixar ela me afastar do meu filho dessa Maneira.

Pov Caroline

Estava em casa sozinha, Klaus estava na empresa aquele lugar tinha se tornado um inferno desde que o Damon foi demetido a idiota da Rebekah contiunua namorando com o canalha do Liam,Klaus disse que não ia deixar o patrimônio da família cair nas mãos de qualquer um.

Escutei alguém bater na porta imaginei que seria a Elena ela sempre esquece as chaves ela tem passado os dias aqui até ela resolve toda essa situação.

Mas assim que abro me deparo com o meu irmão,eu não o via desde daquele dia em seu apartamento nunca imaginei que o Damon fosse capaz de me tratar daquela maneira.

–Oi Caroline será que podemos conversar?–ele Pergunta sorrindo fraco o encaro com os braços cruzados ele levanta um sacola–trouxe marshmallows.

Ele sabia que eu era louca por marshmallow Quando éramos crianças sempre sempre comemos escondidos dos meus pais,dou espaço pra ele entrar.

–loirinha primeiramente vim te pedir desculpas,eu fui estúpido com você eu sinto muito Caroline,eu estava totalmente fora de mim perdi a cabeça não soube lidar com que a minha vida tinha se tornado em apenas alguns minutos eu percebi que eu podia ser pai a Elena tinha ido sem me dá esperanças que ela ficaria ao meu lado não estou a culpando sei que ela é a principal vítima de tudo…. eu acabei descontando nas pessoas erradas e agora sim eu a perdir.

–Não Damon você nunca a perdeu a Elena te ama mais do que ela mesmo e eu te garanto você não tem idéia de como ela estar mas a Elena precisa se encontrar ela estar perdida no meio de uma bagunça que ele não tem culpa e você apenas complicou as coisas.

–Eu sei…o Thomas é meu filho Caroline ele é um menino Incrível mas…

–Eu já li os jornais de hoje e sim eu já mandei uma mensagem pra aquela loira sem sal mandando ela cuidar da própria vida, você acredita que eu vi ela e a Rose em um restante noite passada e hoje de manhã Elena me mandou uma mensagem dizendo que Rose foi incomodá-la.

Então a Elena já sabia de tudo soltei um suspiro de frustração

–Você tá querendo dizer que elas armaram isso juntas.

–Claro que sim nós dois sabemos que a Rose sempre foi apaixonada por você e isso óbvio você não pode deixar elas brincarem com sua vida assim você precisa vê a Elena Damon convrersa com ela.

–Então isso significa que você me perdôo e estar do meu lado–sorrio pra ela de lado

–Não, primeiro eu quero os meus marshmallows aí sim você estar perdoado–ela diz pegando a sacola da minha mão

Só a Caroline mesmo pra mim fazer rir olho pra barriga da mesma gostava de saber que em breve terá uma nova loirinha nesse mundo.

Pov Liam Parker

Finalmente consegui me livrar daquela insuportável da Rebekah mas prós meus planos não irem pra água abaixo precisava aturar essa mulherzinha irritante por mais alguns meses.

Encontro com o meu detetive particular em meu escritório Sebastian trabalhava pra mim a alguns anos desde de quando eu fui embora do país deixei ele a vigiando,Elena era a única mulher que eu desejava acompanhei de longe o seu crescimento vi ela crescer e se torna essa mulher linda e tentadora.

Só de pensar na mesma eu sentia o meu membro latejar imaginando ela sendo minha outra vez e eu farei de tudo pra que isso aconteça.

–iai oque você tem de novidades?–pergunto me sentando de frente pra ele.

–É pelo jeito Elena anda morando com o irmão e a Cunhada, não tem mais nenhum registro dela ligado ao Damon pelo que eu andei investigando apareceu uma ex namorada com um suposto filho isso é provável que isso seja algo que estar afetado o relacionamento deles.

Sorrio sem o Damon no meu caminho eu tinha o plano perfeito pra fazer a Elena ser. Finalmente minha.

–E a última coisa que soube dela?

–Tá aí oque é estranho,ela saiu de uma lanchonete parecia bastante abalada fez um telefonema que eu suponho que tenha sido pra Caroline depois disso se encontrou com um homem chamado Enzo a última coisa que eu vi foi que a garota pareceu passar bastante mal e foi Levada para hospital–ele joga uma pasta com fotos da Elena com o Enzo em minha mesa Tinha uma que deixava bem claro que a garota parecia estar passando mal.

–Quero que descubra o motivo dela ter passado mal e oque os seus exames aprontaram.

–Não consigo entender essa sua obsessão por essa garota,oque ela tem de tão especial

–Você não precisa saber de nada eu a quero sobre o meu Controle.


Notas Finais


Próximo capítulo vai estar demais em.

Obrigada mesmo por cada comentário e favoritos vocês são demais.

Bjs até o próximo capítulo 😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...