História Casamento por contrato - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), TWICE
Personagens Chaeyoung, Kim Taehyung (V)
Tags Bts, Kpop, Romance, Tragedia
Visualizações 282
Palavras 755
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, mais um capítulo para vocês publicado, espero que gostem, não se esqueçam de favoritar e de comentar vossa opinião

Capítulo 3 - O encontro


Nos levantamos e fomos diretos para a cozinha, minha madrasta estava lá preparando o pequeno - almoço  e os pais dele também estavam saindo do quarto de hóspedes , ela nos viu e virou para os pais dele e perguntou  :

- vocês dormiram bem? vão comer conosco certo? (eu detesto quando ela faz de sonsa) 

- Sim nós dormimos bem, bem...  Nós estamos de saída não vamos comer aqui, Taehyung(falou se virando para meu noivo), se prepare, daqui a três horas (11:30),tens de vir aqui buscar... (meu nome), (falou rigorosamente) 

Humm...  Então taehyung é o nome dele (pensei) 

- Ah, entendo (disse minha mãe) 

Eles saíram pela porta e os pais de Taehyung foram num carro e ele noutro. 

Fui para o meu quarto, enquanto pesava o que ia usar no encontro, o Taehyung  é a cena do abraço não me saia da cabeça, mesmo que eu não queira casar, afinal ele não era assim tão ruim.  Vesti o vestido que a minha mãe tinha dado, antes de morrer, me lembrei das palavras dela: Use este vestido, quando crescer e quando for a um encontro ",  o vestido era realmente muito bonito, era azul e linha um detalhes prateados, me olhei ao espelho e realmente me senti muito bonita,  soltei o cabelo fazendo uma traca em cima, coloquei uns brincos, um colar, usei um pouco de maquiagem e sai do quarto. 

Faltavam 30 minutos para a hora do encontro, peguei na minha pequena mala ( bolsa)   e sai pela porta da casa, fiquei esperando ele no jardim.  Por fim, depois de uns cinco minutos, ele chegou. 

- Você não está feia (disse rude mente, no entanto, eu consegui ver que o rosto dele estava um pouco vermelho) 

Fiz uma careta em resposta ao seu "elogio" 

Ele me abriu a porta e entrei no carro 

- Então onde você quer comer?  (disse olhando para mim) 

- Você pode escolher (disse olhando para ele de volta) 

- Então, vamos a um restaurante chinês que costumo frequentar 

Ficou um silencioso contraste, para quebrar eu decidi falar 

- Me conte algo sobre você, que idade você tem?? 

- 19

- Oh.,voce é mais velho que eu, voce deve estar também zangado com isto tudo

- Com o quê ? 

- Com o casamento, você nem me conhece , você também deve ter um sonho para seu futuro 

- Eu não sei qual é o meu sonho 

- Ah entendo 

- Você tem irmãos? 

- Vamos continuar o caminho silenciosamente, ok??  Você realmente deve gostar de falar (falou entediado) 

Virei meu rosto para o outro lado, e nem respondi, passado uns cinco minutos, tínhamos chegando ao restaurante . O restaurante era tão bonito do lado de fora como de dentro. Tinha várias decorações chinesas, que davam um charme ao restaurante. Nós sentamos numa mesa, o garçon veio ter com nós e perguntou o que nós desejávamos.(mesmo ele ter falando chinês e não ter entendido nada, foi o que pareceu) 

- fjdjjsjxhxhhsaz ( entendam isto como ele falando : "quer dois pratos de...."  em chinês rsrs) 

Ele realmente falava mandarim muito bem 

- Como você aprendeu a falar mandarim? 

- Cinco anos atrás, fui para a China e aprendi 

- ah, entendi 

Comemos, a comida era muito boa, e saímos, fomos para um parque enorme, enquanto caminhavamos conversamos 

- Não se preocupe com o casamento, é tudo um contrato, depois de alguns meses podemos nos separar e seguirmos nossos caminhos e sua família não sairá prejudicada 

- Como se eu estivesse preocupada com minha família...  (murmurei) 

- Então vamos tentar nos dar bem até lá,  e não causar problemas (disse olhando para mim, como se estivesse se referindo só a mim) 

De repente, senti o calor de sua mão, que agarrou a minha, fiquei um pouco vermelha, espero que ele não tenha notado, e continuamos a caminhar como antes 

Me sentei no banco e ele foi buscar um gelado para nós dois 

(eu realmente não o entendo, ele tanto é rude comigo como é bom, ele deve ter alguma bipolaridade rsrs) 

Depois de ir buscar o gelado, caminhou para perto de mim, reparei que ele tinha apenas um gelado na mão e perguntei para ele:

-Porquê só um gelado? 

- só tinha um, nós podemos partilhar 

Ele chegou o seu rosto e gelado para perto de mim, e começamos a lamber o gelado (não sejam mentes poluídas rsrs) um de cada lado, os nossos rostos, estamos muito perto um do outro 

Até que olhei e seus lábios estavam a aproximarem se dos meus 

... 



Notas Finais


Ahaha curiosos?? O próximo capítulo vai ser publicado em breve, podem deixar nos comentários as vossas opiniões e dar sugestões para o nome da protagonista


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...