1. Spirit Fanfics >
  2. Casamentos Que Não Queremos >
  3. Oque houve?

História Casamentos Que Não Queremos - Capítulo 23


Escrita por:


Capítulo 23 - Oque houve?


Natasha:

Acordei e então olhei o relógio de parede pendurado à cima de uma cômoda.Era 14:35.Pulei da cama no mesmo momento,na verdade colchão.

Corri para o banheiro com uma das duas mochilas que eu havia trazido. Prendi o cabelo num rabo de cavalo, e peguei minha escova de dente,escovei os dentes e depois desci para a cozinha,retirei a jaqueta ao notar que havia dormido com ela e fui para a cozinha.

Preparei um café forte,e peguei a jarra de água que estava sobre a mesa desde o outro dia.

Voltei para a sala e estendi a jarra para frente dos colchões mirando o rosto de cada um,e então derramando um pouco de água nos sete rostos.

*Ton* A não Pepper!

Ele resmungou ainda de olhos fechados.Vi que seria uma ótima cena então me senti no sofá e cruzei as pernas afim de ver o espetáculo.

*Pep* Oque foi?

Ele notou seu tom sonolento e então abriu os erguendo a cabeça para vê-la mas se arrependeu antes mesmo de encontrar seu rosto,pois sua cabeça latejou e ele voltou a encostar a cabeça no travesseiro com uma expressão de dor.

*Nat* Dessa vez foi eu.

Ouvi mais bufares do que eu esperava, e então notei que todos haviam acordado.

*Wan* Doeu tá? Você colocou a água muito longe,e a queda foi maior.

*Nat* Não reclama não,era a cachoerinha.

Eu ri enquanto falava,e recebi um olhar bravo de Wanda,oque me fez rir ainda mais,pois a mesma não tinha cara de séria e com sono piorou.

*Nat* Querem café?

*Ste/Ton/Tho/Buc/Wan* Sim.

*Nat* Vá buscar Wanda.

*Wan* E é assim é? Eles que fazem as merdas e ainda ganham mordomia?!

Inclinei a cabeça,tive que concordar com seu revoltamento,mas fui buscar as xícaras enquanto as outras subiram para o outro andar.

Peguei as xícaras e voltei para sala deixando encima da mesinh,depois peguei o bule e coloquei café nas xícaras as servindo.

*Ton* Você não seria uma má garçonete.

Ele falou irônico,mesmo com dor ele irrita.

*Nat* Brinque com a morte brinque.No seu túmulo vai estar escrito “Eu avisei,ele não acreditou porque não quis”.

Ele tentou rir,mas as dores de cabeça e o medo não deixaram,mas isso não evitou dele levar um tapinha nas costas dado por Thor,mas esse tapinha fez o mesmo avançar pra frente quase caindo,por sorte Tony havia colocado a xícara no centro da mesinha.

*Ton* Eita porra Thor!

*Tho* Você que estava dormindo, meu amigo.Oque vamos fazer hoje?

Thor no final da frase abriu um sorriso e olhou para mim esperando a resposta,o olhei incrédula e balancei a cabeça negativamente.E então subi para o quarto de Pepper.

*Car* WANDA DEVOLVE MINHA BLUSA SUA LADRA!

Entrei em passos calmos para ninguém me ouvir.Carol corria igual uma louca atrás de Wanda,e a ruiva estava com uma peça de roupa azul estendida na sua mão esticada para o alto.

*Wan* Eu vou usar essa Carolina!

*Car* Nem em sonhos! Vou trazer o Doger!

*Wan* Teu cachorro me ama,e agora ele deve estar ainda no quinto sono do jeito que ele é.

Carol então não perdeu tempo e pulou encima de Wanda,fazendo as duas caírem na cama.A loira então pegou a peça e se levantou com um sorriso vitorioso.

*Nat* 1x0 para Carol.Prontas pro próximo Round?

*Wan* O próximo Round vai ser a guerra ora ver quem vai tomar banho primeiro,por enquanto vou usar o lavabo lá embaixo.

Ela passou por nós toda desconfiada e então fechou a porta atrás de nós.

*Nat* Ela pegou o meu batom.

Carol ainda sorrindo balançou a cabeça afirmando.

*Car* Pode ter certeza e cuidado se não ela não devolve.

Eu ri,coitada de Wanda se ela resolvesse fazer isso.

Carol guardou a blusa na mochila e só pegou alguns outros pertences.

*Car* Vou esperar a Wanda no lavabo lá de baixo.PORQUE A PEPPER NÃO VAI SAIR TÃO CEDO!

*Pep* QUE BOM QUE SABE! MAS TEM O OUTRO BANHEIRO!!

Ela gritou do banheiro e eu olhei para o lado vendo a outra porta branca no quarto.

*Car* Mas esse aí é do Anthony, vou ver lá embaixo se o outro banheiro tá vago!!

Ela desceu as escadas correndo e eu fui na minha mochila pegar meu celular.

*Nat* Oi,aqui é a professora Natasha Romanoff.

*Aten* Até que fim apareceu!

*Nat* Olha senhorita,não nos damos bem,mas avise que eu precisei faltar hoje,meu marido está doente.

*Ate* Ele é uma criança por acaso?

Sim,com certeza ele é.

*Nat* Não,mas ele precisa de mim agora.E se você não mandar essa mensagem a diretoria terei provas que liguei a você.

*Ate* Ok,mas oque o famoso Rogers tem?

O desgraçado bebeu,é um bêbado!

*Nat* Para uma informação pessoal como essa a minha única resposta só pode ser: Não,é da sua conta.

Desliguei o celular antes que eu pudesse me irritar e então desci para a sala onde os quatro garotos assistiam um desenho do Pernalonga só não zuei por eu amar aquele desenho,me sentei e comecei a assistir.

Carol:

Depois de três horas todos tinham tomado banho e café da manhã.Agora era hora do interrogatório.Pegamos as cadeiras da mesa na cozinha e levamos para a sala.Me sentei num delas ao lado de Pepper e do outro Natasha que ao seu lado tinha Wanda.

No sofá estava Tony esparramado,e nos colchões os outros três estavam sentados nos olhando fixamente.

*Pep* Vamos começar-

*Car* Porque beberam?

*Wan* Ela quer dizer,oque passou na cabecinha linda de vocês para ingerir álcool aquele horário?

*Nat* Estavam malucos?

*Ton* Bom eu já estava meio bêbado antes-

*Nat* Não foi isso que perguntamos.

Eles bufaram.

*Tho* Uma tia minha faleceu, ficamos sabendo de madrugada e como vocês passariam o dia fora pensamos em não pensar nela.

*Wan* Ela era muito importante pra vocês?

*Buc* Ela era a melhor.

*Ton* Ocupava o espaço dos nossos pais sem o menor esforço.

*Ste* Sempre cuidou da gente sem se importar com nosso sobrenome.

*Tho* E me ajudava nas encrencas.

Pepper foi a primeira a colocar a mão na cabeça e suspirar,estávamos cansadas,exaustas,mas entendíamos o luto.

*Nat* Eu cheguei a pensar que..

Ela suspirou forte fazendo Steve encará-la preocupado assim como todos,mas os olhos dele emitia uma preocupação tão grande e tão intensa, ele não queria mau a minha irmã,o que era ótimo,tenho que controlar meus homicídios.

*Pep* Vamos fazer algo? Porque eu estou cansada de ficar aqui,ah,e Bucky eu queridos vasos novos.

Ele deu um sorriso assentindo.

*Wan* Que tal cinema? Pouca luz pra ressaca e ainda vamos ver um ótimo filme de lançamento.

*Tho* Ok,mas qual?

*Car* Bad Boys For Live!! E eu mato quem se opor!

Todos me encaram assustados e eu dei de ombros.

*Car* Que é gente? Eu amo esse filme.

Ótimo tudo está voltando ao normal!
Ou será que não?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...