História "Caso perdido"- Jungkook ( hot) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin)
Tags Romance, Violencia
Visualizações 84
Palavras 2.626
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom meus amores aqui estou eu com mais um capítulo de CP me desculpem se houver algum erro
Espero que gostem❤
Aproveitem a leitura❤

Capítulo 3 - II - " verdade ou desafio"


Fanfic / Fanfiction "Caso perdido"- Jungkook ( hot) - Capítulo 3 - II - " verdade ou desafio"

Pov's (s/n)

Sei que aquela aposta ira fazer com que eu  perdesse a cabeça pois sei que jungkook não ira me deixar quieta, ira me provocar e me irritar até que consiga algo de mim, mas eu não vou deixar àquele menino vencer e sei que não será tão difícil porque agora eu tenho raiva dele por tentar transar comigo e por me derrubar na farmácia, ah mais eu não vou deixar passar mesmo, se ele vai me infernizar, irei fazer ele nem querer chegar perto de mim...

Sai daquele corredor que estava me sufocando, aquele garoto era bem mais alto que eu, seus ombros largos e seu olhar sombrio de uma forma que chegava a me intimidar. Suspiro aliviada por ter saído de perto do moreno, suas órbes carregam uma escuridão que eu não quero experimentar. Os corredores continuavam vazios por a maioria dos  alunos estarem em horário de aula, resolvo voltar para sala antes que o professor não me deixe mais sair  em sua aula. Bato na porta de cor clara e logo o professor abre me olhando desconfiado

" não conseguia achar o bebedouro senhorita s/n?" o senhor De idade falava com autoridade enquanto eu ia em direção a minha carteira

- desculpa pela demora, isso não ira mais acontecer - falo me curvado antes de me sentar em meu devido lugar

" assim espero senhorita" o homem de cabelos grisalhos dizia enquanto voltara a passar sua matéria na lousa

Passo a começar a copiar tudo o que estava no quadro para que não ficar atrasada, meus pensamentos voam enquanto meus olhos rodeiam as palavras escritas a minha frente, eu não fazia ideia o porque, mas em minha cabeça estava me perguntando o por que do moreno estar demorando tanto. Meus olhos vagam sobre a porta esperando que o mesmo já estivesse chegado, não que eu esteja preocupada mas sim curiosa, Jungkook saiu assim que eu virei as costas naquele corredor já era para ele ter voltado. Balanço a cabeça espantando esses pensamentos aonde ele estiver eu não faço questão de saber, começo a prestar atenção na aula.

" alunos eu quero que vocês façam as paginas 200 e 210 e tragam para mim na nossa próxima aula " essa foi a deixa do professor logo saindo da sala

As próximas aulas passaram muito rápido e logo seria o intervalo, desde que Jungkook saiu ele não voltou mais para a sala. A última aula estava acabando e eu ainda não conseguia me concentrar no que a professora estava explicando 

O sinal é tocado indicando que o intervalo começaria, agradeci mentalmente pelo tempo ter passado tão rápido, os alunos saiam rapidamente da sala, e logo fiz o mesmo indo em direção a escada para  esperar Jess, antes de chegar lá  vejo a minha amiga sorrindo me fazendo andar rápido  ao seu encontro

- vamos logo, estou com uma fome do cão - minha amiga fala colocando a mão em sua barriga fazendo uma cara engraçada me arrancando um sorriso

- eu digo o mesmo - falo sorrindo e caminhando ao lado da mesma indo em direçao ao refeitório

Sentamos em uma mesa para não perdermos lugar, aquele refeitório lota rápido então tínhamos que deixar nossa mesa garantida

- hoje é seu dia de buscar o nosso almoço - digo empurrando a garota ao meu lado para que ela levantasse

- okay, okay, não deixe ninguém pegar nossos lugares - assenti vendo a mesma ir em direção a fila para pegar nossa comida

Enquanto a espero fico mexendo em meu celular mas logo vejo alguém sentando na cadeira ao meu lado

- olha que surpresa, resolveu aparecer? - falo irónica colocando minha cabeça entre minhas mãos apoiadas na mesa para poder olhar a pessoa a minha frente

- Por que ? Te deixei com saudade? - ele sorri convencido e eu apenas arqueio a sobrancelha rindo

- tadinho, sonhe querido  - digo irónica e o menino me olha deboxado - parece que você aproveitou bem em Jungkook as aulas que você não estava na sala - falo apontando para o roxo que havia em seu pescoço indicando que estava com alguém

- é que as meninas daqui resolveram me receber bem, diferente de você que nem um beijinho me deu - ele diz fazendo bico parecendo chateado, aish que menino irritante - mas sabe eu ainda estou aceitando suas boas vindas - ele diz se aproximando de mim e logo sinto sua mão apertando minha coxa por debaixo da mesa

- aqui minhas boas vindas para você - digo fechando minha mão e dando um soco em sua perna fazendo o menino esquivar e resmungar

 - você é chata - ele diz passando a mão aonde eu havia dado um soco e me olhando com uma cara triste

- já que percebeu não precisa mais ficar perto de mim, sou muito chata você não vai aguentar, aproveite que estou te dando a chance - falo esticando a mão para o lado lhe mostrando o caminho da saída do refeitório 

- eu não irei te dar esse gostinho - ele diz acariciando minha bochecha esquerda - até mais "minha" bravinha - ele diz rindo quando o encaro com indignação após ouvir compele havia me chamado, o vejo sair rapidamente não dando tempo de xinga-lo

Suspiro alto, menino chato, não me deixa em paz, deveria ter ficado quieta no meu canto envez de ter ido para cima dele querendo o dinheiro, assim ele não iria lembrar de mim e não iria me infernizar...

Jess trouxe nosso almoço com uma cara suspeitando algo, apenas comecei a comer sem falar nada, enquanto comia a mesma não parava de me fazer perguntar e falava que tirei a sorte grande por estar falando com o novato gato, queria eu ter ganhado na loteria isso sim seria sorte grande, Jungkook é um grande azar em minha vida isso sim...

   .

   .

   .

Já havia chegado em casa, tomado meu banho e estava terminado os deveres da escola, estava cansada, meus olhos pesavam para que eu fosse dormir, parecendo assim que havia areia nos mesmos. Jess ainda nao havia chegado, disse que precisava passar em uma loja antes de vir para casa. Terminei os exercícios que o professor pediu, guardei meu material e desci ate a cozinha indo procurar algo para comer, peguei alguns belisquetes que sobraram da compra passada como alguns salgadinhos e doces, após pegar tudo sentei no sofá e logo coloquei em algum filme.

Já estava na metade do filme quando escutei a porta de casa abrindo anunciando que Jess havia chegado

- Amiga! - a garota já chega gritando e pulando no sofá sentando ao meu lado - eu preciso de você - a morena de cabelos curtos faz bico para que eu a ajudasse em algo

- la vem - digo revirando os olhos - não vou trabalhar no seu trabalho amanhã nem peça, já basta eu acordar cedo aos fins de semanas para ir trabalhar no café - digo suspirando alto, minhas olheiras estão gigantes depois que me mudei nunca mais tive o gostinho de acordar tarde a não ser nos feriados

- não é isso tonta - ela faz careta rindo de mim - eu preciso que você vá comigo a uma "festa", tem um menino que quero ficar e ele me chamou para uma social com os amigos dele na casa dele, por favor vai comigo, só hoje - ela junta as mãos me implorando para que eu a acompanhasse nessa tal festa

- Jess eu estou cansada e amanhã tem aula - digo jogando a cabeça no sofá

- por favor s/n, só hoje - suspiro alto e acabo pensando, ela me olha esperançosa esperando a minha resposta

- okay, eu vou, mas não vamos ficar la até tarde - ela concordou sorrindo e logo me abraçou forte sussurrando um obrigada - tá bom agora vamos trocar de roupa

Nos separamos do abraço e logo subimos para nossos devidos quartos

- s/n comprei uma roupa para você usar hoje - ela diz animada me mostrando uma saia preta comprida com o final em suas laterais abertas - você pode usar com seu cropped rosa bebe e uma rasteirinha - apenas assenti vestindo o look

Ele era bonito mas não muito extravagante, a saia delineava minhas curvas, deixei meu cabelo ondulado solto e passei perfume e uma maquiagem básica. Jess estava com um vestido cor de vinho que combinava na mesma, seus cabelos estavam com cachos e a mesma usava uns brincos. Descemos para sala pegando os últimos pertences e indo pegar o táxi que já havíamos chamado, ela diz o endereço e logo o motorista seguiu em direção ao caminho indicado.

- sabe ele é bem bonito e muito fofo, ele é super extrovertido - ela dizia toda animada enquanto ainda estava sentada ao meu lado

- você gosta dele? Ou é apenas mais um que você quer dormir ? - pergunto para a minha amiga e ela suspira alto parecendo pensar

- eu não sei ainda, ele é engraçado e parece que só existe nós quando estamos juntos - sorri para ela já sabendo como ela se sentia - não se preocupe não ficará de ve-la amiga, ele tem amigos gatinhos que você pode ficar - ela diz empurrando meu ombro como se eu fosse me animar

- eu não quero ficar com ninguém, estou apenas te acompanhando nessa - ela faz um tsc com a língua no céu da boca reprovando minha resposta

- você deveria se divertir sabia, e esquecer o passado - ela diz passando a mão em meu braço e sorrindo fraco

Mau percebo que já estávamos no lugar indicado, o táxi parou e logo pagamos o mesmo abrindo a porta e em seguida descendo do carro. Olho em volta reparando na grande casa a minha frente, parecia que o menino tinha dinheiro porque a casa era gigante, nós caminhamos até a porta e logo apertamos a campanhia, alguns segundos depois a porta era aberta por um garoto de cabelos pretos com um sorriso radiante em seu rosto

- que bom que vieram... - ele disse olhando para nós duas e logo dando espaço para que entrássemos - prazer meu nome é jung hoseok mas pode me chamar de j hope - ele sorri se curvado para mim

- é um prazer, meu nome é s/n, minha amiga falou muito bem de você - falo baixinho para que a morena ao nosso lado não escutasse a minha última fala

Ele ri e fala para que eu me sentisse a vontade, me sentei no sofá junto com Jess enquanto j hope ia a cozinha fazer algo que eu não sabia o que era, escutava algumas vozes vindas de la mas não conseguia reconhecer

Depois de alguns minutos um garoto muito bonito por sinal vem em nossa direção com algumas bebidas nos oferecendo as mesmas

- olá, meu nome é Kim taehyung mas pode me chamar de Tae - pelo jeito ele já conhecia a Jess já que a comprimento sem se apresentar, seu sorriso quadrado era muito bonito e realmente encantador

- é um prazer conhece-lo, meu nome é s/n - falo dando um sorriso para o mesmo

- os meninos logo voltam com alguns aperitivos - ele se senta a nossa frente e logo olha para mim - quantos anos você tem?

- tenho 16 - falo sorrindo mínimo

- nossa você é a mais nova entre a gente -ele diz abrindo seu sorriso para mim - mas não parece que voce tem só isso

- não sei se isso é bom ou ruim - rio fraco e o mesmo faz  da de ombros nao se importando 

- bom aqui então - j hope coloca alguns aperitivos na mesa de centro sendo acompanhado por um garoto que não consegui ver o rosto

Mas logo quando o mesmo levantou a cabeça percebi claramente quem era, ele só pode estar me perseguindo, vi seus olhos rolarem por mim de baixo a cima e quando terminou deu um sorriso malicioso em minha direção, o mesmo cumprimentou Jess e logo veio me cumprimentar

- olá minha bravinha - ele diz baixo e não pode evitar de revirar os olhos

 - oi Jungkook - falo seca

- nossa é bom ver sua animação em me ver - ele fala irónico e eu deboxo se sua fala

- vamos jogar algo? - j hope diz nos tirando a atenção enquanto  se sentava em uma das poltronas espalhadas pela sala

- que tal verdade ou desafio? 18 pessoal? - Taehyung diz safado e eu apenas pensei o porque eu vim para ca? Reverei os olhos pensando que poderia estar em casa

 - todos vocês tem 18? - pergunto e todos assentem, já sabia que Jess havia repetido um ano mas nao que os outros também, pelo visto Jungkook repetiu dois anos - que pena né,  não poderei brincar - falo tentando livrar o meu da reta

 - ah vamos s/n - insistiram e eu apenas suspirei

 - pegue uma garrafa vazia então - disse concordando e todos sorriram animados

Taehyung foi pegar uma garrafa na cozinha mas logo voltou, afastamos os pratos de petiscos no meio e logo j hope girou por primeiro a garrafa, Jess está sentada a minha frente junto a Jungkook e j hope e taehyung ao meu lado. Todos estavam vidrados na garrafa girando esperando para ver em quem iria parar

- okay, j hope pergunte para taehyung - Jungkook fala sorrindo esperando a pergunta nada inocente do amigo

J hope pergunta para taehyung se ele queria verdade ou desafio mas o acastanhado resolver escolher verdade - taehyung você quer ficar com a s/n hoje ? - j hope pergunta para taehyung com tranquilidade

- porque eu? - pergunto incrédula mal começou a brincadeira e eu já quero sair dela

- porque você é a única menina aqui disponível, Jess esta comigo -

Ele fala simples fazendo com que eu queira lhe dar una resposta

- quem disse que ela esta disponível? - Jungkook se pronuncia primeiro que eu estranhei sua reação, o que ele tinha a haver com isso

- isso não importa, apenas responda taehyung - j hope o apressava para que pudéssemos continuar com o jogo

- sim - vi o menino responder rapidamente me deixando constrangida e ao mesmo tempo nervosa

 Vi que Tae ficou constrangido pois se afastou de mim no sofá, agora foi a vez de Taehyung girar e acabou parando na Jess, giramos más algumas vezes e continuamos a responder as perguntas j hope girou pela terceira vez e agora dessa vez havia parado em mim

- verdade ou desafio? - j hope pergunta e logo me senti nervosa por ser minha vez, escolhi o óbvio e o mais fácil

- verdade - digo simples vendo todos olharem para mim, j hope preparava a bomba que ira me soltar e ai veio

- você é virgem? - ele perguntou curioso

 - não irei responder isso, não pode ser outra coisa?

 - porque não quer responder? - j hope pergunta como se aquela pergunta anterior fosse a mais fácil de responder com várias pessoas te olhando a sua volta

 Eu sou virgem, mas não queria contar, isso era uma coisa minha e não queria espalhar para pessoas que mal conheço

 - porque sei que se eu falar não vão me chamar de puta se eu falar que sim eu serei a santa, então não quero responder - ele me analisou curioso

 - não iremos te julgar - ele fala tentando me convencer a responder

 - mesmo assim eu não quero falar, escolhe outro -

- já que perdeu a verdade agora será desafio. Beije o Jungkook - ele fala e meu coração acelera

 Irei perder a aposta se eu o beijar e não vou dar esse gosto para ele

Deveria ter ficado com a verdade mesmo, assim seria só uma resposta, agora terei que beijar o Jungkook, será que eu me nego a fazer ou deixo ele vencer a aposta ?



   


Notas Finais


Bom meus amores foi isso, espero que tenham gostado, deem muito amor a CP ❤
ate o próximo capitulo 😘
Continua??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...