História Castelo de sangue - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bleach
Personagens Ichigo Kurosaki, Orihime Inoue, Personagens Originais, Rukia Kuchiki, Ulquiorra Schiffer
Tags Bleach, Mundo Alternativo, Suspense
Visualizações 22
Palavras 427
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - V


Ele se levanta e vem até mim, como se eu fosse o pedaço de carne mais saboroso do mundo, e eu estava com medo

Mas não era só medo

Era...

Luxúria talvez? Não tenho certeza, mas gostei da sensação.

Ele me encarando com aqueles olhos esmeraldinos profundo, como se estivesse lendo minha alma, minha imaginação.

E ele sorri sínico, e que sorriso lindo

Quem algo escorrendo no meio das minhas pernas, e não é urina

-Então., Womam, não vai se deitar comigo? - ele fala aos sussuros, e minhas pernas bombeiam

-N... ão... Não... Eu tenho que ir pra casa, esta na hora né? - começo a rir nervosa - onde é a saída mesmo Ulqui-Kun?

-Esta na hr de se deitar comigo, não acha querida? -

-Melhor ir, talvez amanhã eu volte sim?

-Se faz tanta questão, te levo até o portão

E ele me estende a mão, e com um pouco de insegurança eu a seguro. E quando eu vou piscar, já estou na calçada, do lado de fora da mansão

-MAS QUE PORRA É ESSA ULQUIORRA?

                               (Ligação)


-Alô?


-Alô... *Voz de sono*


-Oh, perdão. Estava dormindo?


-Sim, mas não se preocupe, pode falar *bocejo*


-Ichi-kun, só queria te lembrar que amanhã é feriado, e se a gente vai dar aquela volta no parque?


-Claro claro hime, não se preocupe, amanhã vou estar na porta de sua casa as 14 horas e 30 minutos, tudo bem? 


-Oooh, maravilhoso. Vou te esperar, tchau


-Tchau Hime

        

                         (Fim)

                               
-Otimo, amanhã não posso acordar tarde para não deixar o Ichigo esperando - vou até a cozinha e abro a geladeira - e já faço compras, tem nada para comer aqui

Vou até o sofá com um pote de sorvete em mãos, ligo a televisão e vou passando os canal sem realmente prestar atenção

Aqueles olhos verdes não sai da minha mente

Só de lembrar dele me vem um arrepio gostoso na espinha, e em sorriso involuntário

Coloco uma mecha de cabelo atrás da orelha, uma colher cheia de sorvete na boa e me levanto

Desligo a TV no botão da própria caixa, e vou até o som, colocando na rádio e começo a escutar uma música que não faço idéia de qual é

Volto ao meu sorvete e começo a me balançar, mas fora do ritimo

Até minha mente nublar e começar a girar

E um medo começar a me consumir

E se o Ichigo descobrir que eu vi aquele vampiro? E que eu fui na casa dele? E que eu quero ver ele de novo? Ele vai me matar






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...