História Castelo de vidro (BTS) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Amor, Bts, Contos, Drama, História, Hoseok, J-hope, Jimin, Jin, Kook, Nanjoon, Orgulho, Suga, Tragetória, Yoongi
Visualizações 10
Palavras 421
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Famí­lia

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - 2016


Fanfic / Fanfiction Castelo de vidro (BTS) - Capítulo 5 - 2016

2016

Tão perto de 2015, tão longe deles. A minha história se misturou com a deles nesse ano, o pior ano da minha vida, o final de 2015 e o começo de 2016 foi um completo caos, mas eu estava sorrindo porque não existia espaço para mim chorar, eu não tinha esse luxo quando meu castelo de vidro desabou, inutilmente cresci feito uma criança e quando as paredes de vidros se despedaçaram o escuro parecia mais assustador, o cavaleiro dourado havia ido embora. Quando estive pronta para apenas pensar em desistir algo surgiu, ainda não eram eles mas agora os considero tanto quanto, quando meu castelo de vidro ainda estava de pé eu conversava com as estrelas, pra mim cada uma delas era um sonho de uma pessoa feliz é isso me deixava feliz, quando tudo desabou o céu ficou escuro e minha esperança de foi, então aquele grupo apareceu me tirando da escuridão e tudo o que disseram foi "Wanna be your star" foi o suficiente para me fazer acordar todas as manhãs e levantar da cama quando o sol ainda nem havia aparecido, foi o suficiente para me fazer continuar, eram o último pedasso de vidro que me lembrava do meu castelo, eu me agarrei a eles.

Na metade de 2016 já não havia mais tanta magia, pouco a pouco eu cresci e todos me empurraram para aquele momento assustador em que temos que correr sem saber a direção, pouco depois de Young Forever, quando a palavra asas começou a aparecer frequentemente na minha imaginação, foi quando apareceram. Primeiro repetiram pacientemente pra mim o que já haviam dito em 2013, depois me mostraram os momentos mais bonitos da vida, me disseram que "jovem para sempre" não era horrível, era um bonito sentimento, e então Wings, a parte da minha imaginação que ainda vivia, foi impossível não agarrar-se a eles, mas também tive inveja dos seus sorrisos, eles tinham um ao outro e era assim que assisti sua história silenciosamente, admirando cada peculiaridade de suas personalidades, sendo incapaz de escolher apenas um porque todos eles eram diferentes de mais para serem comparados, bonitos a sua maneira, então como seria possível gostar de um e não de outro? Era como me perguntar se eu gastava mais da minha mãe ou do meu pai. Eu ouvi suas histórias e vi o quanto da suas vidas que eles me permitiram ver. Eles queriam nos dar a impressão de que estávamos sentados a mesa com eles aproveitando cada pedacinho da vida juntos. Por isso, obrigada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...