1. Spirit Fanfics >
  2. Castelo nas nuvens. >
  3. Capítulo 51

História Castelo nas nuvens. - Capítulo 51


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, como estou em falta com vocês vou postar logo outro capítulo hoje tbm hahaha.
Gente do céu, estou escrevendo e aparece cada vez mais capítulos, essa já é minha maior fic, espero que estejam gostando! Boa leitura!

Capítulo 51 - Capítulo 51



SAKURA


Caminhei com calma ao lado do moreno passando meus olhos pelo corredor e remexi minhas mãos um pouco nervosa o vendo abrir uma das portas e entrar a mantendo aberta me esperando passar, suspirei vendo o local em tons sóbrios cinza e azul escuro e invejei um pouco sua total organização.

-Nossa, você não tem nem mesmo uma blusa fora do lugar –ele riu baixo me fazendo o olhar.

-O que achou? –seus olhos escuros encontram os meus e eu respirei fundo –A Temari é um pouco mal humorada no início, mas depois melhora, gostou dos outros? –ele perguntou calmo me fazendo sorrir.

-Achei que ela iria entrar em combustão quando viu Gaara e Ino voltarem na maior cara de pau fingindo que nada tinha acontecido –falei rindo com ele sentindo seu beijo em meu rosto –Obrigada por me chamar, antes só nos encontrávamos no meu apartamento, achei legal conhecer um pouco mais sobre você. 

Ele sorriu para mim beijando meu rosto e passando a mão por minha cintura com calma, enlacei seu pescoço o dando mais liberdade e senti sua boca chupar minha orelha devagar antes de chegar aos meus lábios, suspirei em expectativa abrindo sua calça e ele se afastou tirando a blusa me puxando para ele logo depois, passei a mão por seu corpo devagar demorando ainda mais em seu abdômen marcado e suspirei quando ele começou a desabotoar minha calça, ele a abaixou um pouco e se afastou olhando curioso, deve ter sentido a textura em sua mão, ele me olhou um pouco e se ajoelhou tirando a minha calça completamente e subiu os beijos pela minha perna coberta pela meia que ia até as coxas e logo passou a beijar minha barriga levando a mão até o laço entre meus seios soltando a minha blusa, ele passou os olhos por mim apreciando toda a peça e logo me puxou para outro beijo mais quente enquanto caminhava comigo me levando até a cama. 

-Você está incrivelmente deliciosa –ele falou me jogando na cama se roçando em mim e beijando meus seios, me virei ficando de quatro sobre ele na cama e ele respirou fundo segurando em minha cintura e me beijando –Não se mexa –ele falou saindo de baixo de mim devagar tirando o resto das roupas com pressa e passou a mão por minha bunda –Consegue se virar para mim, nessa posição –sua voz extremamente rouca mostrava o quanto estava excitado, engatinhei sobre a cama dando de cara com seu membro já ereto e sorri abaixando a cabeça querendo o alcançar com a boca, mas sua mão segurou meu cabelo beijando meus lábios e ele deu a volta na cama –Se estiver desconfortável me fala, está bem? 

Confirmei com a cabeça o sentindo se deitar embaixo de mim e afastei mais minhas pernas as prendendo na altura de seu peito, fechei meus olhos em expectativa sentindo seu dedo passar por cima da minha calcinha e a afastar chupando devagar, ronronei rebolando e logo o vi se masturbar abaixo de mim, coloquei os lábios sobre sua cabeça molhada e deslizei a boca me apoiando sobre uma mão para segurar sua base com a mão me ajudando nos movimentos,  senti se mexer devagar se levantando um pouco e me assustei segurando em seu quadril quando ele se sentou ainda me chupando me deixando de cabeça para baixo, tirei a boca de seu membro gemendo arrastado rebolando contra ele sentindo suas sucções entre passadas e voltei a o chupar com mais intensidade, uma mão o segurava pelo quadril enquanto a outra me ajudava nos movimentos e eu só conseguir murmurar e revirar meus olhos quando ele passou a língua de minha intimidade molhada por minha bunda a circulando com a circulando ali antes de me penetrar com um dedo voltando a língua para minha intimidade, me remexi de novo assustada engasgando um pouco, mas logo fechei meus olhos sentindo seu movimento e voltando a o chupar, senti ele gozar em minha boca e tentei engolir tudo para não escorrer e gemi arrastado gozando quando ele chupou forte meu clitóris. 

O senti deitar de novo e mantive meus olhos fechados tentando me recuperar daquela sensação, me virei saindo de cima dele me deitando na cama e respirei fundo o sentindo se sentar e se colocar sobre mim beijado meu rosto. 

-Uau –tentei falar mas era apenas nisso que eu pensava, o ouvi sorrir convencido me beijando logo depois –Sas... –gemi arrastado o sentindo roçar em minha intimidade ainda sensível e arfei quando ele me penetrou se remexendo devagar –Mais... –pedi arranhando suas costas o sentindo se apoiar com uma mão e vir fundo contra mim, enlacei sua cintura aumentando a profundidade dos movimentos o ouvindo falar em meu ouvido. 

-Is-isso, é assim q-que você gosta, não é? –gemi em seu ouvido o respondendo e o senti chupar meu seio apertando o outro indo mais rápido –Sa-fada, fala pra mim, se é as-sim –ronronei o ouvindo me estimular e arranhei sua bunda sentindo seus movimentos fortes. 

-S-sim –falei baixo e senti sua mordida forte em meu mamilo –Sim, que de-liicia, ahn, as-assim –murmurei ouvindo o tapa em minha bunda e ele massagear o local logo depois –Sas... –chamei seu nome arrastado gozando e ele me apertou contra ele beijando meus lábios enquanto gozava. 

Ele sorriu pequeno me puxando mais para ele passando a mão pelo meu rosto e distribuiu beijos logo depois. 

-Senti sua falta –ele falou carinhoso saindo de dentro de mim me puxando para seu peito, ele me beijou com calma enquanto sua mão acariciava minha nuca e eu sorri para ele.

-Também senti a sua, essa semana estivemos muito ocupados –falei sorrindo pequeno e ele beijou meu rosto. 

-Como anda o trabalho? –ele falou e eu fechei os olhos sorrindo.

Eu amava o sexo com ele, mas gostava ainda mais quando ele ficava para dormir e nós conversávamos abraçados depois de todo o prazer.

-Cansativo, a clínica está cada vez com mais clientes e a Tsunade está ficando doida, você precisa ver –falei o ouvindo sorrir comigo

-E você, como anda? –perguntei o ouvindo suspirar, ele nunca falava muito, sempre me perguntava as coisas e respondia pouco.

-Ando bem, tivemos alguns problemas um pouco antigos, mas está indo tudo bem –ele falou calmo e fechou os olhos se aconchegando na cama. 

-Sas –o chamei baixo o vendo abrir os olhos para me olhar –Eu gosto de você, de verdade –falei constrangida o vendo sorrir e passar os dedos por meus fios rosas e me dar um selinho.

-Eu também Sakura, por isso está aqui –ele falou baixo e olhou em meus olhos sorrindo –Vamos estar juntos mais vezes aqui no meu quarto, vamos ver se conseguimos mais tempos juntos –ele falou me fazendo sorrir e o abraçar.

-Boa noite –disse passando a mão em um carinho por seu braço.

-Boa noite, pode me chamar amanhã se acordar antes de mim, está bem? –Ele falou me fazendo assentir e logo o ouvi respirar tranquilo.

Suspirei sorrindo fechando meus olhos para dormir.


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...