História Castle - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 4
Palavras 1.045
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Capítulo 2- as lágrimas de uma caçadora


Fanfic / Fanfiction Castle - Capítulo 2 - Capítulo 2- as lágrimas de uma caçadora

LOTUS 

Faz horas que ando, ando e ando e não encontro nada, eu não tenho absolutamente nada, apenas um Machado, duas facas e algumas moedas de cobre e uma de ouro

- PELOS DEUSES EU MATARIA POR UM.... VILAREJO AMÉM -

Entrei em uma taverna

- com toda licença senhor quanto custa uma refeição digna aqui? -

- cinco moedas de cobre

Pronto fiquei pobre de novo 

- sente-se naquela mesa que eu já irei atendê-la -

Falou apontando para uma mesa no cant do salão, era escura e parecia que tinham, matada alguém e limpado os restos ali, ao chegar perto da mesa reconheci, umas mechas de cabelos ruivas que conforme fui me aproximando não me restou dúvidas 

-Edward?!

- lotus!?

- pelos deuses quanto tempo, como sobreviveu

- uma flechinha nas minhas costas não me mataria

- convencido como sempre. Lisa e Jack, tem os visto?

-não, você foi a única alma viva que eu reconheça

- aqui está sua comida moça

- obrigada, Uaaaau, valeu a pena esperar

- vai comer isso tudo lotus?

-eu nunca tive pena de comida, hahahaha

QUEBRA TEMPO 

quando acabei de comer, Edward me olhou assustado, como se eu tivesse decapitado alguém e dado a cabeça para cães

- Eu só vi alguém comer assim durante batalhas, e isso faz muito tempo -

- é, eu e Jack éramos iguais nesse aspecto -

Vimos guardas da rainha ravenna entrarem no recinto 

-QUEREMOS REFEIÇÃO DIGNA AQUI NÃO É RAPAZES

-SIM

- É, é se não derem, teremos que avisar a rainha

- s-sim, prepararei o melhor prato para todos

~ temos que sair daqui Edward, se nós pegarem, estaremos mortos ~

~ a caçadora negra está com medo? ~

~não é hora de brincar precisamos sair daqui

Coloquei meu capuz, Edward fez o mesmo, tentamos sair despercebidos, mas eu esbarrei em um guarda

- EIII GAROTA OLHE POR ONDE.... L-LOTUS

-CORRA

-PEGUEM - NOS - saímos correndo em direção a floresta, quando chegamos nos escondemos em uma caverna

~ nos atacamos ou esperamos ~

~ atacamos, não podemos deixar que a rainha saiba.... Shiiii

- PRA ONDE ELES FORAM?! - era cinco guardas no total, peguei uma das minhas facas e ataquei o primeiro, cortei o pescoço dele, enquanto o outro vinha para me atacar, consegui desviar e dei uma rasteira no mesmo, na qual ele caiu e cravei minha faca em seu pescoço, Edward cuidou dos outros dois, mas enquanto um corria, Edward quis correr atrás do outro

- nananana deixe comigo - peguei o meu arco e atirei uma flecha em suas costas, na qual é caiu no chão, logo começou a chover, eu e Edward fizemos uma fogueira na caverna e passamos a noite lá

- faz tanto tempo que não dormimos juntos, lembra, quando os guardas obrigavam a nós dormimos em chão congelado para nós, nós acustumarmos 

- lembro, era tão frio que nós quatro tínhamos que nos abraçar 

-hahhahahahahahaha

-hahahahahahaha

Bateu uma brisa do vento, fria, fria como gelo 

-brrrrrr

-está com frio? 

-não, me acostumei a dormir em temperaturas baixíssimas *tremendo*-

-perde a vida mas não perde o orgulho - ele me abraçou, que saudades de um calor humano, eu estava cansada de dormir sozinha, logo acabei adormecendo 

EDWARD 

Ela dormiu. 

- eu não sei se você lembra, mas lembro que você era mais encrenqueira de todos os alunos, era divertida, humilde, meiga, doce e linda - começo a acariciar os cabelos negros e lisos dela, sua pele branca, parecia neve, seus olhos vermelhos, fechados, que saudades apertei ela com um pouco de força 

-awn 

Ouvi um gemido de dor da parte dela, senti minhas bochechas esquentarem, e minha cabeça girar,me senti desnorteado por um momento, mas logo voltei a razão, estava tão cansado que apaguei 

LOTUS DREAM 

Eu vi de novo aquela cena do meu vilarejo ser queimado, pessoas gritando, chorando e algumas sangrando, mas eu estava com medo, eu estava parada lá, estava assustada , mas quando olhei para trás vi minha mãe sendo morta por um guarda

- MÃEEEEEEEEEEEEEEEE

Um guarda puxou meu braço, e eu o puxei de volta e sai corrente atrás de minha mãe, mas uma das tábuas da ponte onde eu estava, acabou cedendo por causa do fogo e eu cai na água 

LOTUS wake up

Acordei com lágrimas em meus olhos desesperada

-ela tirou tudo de mim, ela tirou tudo que eu amava, tirou minha mãe, tirou tudo que eu amava *soluçando*

- lotus, lotus, lotus acalme-se 

- ela tirou tudo que eu amava ela ela ela...

Eu havia apagado

- bom, negociar este pó tranquilizante valeu a pena, principalmente negociar com uma bruxa 

RAVENA 

- majestade 

- sim

- recebemos, uma mensagem de um guarda que chegou ao castelo, tal guarda era um moribundo, e logo morreu 

- que mensagem trazia? 

- lembra dos quatro guerreiros, que jogaste no Rio a quatro anos atrás 

- o que tem, tais guerreiros 

- todos estão vivos, e um deles Jack, está a procura do espelho, que era de sua irmã rainha freya, ele está atrás do espelho a mando da rainha branca de neve 

- o que....... Saia 

- com toda licença majestade 

- preciso encontrá-los, preciso daquele espelho, preciso encontrar todos 

Entro em meus aposentos, uso a máscara espiã, faz com que as corujas que são feitas de gelo eu consiga olhar pelos olhos delas

- Vamos ver

JACK 

-Mas que droga

chego ao local onde aparentemente era a carruagem a qual levava o espelho 

- o que aconteceu aqui? 

-eu não sei henry, mas você é um dos anões da branca de neve, você deveria saber 

- na verdade nem eu nem fillip, nos dois não nos envolvemos nos assuntos de branca de neve 

- só estão envolvidos quando se trata de dinheiro 

-também *leva um soco * aí henry 

- essa lança, eu já vi em algum lugar?... Assim trolls, mas, tão longe da montanha? 

- trolls tem medo do pé da montanha, por quê? 

- era pela rainha freya, na qual era uma bruxa 

- e a de gelo também não é? 

- a é verdade *jogo um Machado em uma coruja*

- oque era isso Jack? 

- isso henry, era uma coruja espiã da rainha de gelo, droga, ela já sabe que estamos procurando o espelho, teremos que fazer isso rápido, vamos por essa trilha 

- Jack? Essa não é a trilha da floresta negra? 

-o anãozinho está com medo?, deixa de ser medroso fillip, vamos 

RAVENA 

-droga se continuarem nesse ritmo, provavelmente encontraram o espelho, eu preciso daquele espelho



Notas Finais


Oi oi oi


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...