1. Spirit Fanfics >
  2. Castle e Bones: Juntando as forças. >
  3. Meninos, meninas ou um de cada?

História Castle e Bones: Juntando as forças. - Capítulo 74


Escrita por:


Capítulo 74 - Meninos, meninas ou um de cada?


Fanfic / Fanfiction Castle e Bones: Juntando as forças. - Capítulo 74 - Meninos, meninas ou um de cada?

Fazia tempinho que Caskett já sabia que teriam dois meninos, porém ainda não haviam dito nada a família.

Dado o aumento da cobrança e da curiosidade dos parentes, vindas principalmente de Lilly, o casal decidiu fazer uma festinha para a grande revelação. A festa seria simples e só para a família (Caskett, Lilly, Alexis, Martha e Sr. Beckett). Mas eles não queriam simplesmente dizer, queriam algo especial.

Depois de muitas pesquisas, Castle encomendou duas caixas grandes de papelão, uma para cada bebê, onde seria escrito “Boy or Girl”. As caixas seriam recheadas de balões azuis e quando abertas os balões sairiam voando céu acima.

Para realizar a festinha, eles alugaram o salão de festas do prédio, onde tinha sido a festa da Lilly, lá tinha um espaço ao ar livre perfeito pra soltura dos balões.

O salão seria todo enfeitado com balões azuis e rosas e teriam um bolo de dois andares, também cada um pra um bebê, que seriam meio rosa e meio azul com sapatinhos em cima.

Convites também foram entregues e claro que tinha que ter aposta no meio...

A família ia se reunir no domingo à tarde e Lilly acordou bem indecisa naquela manhã.

Lilly – Eu não sei com que cor eu vou. – Ela disse pra mãe depois que saiu do banho. – Pensei a noite toda... Eu não quero um de cada, quero ter irmãos ou irmãs iguaizinhos, para poder vestir eles igual. –Ela diz jogando longe o vestido laranja que Beckett tinha separado - Mas não sei se quero meninas ou meninos. – Ela diz avaliando os vestidos rosa e azul que a mãe tinha separado.

Beckett – Vá com o que quiser meu amor, na verdade os bebês já estão feitos e são o que são!

Lilly – É um de cada mamãe? – ela diz preocupada, afinal ela disse que não queria e teve medo da mãe pensar que ela não iria amá-los – Eu vou gostar deles como eles são...

Beckett – Eu não duvido disso! E não é a cor da roupa que vai determinar o amor... Alguns vão acertar e outros vão errar, mas no fim todos seremos uma linda família.

Ela olha os vestidos novamente – Teve uma festa assim quando eu tava na sua barriga?

Beckett – Não teve meu amor, a mamãe estava doente e não tinha como fazer festa. Mas quando a mamãe e o papai soubemos, nós mandamos um bilhetinho rosa para todos, dizendo que teríamos uma menininha. E como já tínhamos decidido o seu nome, colocamos ele lá também.

Lilly – Vocês já sabem os nomes dos bebês?

Beckett – Ainda não, ta difícil decidir.

Lilly – Por quê? O meu foi fácil?

Beckett – O seu nome já estava pré-decidido. A mamãe sempre quis Johanna por causa da vovó, como homenagem.

Lilly – Igual a Christine. Ela também chama assim por causa da vovó dela.

Beckett – Exatamente.

Lilly – Mas da onde veio Lilly?

Beckett – Seu pai escolheu esse nome e a mamãe gostou... Você gosta?

Lilly – Simm!!

Beckett ri – Agora não dá tempo, mas depois da festa a mamãe vai te mostrar um álbum de fotos desde quando você estava na barriga da mamãe. Se você quiser é claro...

Lilly – Eu quero!!

Beckett – Certo, agora escolha que cor você vai vestir.

Lilly pensa – Posso errar, mas vou de rosa, adoro rosa.

Beckett ri - Tá bem.

Kate ajuda a filha a se vestir e elas descem ao salão junto com Castle. Para não dar pistas Rick foi de azul e Beckett de rosa.

Os convidados foram chegando. Martha foi de azul, segundo ela a família devia ser equilibrada. O Sr. Beckett foi de branco, ele era neutro. Alexis foi de rosa.

Alexis – Porque meu pai tem cara de ser pai só de meninas e sofrer com os namorados...

Castle – Haha muito engraçado, Alexis.

Depois de brincarem com os balões, comerem o bolo e os docinhos, era hora da grande revelação. Hora de abrir as caixas.

Castle – As irmãs mais velhas fazem as honras?

Alexis se levanta e vai até Lilly – Vamos?

A pequena se levanta – As caixas são tão grandes! São maiores que eu... O que será que tem lá dentro?

Alexis – Não sei, mas estou doida para descobrir... Qual abrimos primeiro?

Lilly – Aquela! – Ela diz apontando a da esquerda.

E as duas caminham até a caixa, enquanto Castle pega a câmera.

Quando a tampa da caixa é retirada balões azuis saem voando e a carinha de surpresa de Lilly encanta todos.

Lilly – Um é menino!! – ela grita feliz.

Alexis – Vamos pra aquela? – ela diz apontando a caixa da direita e Lilly assente – Será que são balões azuis ou rosas dentro desta?

Lilly – Não sei... – Ela diz puxando a tampa da caixa. – E então mais balões azuis... – É menino também!! – ela sai correndo até os pais – Dois meninos!! Como eu queria! – ela dá 2 beijinhos na barriga da mãe. – Eu amo vocês!!

Os bebês mexem e Beckett direciona a mãozinha da filha que ao sentir os chutinhos dá mais beijinhos.

Beckett – Agora, você vai ter que me ajudar a montar o quarto deles...

Lilly – Eba!!  Eu vou montar um quarto lindo pra eles!

Alexis se aproxima do pai – É, você se safou dessa vez heim?!

Martha também vem – Agora empatou. 2 a 2!

Castle – Quem sabe a gente ainda não desempata...

Beckett – Oi? Empate pra mim parece muito bom...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...