História Castle of Glass - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Suga
Tags August D, Bts, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Suga, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 17
Palavras 978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Mistério, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii! Olha que chegou!! Dessa vez foi rápido, né? Kkkk
Bom, mais um capítulo para vocês, e espero que gostem!! E me desculpem qualquer erro, OK?
Boa leitura!

Capítulo 3 - Um acordo e uma promessa...


Fanfic / Fanfiction Castle of Glass - Capítulo 3 - Um acordo e uma promessa...

No episódio anterior...

   - Alô?

   - QUE PORRA VOCÊ FEZ COM O JIMIN?

 

Agora...

 

   - Ora! Vejo que você recebeu meu recadinho... E pelo seu tom de voz, parece que surtiu  efeito...

August riu do outro lado da linha. Já Jungkook suspirou.

   - Você não tinha  o direito de fazer isso Suga! Ainda estamos dentro do prazo, e você prometeu não ir atrás dele antes que o mesmo terminasse...

   - Primeiro, você perdeu o direito de me chamar por este apelido e segundo, minha criança, quando o universo te dá limões, você os pega e faz uma limonada!

   - O que você quer dizer com isso, August?

   - Assim está bem melhor... E, o que eu quero dizer com isso, caro Jeon, é que, já que o seu namoradinho apareceu de mão beijada aqui na minha boate, eu não poderia perder esta oportunidade... Não acha?

   - COMO ASSIM O JIMIN APARECEU NA BOATE?

   - É isso mesmo que ouviu!... Lá estava eu, tomando conta da boate e fazendo negócios, quando olho para o lado, lá estava ele, desfrutando do meu melhor Whisky! Então... Já que você não atendia minhas ligações à dias, resolvi mandar um recadinho por ele! E funcionou, não é mesmo? Quem está me ligando agora? – August riu – E, ah! Tenho um comentário a fazer... Seu namorado é muito lindo! Deu até peninha ter que estragar aquela carinha de anjo.. – Riu novamente para provoca-lo.

   - Não abra sua boca imunda para falar do Jimin! Você não deveria ter feito isso e você nunca mais irá encostar um dedo nele! ENTENDEU??... Até mesmo por que, nós não namoramos mais...

   - Me poupe Jeon! Você não está em posição de me exigir nada! E outra, você acha mesmo que essa sua medida desesperada de terminar com ele, vai adiantar de alguma coisa? Eu sei que você o ama, Jeon! Estando ou não com ele! E é isso que me importa! Eu sei que a única forma de te atingir, é usa-lo! E também sei que terminou com ele justamente por esse motivo! Não seja ridículo e nem tente me fazer de bobo!

   - É... Você tem razão! Terminei com ele, pois eu o amo demais, e não queria que ele se envolvesse com tudo isso e muito menos que, você fosse atrás dele August! Mas já que não adiantou... Quero fazer um acordo com você!

   - Interessante... Estou ouvindo!

   - Vamos fazer assim, até o fim do prazo, eu irei atender a todas as suas ligações, farei o que quiser prometo não sumir, e no dia do combinado, cumprirei com tudo! E em troca, você não fará nada com Jimin! Nunca mais irá fazer mal a ele, nem procura-lo e nem usa-lo contra mim ou para me atingir... Temos um acordo?

   - Fechado! Espero que cumpra Jeon...

   - Espero que faça o mesmo...

E assim, a ligação foi encerrada. Kook suspirou e passou a mão nos cabelos, entrando em casa novamente.

 

 

Enquanto isso, em outra parte da cidade, Jimin estava impressionado com seu melhor amigo.

   - Uau Jin!!! Nunca tinha visto você daquele jeito! E nem sabia que tinha tanta força assim!

O mais velho riu.

   - Não posso deixar ninguém brincar assim com meu melhor amigo!

Os olhinhos de Jimin brilharam.

   - Ah Hyung! O que seria de mim sem você? Hum?

   - Eu sei! Eu sou incrível!!

Brincou e os dois riram.

   - Agora falando sério Hyung! Como fui parar na casa do seu amigo?

   - Já te disse que ele não é meu amigo! E, ao que parece, depois de te baterem, os caras te deixou jogado no meio da rua, então, Namjoon me disse que estava dirigindo pelo local,  quando viu seu corpo estirado no chão; ele parou o carro e foi até você, tentando reanima-lo, mas não deu certo! Então começou a olhar seus bolsos atrás de algum documento ou telefone para que pudesse lhe identificar e avisar alguém para ir busca-lo; achou seu celular, mas estava descarregado, então, ele me disse que não poderia te deixar ali, naquele estado! Te pegou no colo e te colocou no carro, levando-o para seu apartamento. Quando chegou, ele colocou seu aparelho para carregar, por sorte o celular dele é do mesmo modelo que o seu! E assim que pegou carga, ele começou a mexer no seu celular atrás de um numero que poderia ligar, ainda bem que seu celular não tem senha.... Então ele viu que havia muitas discagens suas para meu número! Namjoon não perdeu tempo e me ligou contando que tinha te encontrado, me deu o endereço dele e pediu para mim ir busca-lo, e eu, fui imediatamente! Cheguei lá, você ainda estava desacordado! Então cuidei dos seus ferimentos, e ele me disse como te encontrou e o resto você já sabe!... E... Ah! Aqui está seu celular e a chave do seu carro, amanhã eu irei busca-lo!

Entregou os pertences a Jimin. 

   - Ah! Entendo e obrigado! Que bom que ainda existe pessoas boas no mundo, né Jin Hyung?

   - É! Já pensou se ele não tivesse te encontrado? O que poderia acontecer a você?

Fez cara de espanto.

   - Credo Hyung!! Vira essa boca pra lá! Não vamos pensar besteiras... O pior já passou!

   - Tens razão...

   - Deveríamos levar o Namjoon no melhor restaurante da cidade! Ele merece, por ter me ajudado... E também, prometemos um almoço de agradecimento para ele...

   - E mais uma vez você tem razão, deveríamos mesmo!

   - Parece que o Hyung ficou animado com a ideia!

   - Não diga besteiras Jimin!

O mais novo riu e Jin bufou, mas suspirou em seguida.

   - Quero que me prometa uma coisa...

   - O que hyung?

   - Que nunca mais irá falar com Jeon, ou ver ele, ou procura-lo, e se ele vier atrás de você, irá ignora-lo, é para o seu bem... Você promete?

   - Prometo!

 

(...)


Notas Finais


Bom gente! Foi isso! Esse capítulo foi meio xôxo, mas é fundamental para a historia! E ele foi menorzinho também, por que quero continuar com o mistério!! Kkkk
Talvez, no próximo capítulo, vocês descubram qual é a relação do Kook e do Suga, ou não! Kkkkkk
Qualquer dúvida, crítica, sugestão, elogio, desabafo e etc e só comentar OK?? Kkk
Até o próximo capitulo!
Bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...