História Cat Eyes. - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Félix, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Personagens Originais
Tags Chatnoir, Miraculous
Visualizações 649
Palavras 714
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - What I Do?


Fanfic / Fanfiction Cat Eyes. - Capítulo 11 - What I Do?

*Marinette on*

Abri a camisa de Adrien aos poucos enquanto ficavamos nos beijando. Tirei ela de seu corpo e fui tirando o cinto e sua calça.

Peguei a mão de Adrien e levei até o ziper de meu vestido e o abriu. Tirei meu vestido e continuei beijando Adrien, e novamente com sua mão abri meu sutiã.

Beijei seu pescoço e Adrien arfou gemendo, sorri orgulhosa e logo giramos na cama. Nos beijamos novamente e tirei minha lingerie e a cueca dele.

My Lady..... Você ficou tensa demais, precisa relaxar um pouco!-ele falou entre os beijos.

Tira a minha tensão Mon Pettit Prince!-falei mordendo seus lábios.

Ajudei ele e logo o senti dentro de mim, eu apertei suas costas mostrando que eu havia sentido aquilo. Joguei minha cabeça para trás e gemi baixo.

O beijei mais uma vez e logo eu o arranhei quanto ele se moveu. Cada movimentada que Adrien dava era um aperto ou arranhada nas suas costas.

Ah... Adrien!-falei entre os beijos abafados.

Notei ele procurar algo para se segurar até que o próprio achou a cabeceira da cama. Ele se segurou e continuou se movendo rápido.

Eu não sabia o que eu sentia naquela hora, Adrien me dominava igual um gato com sua presa. Ele gemia junto comigo e se movia compassado comigo.

A cama balança-va bastante e logo ela parou quando senti algo quente em mim. Adrien se jogou ao meu lado e eu enchi seu peitoral de beijos.

Me aconcheguei em seu braço e adormecemos ali juntos. Acordei e coloquei a camisa de Adrien e pedi um café no quarto.

Acordei Adrien aos beijos no rosto fazendo ele sorrir. O café chegou e paguei para o concierge que foi embora.

Sentei ao lado de Adrien e fui colocando o café para ele. Adrien conseguiu pegar tudo sozinho e eu fiquei bastante orgulhosa dele.

Olha....vejo que meu trabalho não é mais necessário!-falei bebendo meu café.

É sim....!-ele falou sério- Seu trabalho é comigo..... É ficar comigo, nada mais!

Olhei para Adrien e suspirei fundo. Pequei minhas coisas e cobri o corte dele com maquiagem. Nos beijamos e logo voltamos para casa, Adrien estava ancioso pois amanhã ele iria para a Alemanha fazer seu transplante de córnea.

Você vai comigo amanhã My Lady?-ele falou curioso.

Então amor.... Preciso ver com seu pai, se ele disse não.... não vou poder ir okay?-falei séria.

Você vai sim!- ele falou sério- Você é minha namorada, não posso ir viajar sem você meu amor!

Sorri ao ouvir o nome namorada e amor, acho muito fofo o Adrien me chamando assim. Depois de um tempo dirigindo, chegamos na mansão Agreste onde o próprio Gabriel me chamou para conversar.

Marinette.......venha até minha sala agora!-ele falou seco e sério.

Sentei na cadeira roxa de sua sala e logo ele parou em frente ao quadro da mãe de Adrien encarando o mesmo.

Amanhã é a cirurgia de Adrien.....se tudo der certo, pagarei você pelo tempo que ficou, pois não precisarei mais de você como cuidadora dele!-Gabriel falou- Você ajudou muito o Adrien, sou grato por isso....mas, não acho que você faz o tipo dele!

Que?-falei irritada- Como assim?

Mas se é a escolha de Adrien....-ele falou sério- Infelizmente, terei que aceitar!

Gabriel chegou perto de mim por trás e mexeu em meu cabelo. Ele falou algo baixo em meu ouvido.

Se você topar, seja minha amante e te deixarei ficar aqui e te pegarei tudo!-ele falou baixo e mexendo em minha nuca- Você precisa de alguém mais vivido Marinette!

Engoli seco, e tremi. Não posso fazer isso com Adrien, ficar com ele e se amante do pai dele.

E se eu não topar?-falei tremula.

Ai.... Eu te pago pelos serviços prestados e ai você fica longe do meu filho para sempre!-ele falou sério- Pode ir Marinette!

Sai da sala e assim que a fechei tomei um susto com Adrien parado ali. O levei até seu quarto e logo ele quebrou meu nervosismo.

Você não aceitar as loucuras de meu pai, vai?-ele falou sério- Eu pedi para Natalie me botar para ouvir a conversa....era necessário!

Suspirei e comecei a chorar....abracei Adrien com força e logo ele falou algo que me confortou.

Você vai comigo amanhã para a Alemanha....mesmo meu pai querendo ou não!-Adrien falou sério- E vamos ficar juntos....mesmo que eu tenha que sair daqui para ficar com você!

Beijei sei queixo e sorri aliviada, continuei ali abraçada com ele. Logo Adrien me pediu para sair dali e chamou seu pai para conversar seriamente.

*Marinette off.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...