História Catastrophe - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Arrow, Legends of Tomorrow, Supergirl, The Flash
Personagens Alex Danvers, Barry Allen (Flash), Cisco Ramon (Vibro), Detetive Joe West, Dr. Harrison Wells, Dr. Martin Stein (Nuclear / Firestorm), Dra. Caitlin Snow (Nevasca / Killer Frost), Eobard Thawne (Flash Reverso), Felicity Smoak, Iris West, Jay Garrick, John Diggle, Laurel Lance, Leonard Snart (Capitão Frio), Malcolm Merlyn, Mick Rory (Onda Térmica), Moira Queen, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Personagens Originais, Raymond "Ray" Palmer (Átomo), Roy Harper (Arsenal), Sara Lance (Canário Branco), Thea Queen, Wally West (Kid Flash), Winslow "Winn" Schott Jr.
Tags Canaryatom, Família, Karamel, Olicity, Sanvers, Snowbarry, Westhawne
Visualizações 252
Palavras 294
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Charlotte Reynolds Ramon


Fanfic / Fanfiction Catastrophe - Capítulo 5 - Charlotte Reynolds Ramon

Cisco e Cynthia, lutaram para achar um jeito de viver seu amor. Um ano depois, veio a grande surpresa, para unir ainda mais o casal. A linda garotinha, Charlotte, ou Charlye como a chamavam, não foi tão mimada quanto outras crianças.

Pelo contrário, desde pequena, foi criada no "estilo latino", aprendendo a ser independente desde muito cedo. Seus pais lhe davam todo amor e carinho do mundo, mas eram rígidos. Sua mãe era rígida. Seu pai aliviava a tensão.

Ela era inteligente, mas seu maior forte sempre foi a auto-defesa. Todos perceberam que a garota era forte e "briguenta" quando quebrou o nariz de um garoto na escola, por ele estar implicando com uma menina. Quando seus poderes despertaram aos cinco anos de idade, eles levaram mais de seis horas para encontrá-la, já que abriu brechas para todas as lojas de doces que conhecia.

Tudo a atingiu aos sete anos. Por mais forte que fosse, era demais para uma criança suportar ver a morte de seus pais. Ela se abalou, mas não por muito tempo. Guardar a dor que sentia pela falta deles, no seu íntimo, foi a melhor solução que ela encontrou.

Quando Íris a tomou nos braços e correu, juntamente com mais pessoas, Charlye não reagiu. Estava em estado de choque, e ficou assim por mais de um ano.

Até que ela se tornou a mais forte do grupo. Com a personalidade forte e rígida de sua mãe, acompanhada com uma pitada do bom humor de seu pai, Charlye era como uma grande protetora dos demais. Uma mãe adolescente de outros adolescentes.

Se não fosse por ela, ninguém teria se salvado no velho casarão onde viviam. Seus poderes os ajudaram a descobrir o ataque, dando tempo de escape.

Agora, mais que nunca, eles precisariam da força e resistência dela.


Notas Finais


As apresentações estão acabando😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...