1. Spirit Fanfics >
  2. Catch me If you can >
  3. Capítulo 3

História Catch me If you can - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura 🍀

Capítulo 4 - Capítulo 3


O dia passou mais rapido do que o esperado, ja estava escurecendo quando recebi uma mensagem de Malena pedindo para me encontrar urgentemente com ela na lanchonete, eu não entendia o motivo de tamanha pressa, só esperava que não fosse mais uma das ideias malucas dela. 

    Cheguei na lanchonete e vi como estava cheia, eu odiava locais cheios então minha vontade era de sair de lá naquele instante, estava procurando por Malena quando esbarrei em alguem, logo notei se tratar de Mike.

- Oi Mike. - Falei sorrindo e mirando seus olhos enquanto ele ajeitava os pratos sujos na bandeja. 

- E ai? Precisa de algo? - O tom dele era extremamente frio, o que foi bem estranho.

- Não, obrigada.

- Então com licença. - Ele saiu me deixando sozinha, eu não estava entendendo nada. 

Avistei Malena e logo fui me sentar com ela. 

- Você sabe o que deu no Mike? - Pergunto sustentando meu olhar no dele.

- Como assim? Ele me atendeu normalmente!

- Comigo ele foi super frio

- Ele só deve estar estressado pelo trabalho.

- Bom, pode ser, mas me conta, o que era tão importante.

- Precisamos conversar sobre a Katja.


                                        Mike


Eu estava exausto, e só queria a minha cama no exato momento em que passei pela porta de casa. 

- O dia hoje foi puxado não? - Gaston falou se jogando ao meu lado no sofá;

- Demais, mas foi só eu que reparou, ou o nosso querido Mike aqui, tava meio estressado. - Lionel falou jogando a almofada em mim. 

- Não to estressado. 

- Imagina, eu vi o jeito que você tratou aquela menina do colegio, aquela que você ficou caidinho no outro dia. - Gaston era muito observador, as vezes até demais.

- Eu não a tratei mal, só que, bom, eu mandei uma mensagem pra ela ontem, e ela nem sequer respondeu com um emoji, então acho que isso só pode significar que ela não ta interessada, então não existe razão pra eu trata-la de forma diferente dos outros clientes. 

- Isso se chama dor de cotovelo - Tini falou saindo do quarto, ela estava toda arrumada e com uma bolsa na mão.

- Vai onde? - Lio perguntou, ele era extremamente zeloso com a prima. 

- Vou encontrar uma amiga, e não se preocupem que eu não preciso de babá, volto mais tarde. 


                                   Valentina


Passei a noite revirando a cama pensando no porque o Michael tinha me tratado daquela forma, o que eu tinha feito pra ele. Estava rodando as redes sociais quando por fim me lembrei, eu não tinha respondido a mensagem dele, ele tinha toda a razão em estar bravo comigo, tentei ligar no numero da mensagem mas chamou até cair na caixa postal, eu precisava falar com ele, e teria que ser no dia seguinte.

    Pra minha sorte as aulas daquela manhã tinham passado muito rapidas, eu nem sequer estava prestando atenção a nada mesmo. 

- Tchau meninas, nos vemos depois. - Me despedi de minhas amigas na porta do colegio, as mesmas acharam bem estranho ja que sempre iamos embora juntas.

- Você não vai com a gente? - Katja perguntou, eu precisava arrumar alguma desculpa e rapido.

- Vou encontrar com a minha tia em um café aqui perto, então nos vemos depois. - Me virei e sai antes que elas pudessem me fazer mais perguntas que eu não saberia responder. Corri até a lanchonete e pra minha sorte não estava muito cheia, fui até o balcão onde Mike se encontrava preparando alguns sucos.

- Precisa de ajuda? - Perguntei me escorando no balcão e notei seu olhar recair sobre mim, nada contentes em me ver.

- Duvido que você saiba fazer alguma coisa em uma cozinha. 

- Sei mais do que você pensa. 

- Se você diz. - Ele passou por mim indo levar os sucos até uma mesa, e claro que eu fui atras.

- Olha, me desculpa por não ter respondido a sua mensagem, eu peguei no sono e depois simplesmente esqueci. - Ele se virou pra mim, seus olhos eram duros.

- Primeiro, você não me deve explicação de nada, segundo, to trabalhando. - Ele saiu em direção ao balcão e novamente eu fui atras. 

- Mas eu quero explicar, porque eu queria responder, e outra, não quero que fique me tratando assim.

- Eu to te tratando como qualquer cliente. 

- Você com certeza não está. 

- Porque isso é tão importante pra você? - Antes mesmo que eu pudesse responder, ouvi uma voz feminina me chamar.

- Valentina Zenere!

- Martina Stoessel!

- Finalmente te encontrei menina, tentei te ligar a manhã inteira. - Ela veio até mim e me deu um abraço caloroso. 

- Eu estava no colegio, por isso não atendi, mas o que ta fazendo aqui?

- Dando uma força pro Mike, ja que meu primo precisou dar uma saida.

- Pro Mike. - Virei pra ele e notei que ele nos olhava enquanto lavava alguns copos.

- É, ele mora com o Lionel, meu primo.

- Eu não sabia disso. 

- Vem ca, tenho muita coisa pra te contar. 



Notas Finais


Até o próximo ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...