1. Spirit Fanfics >
  2. Celebrity Hunter - Imagine Jennie, Jisoo, Lisa e Rosé (G!P) >
  3. Weird

História Celebrity Hunter - Imagine Jennie, Jisoo, Lisa e Rosé (G!P) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


demorei? perdão perdão.

mais acho que vocês vão gostar do final.

boa leitura, me perdoe os erros ortográficos.

Capítulo 3 - Weird


Fanfic / Fanfiction Celebrity Hunter - Imagine Jennie, Jisoo, Lisa e Rosé (G!P) - Capítulo 3 - Weird

- Perfect! - digo após arrumar a gola da blusa de Jongin, que sairia com um rapaz.

- Obrigado S/a, tenho que ir, não quero que ele chegue primeiro, pelo amor de deus não destrua a casa! - caminhou até o sofá pegando sua carteira e seu telefone, revirei os olhos.

Até parece.

- Uhum. - me joguei no sofá.

- Não tem nada pra fazer hoje? - me olhou com uma sobrancelha arqueada.

- Não tenho nada pra postar ou entregar pro meu chefe. - suspiro.

- E claro, fica com essa bunda no sofá boa parte do dia! Já estou indo. - saiu do nosso apartamento negando com a cabeça.

- Quer que eu faça oque? - murmuro. - Droga, que tédio...eu deveria ir pra empresa?

O típico barulho do meu celular ecoou no apartamento, alguém me ligava. Que não seja o velho.

Pego o celular com receio e leio o número desconhecido na tela.

Escorrego meu dedo na tela atendendo a ligação e guiando o aparelho até meu ouvido.

- Sim?

" Alô? S/n? " - uma voz feminina preencheu meu ouvido.

- Sim sou eu, quem é?

" Me desculpe ligar para você, e a Jennie. " - eu poderia me engasgar depois de ter ouvido aquele nome outra vez.

- Jennie? Uou, eu, não esperava por isso. - sua risada me fez sorrir involuntariamente.

" Agente pode se encontrar naquele parque? Centro parque sim? " - Jennie Kim pedindo para me encontrar? obviamente apenas um burro negaria aquilo.

- Claro que sim, que horas? - mordo o lábio nervosamente.

" Agora! " - agora?! eu estou um lixo. " Bem se quiser ir mais tard... "

- Não tudo bem, eu vou para o parque agora! - ouvi novamente sua risada, droga S/n.

" Te espero lá... " - disse e finalizou a chamada, que horror, vou tomar um banho agora obviamente.

Me levanto em um pulo indo para o banheiro.

   Minutos depois

- Preciso voltar a fazer academia, literalmente. - disse a mim mesma, respirando fundo, enquanto caminhava pelo parque, iria esperar Jennie perto do lago que tinha no centro do parque.

Olhei ao redor, tinha algumas pessoas fazendo exercícios, brincando com cachorros e crianças fazendo graças, mais poucas pessoas.

Reparei mais em uma garota loira que usava um boné preto, uma regata e uma calça apertada preta, ela bebia água de uma garrafa, na verdade, de todas as vezes que passei pelo parque já reparei de ter a visto aqui, só não sabia oque ela fazia.

Olhei paro o lado rapidamente assim que ela olhou em minha direção, percebendo que ela vinha em minha direção, abaixei a cabeça, mais quando eu vi que ela literalmente estava quase perto de mim, olhei para cima fitando seu rosto pouco suado, as bochechas coradas por ter provavelmente feito algum exercício, os lábios carnudos.

Ela me olhou e sorriu gentilmente, sorri que nem uma otaria e ela passou reto por mim.

- Tu e uma trouxa S/n! - parei perto do lago do parque. - Típico ato de uma fanfic onde a pessoa encontra a sua alma gemia pela primeira vez.

- Alma gêmea? Fanfic? Oque séria isso? - a voz rouca conhecida por mim me fez dar um leve pulo para trás, olho paro meu lado vendo Jennie rir do meu pequeno susto.

- Jennie! De onde você brotou?! - coloquei a mão em meu peito sentindo meu coração se acalmar.

- Perdão pelo susto, bem, da terra que eu não brotei. - riu. - Cheguei agora, me surpreendeu te ver aqui, queria ter chegado primeiro. - sorriu fraco.

- Oh perdão por ter chegado mais cedo que você. - rimos. - Como você ta? Faz, só um dia. - rimos outras vez, Jennie usava um boné, jaqueta com o zíper fechado e uma calça jeans, provavelmente, não queria ser vista por algum fã.

- Estou bem e você? - sorriu simpática, céus que garota linda.

- Bem, posso dizer melhor agora? - ela deu de ombros rindo.

- S/n eu só te chamei aqui para conversamos sobre ontem, olha não me leve a mal, mais eu tava...frágil ontem, precisava de uma pessoa confiável para desabafar e você tava lá, e eu realmente agradeço, mais você sabe. - ela me olhou após suspirar, já entendi modelo Jennie.

- Ei, relaxa ok? Eu sabia do seu estado de ontem, mais eu agi com sinceridade Jennie, eu realmente queria e até posso dizer que quero te ajudar, eu sei que não deve ser fácil para vocês todas essas coisas de famosos que eu não entendo, mais você tem que saber que pode confiar em mim! Mesmo me conhecendo só dois dias. - cocei a nuca, Jennie riu.

- Eu...por algum motivo eu confio em você, eu não sei, sei lá, sabe? Só confio, tenho vontade de te contar minha vida inteira. - riu e olhou em volta. - Minha vida realmente não ta sendo fácil de uns dias para cá... - suspirou pesadamente.

- Motivos para isso? - arqueei uma sobrancelha, Jennie me olhou meio entristecida? Não devia ter perguntado né?

- Sim, eu, droga, eu tive que fazer tanta merda para conseguir as coisas S/n... - disse baixo, mordendo o lábio, virando o rosto para não me olha.

- Olha, podemos conversar num lugar melhor se você quiser Jenn...

- Você e tão...uh, tenho que ir agora. - suspirou. - Eu só te chamei aqui para conversar sobre ontem no bar, não leve a mal, sério, eu só não to tendo tempo... -respirou fundo. - Obrigado S/n. - Jennie sorriu, e puxou a manga de minha blusa com sua mão me dando um abraço. - Podemos sair qualquer dia? - perguntou baixo.

Um barulho de câmera tirando fotos foi ouvido por mim, olhei ao redor procurando algo mais só vi uma pessoa dando as costas em passos rápidos. Impressão talvez? E um parque, podiam estar tirando fotos de qualquer coisa.

- S/n?

- Está tudo bem Jennie, e eu adoraria te encontrar de novo! - a apertei carinhosamente em meus braços ouvindo um riso nasal. - Pode contar comigo para qualquer coisa certo? Acho que não sou uma completa desconhecida agora. - rimos.

- Você não é. - ela se afastou com um sorriso nós lábios.. - Tchau S/n. - piscou e deu as costas saindo andando com a cabeça baixa e as mãos nos bolsos da jaqueta.

- Tchau... - respondi sabendo obviamente que ela não ouviria, Jennie e tão meiga, pude reparar que seu rosto sempre está bem maquiado, mais uma outra coisa que reparei foi seus olhos, era tão escuros...ela parecia tão cansada, bem, deve trabalhar muito né?

Olhei para o céu, o dia tava apenas começando, e as horas passando.

E eu não estou fazendo porcaria nenhuma, posso ser demitida a qualquer momento.

Porra eu só precisava de uma pauta qualquer, qualquer uma, ta que eu tinha uma sobre o provável filme da Jennie, mas, seria mancada com ela, ela realmente não está bem.

Suspiro, caminho para fora do parque.

Não tinha muito oque fazer, por que não ir para a praia? Ao menos e uma coisa que eu podia desfrutar de Miami. Ao menos a praia era bem perto.

Morar em Miami e ser pobre e um porre, fala sério, eu me imaginava sendo uma jogadora de basquete ou quem sabe uma advogada, mais paparazzo? O destino e a vida estão me zoando mesmo.

Kai a essas horas já deve estar se pegando com o tal do homem que ele foi encontrar.

Após alguns minutos caminhando finalmente chego na área aonde ficava a praia, antes de pisar na areia tiro minhas botas e as seguro com uma mão, a sensação da areia quente preencher minha pele e tão relaxante, já me fez ter vontade de entrar na água.

Só não entro porque não vim preparada, qualquer dia posso vir aqui com Jongin.

Ando calmamente até as beiras da praia, sentindo agora a areia molhada em meus pés, o sol estava esquentando minha cabeça de tão quente ele estava, podia contar o número de pessoas que tinha na praia, claro, todas pessoas deveriam estar trabalhando, apenas eu estou panguando pela praia sem nada pra fazer.

Resolvo ir para uma pequena cabana que vendia lanches e refrescos ali, estava olhando para o chão, realmente estava calor.

O jeito que minha lerdeza e ativa e tão incrível, só percebi que tinha chutado alguma porcaria dura depois de sentir a dor em meus dedos, mordi o lábio com força pra não gritar algum palavrão. Olhei para o oque chutei, uma daquelas cadeiras de praia ali, e meu cu trincou ao ver que tinha uma mulher deitada ali, ela usava óculos escuros e um chapéu até que grande, estava tomando sol e claro.

- Perdão...você e linda. - quis enfiar minha cabeça na areia quando percebi que tinha pensando alto demais.

- Oque? - ela virou seu rosto em minha direção, merda.

- Que? - a olhei.

- Oque você disse? - perguntou.

- Eu nada, você está bem? - puta merda S/n.

- Eu estou bem, e você? Chutando muitas cadeiras por aí? - senti meu rosto ferver pela vergonha.

- Me desculpa por isso eu estava distraída. - cocei a nuca ainda a fitando.

- Beleza. - ela voltou a olhar o nada.

Que mulher estranha.

- O sol.

- Oque? - perguntei extremamente confusa com oque ela disse.

- Você esta tampando o sol, você ficará parada aí ou vai se sentar e conversar comigo? - ela perguntou se ajeitando na cadeira, conversar com ela?

Não respondi apenas me sentei no chão ao lado de sua cadeira, com medo de ela me xingar por esta tampando a vista de "seu sol".

- Obrigado, e então, como vai? - ela perguntou ainda sem me olhar.

A olhei timidamente. - Eu vou bem, e você?

- Já respondi isso. - respondeu simples.

- Desculpe, qual seu nome? - ok, eu realmente chutei a cadeira dessa moça, e agora estamos conversando aleatoriamente no meio da praia, antes eu estava sem nada para fazer e agora estou aqui, que, estranho?

Segurei a risada com meu pensamento.

- Kim Jisoo, e você chutadora de cadeiras?


Notas Finais


oi rs, são 1:41 agora, omg.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...